Início » Colunas » Coluna do Verchai » Chelsea encaminha classificação na Carabao Cup

Chelsea encaminha classificação na Carabao Cup

Fernando Verchai

Chelsea vence Tottenham por 2 a 0 em casa e larga na frente na busca por uma vaga na final da Carabao Cup.

stamford bridge casa do chelsea fc

Blues largam na frente nas semifinais da Carabao Cup com vitória por 2 a 0 no Stamford Bridge (Divulgação/Chelsea FC)

Nesta quarta-feira (5) o Chelsea recebeu o Tottenham no Stamford Bridge em partida válida pela ida da semifinal da Carabao Cup, a Copa da Liga Inglesa. Com estádio lotado e apoio impetuoso da torcida durante os 90 minutos do clássico londrino, o Chelsea de Thomas Tuchel, com Romelu Lukaku de volta depois de ter pedido desculpas publicamente pela declaração polêmica (afirmando que estava infeliz e poderia deixar o clube) que o deixou fora do último clássico com o Liverpool, se lançou para o ataque e abriu o placar diante do Tottenham logo aos 5 minutos do primeiro tempo, após um erro da equipe de Antonio Conte na saída de bola. Japhet Tanganga se desentendeu com Emerson Royal na saída de bola e acabou entregando para Marcos Alonso, que se antecipou bem e deu belo passe para Kai Havertz: na cara do gol, o atacante alemão não vacilou. Mesmo depois de sofrer o gol, a defesa do Tottenham demorou para se entender e o Chelsea tomou conta do jogo, criando suas melhores oportunidades através da mobilidade e habilidade de Kai Havertz, que parou em Hugo Lloris em uma outra chance que teve de marcar e fez a jogada que terminou com chute perigoso de Hakim Ziyech da entrada da área. Acuado, o Tottenham não conseguiu ser intenso no campo de ataque e acabou levando o 2 a 0 em outra lambança da zaga, com mais uma participação ilustre do jovem zagueiro inglês Japhet Tanganga, que acertou Ben Davies tentando cortar cruzamento e viu a bola terminar no fundo da rede do Tottenham. E a situação dos Spurs poderia ter ficado pior ainda no primeiro tempo se Lukaku tivesse acertado a cabeçada em cruzamento de Ziyech, mas pegou de raspão na bola, que passou rente à trave, pela linha de fundo.

Definição da partida de ida e próximos passos de Chelsea e Tottenham:

O Tottenham voltou mais ofensivo para o segundo tempo do clássico válido pela semifinal da Copa da Liga Inglesa: Antonio Conte voltou do intervalo com Tanguy Ndombélé no lugar de Matt Doherty, saindo do 5-4-1 para voltar ao 4-3-3 habitual. A mudança até surtiu algum efeito e Harry Kane teve a boa primeira chance do Tottenham em toda a partida, mas Kepa Arrizabalaga foi bem para fazer a defesa. No entanto, a mudança de Thomas Tuchel, colocando Timo Werner no lugar de Kai Havertz no intervalo, também surtiu efeito, e o Chelsea voltou a ser superior no confronto depois dos cinco primeiros minutos do segundo tempo. Aos 20 minutos da etapa final, Werner recebeu de Ziyech na cara do gol, mas dominou mal e viu Hugo Lloris crescer na sua frente para fazer a defesa. Na reta final do jogo, Bryan Gil, atacante espanhol de apenas 20 anos contratado nesta temporada junto ao Sevilla, mostrou toda a sua habilidade em jogada individual pela ponta esquerda e ajeitou para Lo Celso finalizar de dentro da área, mas Kepa apareceu muito bem mais uma vez para garantir que o Tottenham não balançasse as redes. Com o resultado, o Chelsea pode até perder por 1 a 0 a partida de volta, marcada para a próxima quarta-feira (12) no Hotspur Stadium, para se classificar à final da Copa da Liga Inglesa. O Tottenham, por outro lado, precisa vencer por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis, ou por três para garantir a sua vaga na final da competição. Antes disso, as equipes vão entrar em campo, possivelmente com os reservas, pela terceira rodada da FA Cup, a Copa da Inglaterra. O Tottenham joga a partida única desta terceira rodada no próximo domingo (9), em casa, contra o Morecambe, que ocupa a 19ª posição da Terceira Divisão Inglesa. O Chelsea entra em campo no sábado (8), recebendo o Chesterfield, líder da Quinta Divisão Inglesa, em Stamford Bridge.

Jogo da outra semifinal da Carabao Cup é adiado em razão da Covid

Quem se classificar, entre Chelsea e Tottenham, enfrenta o vencedor da outra semifinal da Copa da Liga Inglesa, envolvendo Liverpool e Arsenal, que deveriam se enfrentar pela partida de ida nesta quinta-feira (6), no Emirates Stadium. No entanto, por um pedido do Liverpool, que sofre com um surto de Covid no elenco que afasta Alisson, Firmino e até o técnico Jürgen Klopp, a Liga de Futebol Inglesa, que organiza a competição, entendeu que os Reds não contavam com “número suficiente de jogadores e funcionários para participar do jogo”, como declarou o clube em nota oficial. Dessa forma, a partida teve de ser adiada para o dia 20, o que faz, porém, que a partida de ida aconteça em Anfield Road na próxima quinta-feira (13), e a volta (no dia 20) em Londres, no Emirates Stadium, diferentemente do previsto inicialmente. Além disso, por conta da disputa da Copa Africana de Nações, o Liverpool não vai poder contar com nomes fundamentais de seu elenco, como Mohamed Salah e Sadio Mané, entre outros. Sendo assim, a expectativa dos Gunners, que ocupam a 4ª posição da Premier League e vivem um grande momento sob o comando de Mikel Arteta, é grande pela classificação à final da Carabao Cup. No entanto, mesmo tendo apostado em um time alternativo nas fases anteriores da competição, o Liverpool conseguiu chegar à fase atual superando o Norwich City, que disputa a Premier League, e o Leicester City nas quartas de final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.