Início » Colunas » Coluna do Verchai » Europa e África definem últimos classificados para o Mundial

Europa e África definem últimos classificados para o Mundial

Fernando Verchai

Portugal e Polônia ficam com duas das três últimas vagas da UEFA para a Copa do Mundo do Catar.

em destaque cr7 pela seleção de portugal

(Divulgação/Portugal)

Nesta terça-feira (29) aconteceram dois dos últimos três confrontos que definem as 13 seleções europeias classificadas para a Copa do Mundo do Catar. Sérvia, Espanha, Suíça, França, Bélgica, Dinamarca, Holanda, Croácia, Inglaterra e Alemanha foram as primeiras a confirmar lugar no Mundial por terem liderado seus grupos das Eliminatórias da UEFA. Assim, as seleções que ficaram na vice-liderança dos grupos (Portugal, Suécia, Itália, Ucrânia, País de Gales, Escócia, Turquia, Rússia, Polônia e Macedônia do Norte) se juntaram às duas mais bem classificadas na última edição da UEFA Nations League (Áustria e República Tcheca) para a disputa dos play-offs destas Eliminatórias da UEFA (uma espécie de repescagem), que garantem mais três vagas na Copa do Mundo deste ano. Por sorteio foram definidos os confrontos da primeira fase dos play-offs e, também, os possíveis confrontos da última fase. A grande sensação do sorteio foi a possibilidade de Itália e Portugal se enfrentarem na última fase, em um confronto direto por uma vaga na Copa do Mundo do Catar. No entanto, na quinta-feira passada (24), a Macedônia do Norte conseguiu algo inesperado: venceu a Itália fora de casa pelo placar simples de 1 a 0 (com gol nos acréscimos do segundo tempo) e conseguiu se classificar para a última fase dos play-offs. Depois de eliminar a atual campeã da Eurocopa a Macedônia do Norte precisava de mais um feito histórico para conseguir chegar na Copa do Mundo: eliminar a Seleção Portuguesa, de Cristiano Ronaldo. Não aconteceu. Portugal não vacilou na primeira fase, enfrentando a ótima Seleção Turca, e confirmou o seu favoritismo diante da Macedônia do Norte na última terça-feira sem grandes sustos. Mais uma vez Cristiano Ronaldo não foi às redes, mas levou perigo à meta da Macedônia do Norte e apareceu de garçom ainda no primeiro tempo: com um passe por entre as pernas do zagueiro, deixou Bruno Fernandes na boa para abrir o placar para Portugal. A Seleção da Macedônia do Norte foi valente e seguiu lutando mesmo depois de ter saído atrás no placar, mas, em um contra-ataque no segundo tempo, Bruno Fernandes apareceu mais uma vez para marcar o segundo dele e da Seleção de Portugal na partida, desta vez recebendo ótima assistência de Diogo Jota. Com a vitória por 2 a 0, Portugal confirmou seu lugar na Copa do Mundo do Catar que acontece no fim deste ano, e Cristiano Ronaldo celebrou: “estamos no nosso devido lugar!”.

Também na última terça-feira a Polônia confirmou seu lugar na Copa do Mundo. A Polônia se classificou para a última fase dos play-offs das Eliminatórias da UEFA sem sequer entrar em campo na primeira fase. Isso porque a Seleção Polonesa foi sorteada para enfrentar a Seleção Russa, que foi excluída pela FIFA e pela UEFA de suas respectivas competições. Do outro lado, a Suécia chegou para disputar vaga na Copa do Mundo com a Polônia depois de ter passado pela República Tcheca na primeira fase dos play-offs e não deu facilidade para a seleção de Robert Lewandowski. No entanto, em uma chegada mais forte dentro da área, Jesper Karlström derrubou Grzegorz Krychowiak na área e o árbitro marcou pênalti para a Polônia, que foi batido e convertido pelo artilheiro do Bayern de Munique, Robert Lewandowski, eleito melhor jogador do mundo pela FIFA na última temporada. A Suécia se manteve viva no duelo e ficou muito perto do empate, mas acabou se expondo e, em um erro defensivo, deixou Piotr Zielinski na boa para ampliar a vantagem da Polônia, que, com o 2 a 0, confirmou seu lugar na Copa do Mundo. Restou, assim, uma única vaga europeia para a Copa do Mundo do Catar. País de Gales, que passou pela Áustria na primeira fase dos play-offs das Eliminatórias da UEFA, aguarda, na última fase, o vencedor do confronto entre Escócia e Ucrânia, que não pôde ser realizado e deve ser remarcado para acontecer em junho.

Também estão definidas as cinco seleções africanas que tem vaga garantida na Copa do Mundo do Catar:

Diferentemente das Eliminatórias da UEFA, que garante 13 seleções na Copa do Mundo, as Eliminatórias da CAF (Confederação Africada de Futebol) dão apenas 5 vagas no Mundial e, portanto, são disputadas em um formato diferente. A primeira fase da competição é disputada pelas equipes mal ranqueadas pela CAF em confrontos sorteados de ida e volta. Os 14 classificados se juntam às 26 seleções mais bem classificadas no ranking da CAF para a disputa da segunda fase, dividida em 10 grupos de 4 seleções. Assim, apenas os líderes de cada grupo avançam para a terceira e última fase, que se encerrou nesta terça-feira (29). Por sorteio foram definidos os cinco confrontos que definiram as cinco seleções africanas classificadas para a Copa do Mundo. O duelo que, de longe, gerou mais expectativa em todo o mundo envolveu Egito e Senegal (Salah e Mané). Na primeira partida, no Egito, a Seleção Egípcia venceu por 1 a 0 e levou a vantagem para a partida de volta, que aconteceu em Senegal nesta terça-feira. A Seleção Senegalesa devolveu o placar de 1 a 0 contando com o apoio da torcida e a decisão acabou indo para as penalidades, onde o destaque foi o erro de Salah e o acerto de Mané, que definiu a classificação de Senegal para o Mundial. No entanto, a Seleção Egípcia apresentou uma denúncia formal à FIFA pela hostilidade com que foi recebida pela torcida senegalesa, com destaque para os lasers que foram lançados nos rostos dos jogadores egípcios durante toda a partida e, também, na cobrança dos pênaltis. A princípio, e a menos que a FIFA anule a partida desta terça-feira, Senegal está garantida na Copa do Mundo do Catar, junto com Marrocos (que venceu a República Dominicana do Congo por 5 a 2 no placar agregado), Camarões (que empatou por 2 a 2 com a Argélia no placar agregado e avançou pelo gol marcado fora de casa), Tunísia (que venceu o Mali por 1 a 0 no placar agregado) e Gana (que passou pela Nigéria pelo gol marcado fora de casa, empatando por 1 a 1 no placar agregado).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.