Início » Colunas » Coluna do Verchai » Prévia da terceira rodada da Libertadores

Prévia da terceira rodada da Libertadores

Fernando Verchai

Duelo em casa com o Boca Juniors é fundamental para as pretensões do Corinthians de voltar ao mata-mata da competição.

torcida do corinthians na neo química arena em itaquera sp

Torcida do Corinthians lotando a Neo Química Arena (Foto: José Manoel Idalgo / Ag. Corinthians)

Nesta terça-feira (26) começam os jogos da 3ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América 2022. Às 21:30 (no horário de Brasília) o SBT transmite na TV aberta (e a ESPN transmite pelo serviço de streaming “Star+”) a partida entre Corinthians e Boca Juniors na Neo Química Arena, válida pelo Grupo E. Neste momento, o Grupo E está completamente indefinido, pois todas as quatro equipes somam os mesmos três pontos. Isso porque o Corinthians, que perdeu para o modesto Always Ready na estreia, venceu o Deportivo Cali na última rodada, e o Boca Juniors, que perdeu para o Deportivo Cali na estreia, venceu o Always Ready na última rodada. Por conta disso, e levando em consideração o fato de que faz a partida desta terceira rodada em casa, uma vitória é de suma importância para o Corinthians, que ocupa a última posição do Grupo E pelo saldo de gols (-1). A preocupação do técnico Vítor Pereira foi tanta com a partida desta terça-feira contra o Boca que ele optou por poupar seus principais jogadores no último sábado (23), em clássico com o Palmeiras que valia a liderança do Brasileirão para o Corinthians, que acabou sendo derrotado por 3 a 0. Agora, com a equipe descansada, o Corinthians tem uma grande expectativa de conseguir um resultado positivo ao lado da torcida e, em caso de vitória, assumir a liderança do Grupo E da Libertadores, ainda que de forma temporária (tendo em vista a outra partida do grupo, entre Always Ready e Deportivo Cali, que está marcada para quinta-feira). Como no “segundo turno” de jogos o Corinthians vai fazer duas das três partidas fora de casa, é fundamental que consiga um bom desempenho ao lado da torcida, mesmo que diante de um adversário do porte do Boca Juniors. Vale destacar que, à exceção do técnico Vítor Pereira, que cumprirá afastamento por ter testado positivo para a Covid recentemente, do lateral-direito João Pedro (machucado), e dos zagueiros Gil (gripado) e Robson (em recuperação), o Corinthians vai contar com força máxima para o confronto desta terceira rodada (nomes como Cássio, Fagner, Renato Augusto e William devem aparecer entre os titulares), enquanto o Boca Juniors tem uma lista importante de desfalques: não vai poder contar com o goleiro Rossi (machucado), os zagueiros Marcos Rojo e Izquierdoz e o atacante Sebastian Villa (suspensos), e o artilheiro Darío Benedetto, que deixou a última partida com dores, é dúvida para enfrentar o Corinthians.

Atlético Mineiro precisa superar tabu jogando no Equador para assumir a liderança do Grupo D

Também às 21:30 (no horário de Brasília) desta terça-feira (26), com transmissão do SBT para os estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, o Atlético Mineiro enfrenta o Independiente del Valle no estádio Banco de Guayaquil, na altitude de mais de 2,5 mil metros de Quito. Até hoje, o Atlético Mineiro disputou três partidas em grandes altitudes do Equador e perdeu todas (a primeira em 1992, pela semifinal da extinta Copa Conmebol; a segunda em 1997, em um amistoso contra a LDU e; a última em 2016, pela 5ª rodada da fase de grupos, diante do mesmo adversário deste ano: o Independiente del Valle). No entanto, para contrabalancear o retrospecto ruim do Galo no Equador, há alguns outros fatores aos quais o clube brasileiro se apega para acreditar na primeira vitória na altitude do país vizinho. Destaca-se o fato de o elenco do Atlético Mineiro ser muito mais forte e equilibrado que o do Independiente del Valle, e isso se mostra nos números. O Galo perdeu apenas uma das nove partidas que fez como visitante nesta temporada, tendo vencido sete delas (as últimas seis de forma consecutiva), e não é derrotado na Libertadores há 15 partidas. Já o Independiente del Valle venceu apenas duas das seis partidas que fez como mandante neste ano, tendo empatado três e perdido uma.

Também nesta terça-feira (26), mas às 19:15 (no horário de Brasília), acontecem outras duas partidas da fase de grupos da Copa Libertadores da América que envolvem clubes brasileiros. A ESPN transmite, na TV fechada, a partida do Red Bull Bragantino diante do Estudiantes, na Argentina, valendo a liderança do Grupo C. A equipe de Bragança Paulista soma os mesmos 4 pontos da equipe argentina e se apega na atual invencibilidade, que já dura seis partidas (levando em consideração todas as competições), para seguir lutando pela liderança do grupo, mas deve encontrar grande dificuldade para conseguir somar pontos nesta partida. Jogando em casa, o Estudiantes, dono de 4 títulos de Libertadores, dificilmente vai ser derrotado, até porque não perde há 10 partidas (desde uma derrota para o Boca Juniors na 6ª rodada da fase de grupos da Copa da Liga Argentina).

No mesmo dia (26) e horário (19:15) a Conmebol TV transmite com exclusividade, em pay-per-view, a partida entre Libertad e Athletico Paranaense, que acontece no estádio Defensores del Chaco, na capital do Paraguai. Ambas as equipes chegam para o confronto com 4 pontos somados e disputam a liderança do Grupo B nesta terceira rodada. O Athletico chega para o confronto embalado por duas vitórias consecutivas, sendo a última delas diante do Flamengo, de forma que tem uma boa expectativa de conseguir pelo menos um empate com o Libertad nesta partida fora de casa.

Outros brasileiros na Libertadores:

Na quarta-feira (27) mais três clubes brasileiros vão entrar em campo pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. O Fortaleza, que perdeu as duas primeiras rodadas, vai em busca de sua primeira vitória jogando em casa contra o Alianza Lima para sair da lanterna do Grupo F (a partida vai ser transmitida em pay-per-view, pela Conmebol TV). No mesmo dia (27) e horário a ESPN transmite, na TV fechada, a partida do América Mineiro contra o Tolima, no Estádio Independência, na capital de Minas Gerais. Assim como o Fortaleza, o América precisa de uma vitória em casa para deixar a lanterna do grupo e ficar mais próximo de, pelo menos, conseguir a 3ª posição para se classificar às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Às 21 horas (de Brasília) de quarta-feira (27) a ESPN transmite a partida do Palmeiras, que visita o Emelec no Equador podendo aumentar ainda mais a vantagem na liderança do Grupo A, que neste momento é de 4 pontos para o vice-líder (exatamente o Emelec).

Na quinta-feira (14), finalmente, às 19 horas (de Brasília), o Flamengo encerra a participação dos clubes brasileiros nesta terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. A ESPN transmite o duelo do Flamengo contra a Universidad Católica, que acontece no Chile. Com 100% de aproveitamento até aqui, o Flamengo tem 3 pontos de vantagem para o vice-líder (exatamente a Universidad Católica).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.