Início » Colunas » Coluna do Verchai » Tudo da 18ª rodada do Campeonato Espanhol

Tudo da 18ª rodada do Campeonato Espanhol

Fernando Verchai

camp nou lotado de torcedores do barcelona

Em crise, Barcelona luta para não ficar ainda mais distante da zona de classificação para a Liga dos Campeões 2022/23

O Barcelona acumula uma frutração atrás da outra na atual temporada. O clube catalão não conseguiu equilibrar as contas em meio à pandemia, teve de se desfazer de diversos jogadores, incluindo o grande craque e ídolo Lionel Messi, e passa por seu pior momento em muitos anos de história. As poucas referências daquele Barcelona vencedor (o goleiro Ter Stegen, os zagueiros Piqué e Umtiti, o lateral-esquerdo Jordi Alba e o volante Sergio Busquets) precisaram reduzir o salário e parecem já não serem os mesmos. O time desandou completamente na atual temporada e algumas medidas quase desesperadas tiveram de ser tomadas, como a contratação do ídolo Xavi Hernández para o comando técnico, o qual ainda não tem experiência como treinador. Tanto é que o Barcelona pouco melhorou desde a sua chegada, mas, pelo contrário, acabou sendo eliminado da Liga dos Campeões ainda na fase de grupos em razão das duas derrotas elásticas sofridas diante do Bayern de Munique e, principalmente, pela derrota em Portugal e um mero empate no Camp Nou com o Benfica de Jorge Jesus. No último domingo (12) o Barça enfrentou o modesto Osasuna fora de casa em uma partida que Xavi tratou como uma final pela necessidade de somar os três ponto para se reaproximar um pouco do G-4 de La Liga, mas não conseguiu ir além de um empate, por 2 a 2. Foi a terceira partida consecutiva do time catalão sem vitória, que manteve o Barcelona distante da zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões: na 8ª posição, está a 5 pontos do 4º colocado, o Atlético de Madrid, isso graças a derrota dos Colconheros em clássico com o líder isolado, Real Madrid. Para tornar tudo ainda mais difícil, o atacante Kun Agüero, a principal contratação do Barça na última janela de transferências, anunciou a aposentadoria na última quarta-feira (15) por problemas de saúde e não vai poder ajudar o clube a sair da atual situação, como era esperado que fizesse. Outro jogador que Xavi Hernández não vai poder contar para o próximo confronto é o meia Pedri, destaque da Europa na última temporada. É com todos estes problemas que o Barcelona recebe o Elche no Camp Nou neste sábado (18), às 14:30 (no horário de Brasília), com transmissão da ESPN Brasil para a TV fechada. O Elche, 17º colocado (primeiro fora da zona de rebaixamento), vai lutar com todas as forças para arrancar pelo menos um ponto nesta partida.

Sevilla enfrenta o Atlético de Madrid buscando a manutenção da vice-liderança

Apesar da decepção na fase de grupos da Liga dos Campeões, na qual não conseguiu vaga para as oitavas de final, mas apenas para o play-off da Liga Europa com a 3ª posição de um grupo no qual era favorito, o Sevilla faz uma grande campanha no Campeonato Espanhol. O time comandado pelo espanhol Julen Lopetegui ocupa a 2ª posição de La Liga, estando 5 pontos à frente do primeiro time fora do G-4, e a 8 pontos do líder, Real Madrid, mas tendo uma partida atrasada para fazer (contra o Barcelona, em casa, válida pela quarta rodada, que está marcada para acontecer na próxima terça-feira, 21). Neste sábado (18), às 17 horas (de Brasília), com transmissão da ESPN Brasil na TV fechada, o Sevilla recebe o Atlético de Madrid no estádio Ramón Sánchez Pizjuán. Os Colchoneros, na 4ª posição com os mesmos 29 pontos do 5º colocado, Real Sociedad, precisam da vitória fora de casa para se manter no G-4 de La Liga e, é claro, para dar uma resposta ao torcedor depois da derrota para o Real Madrid na última rodada, que deixou os Merengues 13 pontos distantes dos Colchoneros. Nem mesmo a vitória sobre o Sevilla levaria o Atlético de Madrid automaticamente tiraria o time de Simeone da 4ª posição, tendo em vista que o 3º colocado, Real Betis, está com 4 pontos de vantagem, mas, pelo menos, o manteria entre os quatro primeiros. E a expectativa sobre o confronto é a melhor possível, tendo em vista o grande momento que vivem as equipes e suas buscas pela evolução. O Atlético vem oscilando, mas é sempre uma equipe muito forte e muito bem treinada, e ainda conta com uma partida atrasada (contra o Granada, fora de casa) para diminuir um pouco mais a distância em relação aos primeiros colocados. Do outro lado, o Sevilla vive seu melhor momento nos últimos anos, ao menos no que diz respeito ao Campeonato Espanhol, e não vai querer perder pontos diante de sua torcida, mas sim conquistar a terceira vitória consecutiva na competição.

Líder isolado, Real Madrid pode ter problemas para aumentar para 11 o número de vitórias consecutivas

Neste domingo (19), às 17 horas (de Brasília), com transmissão exclusiva da ESPN pelo “Star+”, em streaming, o Real Madrid recebe o modesto Cadiz no Santiago Bernabéu buscando manter a liderança isolada de La Liga, que neste momento é com 8 pontos de vantagem para o 2º colocado. A equipe comandada pelo italiano Carlo Ancelotti está invicta a 13 rodadas e chega para esta rodada embalado por uma sequência de 10 vitórias (7 delas pelo Campeonato Espanhol e 3 pela fase de grupos da Liga dos Campeões). Como enfrenta um time que luta contra o rebaixamento nesta rodada, o Real Madrid tinha tudo para conquistar uma vitória tranquila ao lado da torcida, mas um surto de Covid no elenco torna tudo um pouco mais complicado. Na última quarta-feira (15), Marcelo e Modric foram diagnosticados com Covid e, no dia seguinte (16), mais quatro jogadores testaram positivo para o vírus: Rodrygo, Asensio, Bale e Lunin, além do assistente técnico Davide Ancelotti, filho do técnico Carlo Ancelotti. A princípio, a partida não deve ser cancelada, mas algo pode acontecer se os casos seguirem crescendo, tal como acontece na Inglaterra, com a Premier League, que já tem 5 partidas canceladas neste fim de semana em razão do surto com a nova variante do vírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.