Início » Colunas » Coluna do Verchai » Tudo da reta final do Campeonato Carioca

Tudo da reta final do Campeonato Carioca

Fernando Verchai

Com vantagem por vitória na partida de ida, Flamengo recebe o Vasco no Maracanã em decisão por vaga na final.

estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro

(Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes & Paula Reis / Flamengo)

Na última quarta-feira (16), o Vasco recebeu o Flamengo no Maracanã, como mandante da partida de ida da semifinal do Campeonato Carioca. A expectativa da equipe cruz-maltina era surpreender a equipe rubro-negra com uma retranca bem postada e buscando explorar os contra-ataques para levar um resultado positivo para a partida da volta, que terá o mando do Flamengo em razão da classificação na Taça Guanabara. A equipe comandada pelo português Paulo Souza, que terminou a Taça Guanabara na vice-liderança, sendo dono do ataque mais eficiente da competição (com média de mais de dois gols marcados por partida), não teve medo de se lançar ao ataque em busca da vitória mesmo jogando como visitante e pressionou o Vasco da Gama desde os primeiros minutos do confronto. Mesmo muito bem organizado defensivamente, o time de Zé Ricardo se viu acuado pelo Flamengo em seu campo de defesa e, nos minutos finais do primeiro tempo, após cobrança de escanteio, Anderson Conceição chegou atrasado e acabou desviando a bola com a mão: com auxílio do VAR, o árbitro marcou a penalidade, que foi convertida pelo artilheiro do Campeonato Carioca, Gabigol, agora com 8 tentos. No segundo tempo o Vasco conseguiu ser mais presente no campo de ataque, mas não conseguiu explorar os contra-ataques da forma que gostaria, até porque o Flamengo não se expôs muito, e acabou forçando demais nos chutes de longa distância e nas bolas paradas. Com a qualidade do quarteto formado por Éverton Ribeiro, De Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, o Flamengo não permitiu que o Vasco saísse demais em busca do empate e controlou bem a vitória por 1 a 0 até o apito final. O resultado dá uma boa vantagem para o atual Tricampeão do Campeonato Carioca nesta semifinal, uma vez que pode até perder por um gol de diferença na partida de volta, diante do Vasco, para ir à final, tendo a vantagem da classificação em caso de empate no placar agregado em razão de ter terminado a Taça Guanabara na vice-liderança, enquanto a equipe cruz-maltina ficou com a 3ª posição. O Flamengo recebe o Vasco da Gama pela partida de volta da semifinal do Campeonato Carioca no próximo domingo (20), às 16 horas (de Brasília), com transmissão da Record na TV aberta do Rio de Janeiro, do Distrito Federal e de outros 19 estados, além do Cariocão Play em pay-per-view e em canais do Youtube e da Twitch TV (aplicativo gratuito). A partida no Maracanã vai contar com presença maciça do torcedor Rubro-Negro, que já esgotou a venda de ingressos, estimada em cerca de 40 mil. O único problema para o Flamengo está nas mãos do técnico Paulo Souza, que não vai poder contar com o atacante Bruno Henrique, que deixou a primeira partida da semifinal durante o intervalo por lesão no ombro e ainda não se recuperou. Além dele, o técnico português também não vai contar com o zagueiro Rodrigo Caio, que segue se recuperando de uma infecção no joelho, e com o recém-contratado Pablo, que também está em recuperação, e David Luiz é dúvida. Pelo lado do Vasco, a única baixa segue sendo o meia Sarrafiore, que ainda não estreou na equipe por estar machucado e ainda não tem prazo para retorno. 

Botafogo e Fluminense fazem primeira partida da outra semifinal do Campeonato Carioca:

Em razão da disputa da fase qualificatória da Copa Libertadores da América, o Fluminense ainda não entrou em campo para enfrentar o Botafogo pela semifinal do Campeonato Carioca. A equipe comandada por Abel Braga teve um compromisso com o Olimpia, no Paraguai, na última quarta-feira (16), pela partida de volta da última fase qualificatória para a fase de grupos da Libertadores, e acabou decepcionando os torcedores. Mesmo tendo carregado uma vantagem de dois gols pela vitória por 3 a 1 na partida de ida, no Rio de janeiro, o Fluminense acabou derrotado por 2 a 0 e perdeu a chance de classificação para a fase de grupos da competição mais importante do continente após disputa por pênaltis. Restou para o Tricolor das Laranjeiras uma vaga na fase de grupos da “Segunda Divisão Continental”, a Copa Sul-Americana, mas o “prêmio de consolação” não amenizou a decepção da torcida, que chegou a ir cobrar os jogadores no aeroporto, na volta do Paraguai, onde teve um princípio de confusão. Agora, resta ao Fluminense acalmar os ânimos internamente e se preparar para a disputa das fases finais do Campeonato Carioca. O grande objetivo do Tricolor das Laranjeiras é acabar com a hegemonia do Flamengo, campeão nos últimos três anos, e faturar o troféu estadual. Os rubro-negros estão praticamente garantidos na decisão, mas o Fluminense ainda vai precisar passar pelo Botafogo na semifinal, sendo que tem a vantagem da classificação em caso de empate no placar agregado das partidas de ida e de volta, uma vez que liderou a Taça Guanabara, enquanto os alvinegros ficaram apenas na 4ª posição. Também por isso, o Fluminense tem a vantagem de fazer a partida de volta ao lado da torcida, o que, dependendo do resultado da primeira partida, no Engenhão, pode só aumentar a pressão sobre a equipe de Abel Braga. No entanto, como ressaltou o zagueiro Kanu, do Botafogo, em entrevista, a eliminação pode dar ainda mais motivação para que o Fluminense vá em busca da conquista do título do Campeonato Carioca. O técnico Abel Braga tem uma equipe muito bem organizada, principalmente no setor defensivo, e sabe explorar os contra-ataques com a velocidade de Luiz Henrique e a qualidade de jogadores como Willian Bigode, Jhon Arias e o artilheiro Germán Cano. Além disso, é de se destacar que o Fluminense venceu, por 2 a 1, o duelo que fez com o Botafogo pela Taça Guanabara, e parece já saber o que precisa fazer para conseguir alcançar a vitória diante do rival. Portanto, a dificuldade vai estar mais para o lado do Botafogo, que ainda está sob o comando do técnico interino, Lúcio Flávio, que não vai poder contar com o goleiro Gatito Fernández para esta semifinal, pois o goleiro vai precisar se apresentar na Seleção Paraguaia já neste fim de semana. A partida de ida da semifinal do Campeonato Carioca, entre Botafogo e Fluminense, é no Engenhão, às 20 horas (de Brasília) da próxima segunda-feira (21).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.