Início » Colunas » Coluna do Verchai » Rodada do Inglês tem empate dos Reds, derrota dos Blues e clássico

Rodada do Inglês tem empate dos Reds, derrota dos Blues e clássico

Fernando Verchai

Tottenham e Arsenal: o grande clássico da rodada

View this post on Instagram

DERBY DAY! ⚪️🔴

A post shared by Tottenham Hotspur (@spursofficial) on

O grande jogo desta 35ª rodada da Premier League acontece neste domingo (12/07), às 12h30, na capital da Inglaterra. O Tottenham recebe o Arsenal no Hotspur Stadium para um jogo que vale muito para as duas equipes. Ambas estão fora da zona de classificação para disputar competições europeias na próxima temporada, mas ainda sonham com uma vaga. Se o time de José Mourinho vencer, por exemplo, chega aos mesmos 52 pontos do Wolverhampton e salta pelo menos duas posições na tabela, podendo alcançar a 7ª colocação. Já o Arsenal, caso conquiste a vitória e os três pontos, pode passar o Wolverhampton e fica há um ponto do Sheffield United (6º colocado). Mas este clássico londrino não causa expectativa apenas por motivos matemáticos. Em entrevista à ESPN Brasil, Lucas Moura, jogador do Tottenham, afirmou que a partida diante do Arsenal é praticamente um campeonato à parte. “A gente sabe o quanto (o clássico) mexe com o torcedor, como fica (a euforia) na semana do jogo, a ansiedade de todo mundo. Independentemente da posição da tabela e do que estamos buscando” afirmou o atacante brasileiro. É evidente que um clássico desta magnitude mexe com os ânimos dos torcedores, mas Tottenham e Arsenal se encontram em uma péssima temporada. Ambos os times passam por uma reconstrução de elenco, com técnicos que chegaram durante a temporada, e lutam para não deixar Sheffield United e Wolverhampton ficarem com suas vagas para as competições europeias.

No entanto, enquanto o Tottenham tem perdido posições nas últimas rodadas, com apenas duas vitórias nos últimos cinco jogos, o Arsenal está em ascensão. O time de Mikel Arteta venceu cinco dos últimos quatro jogos, tendo empatado na última rodada com o Leicester City. Até por conta deste retrospecto, o Arsenal chega confiante para o jogo e tem boas chances de vitória. Mesmo assim, cada um dólar apostado em uma vitória do Arsenal no Betmotion.com rende pouco mais de 2,5 dólares de lucro. Já uma vitória do Tottenham pode retornar cerca de 2,7 dólares no site de aposta.

Os primeiros jogos da rodada

A 35ª rodada da Premier League começou neste sábado, às 8h30, com vitória do Watford por 2 a 1 sobre o Newcastle. Os três pontos não serviram para tirar o Watford da 17ª colocação, mas serviram para aumentar a vantagem em relação ao Bournemouth (18º colocado e primeiro na zona de rebaixamento) para seis pontos. No mesmo horário, o West Ham não tomou conhecimento do lanterna da competição, o Norwich City, venceu por 4 a 0 e chegou aos mesmo 34 pontos do Watford, mas na 16ª colocação por ter mais vitórias. De quebra, a vitória do West Ham acabou decretando o rebaixamento do Norwich, que não tem mais chances matemáticas de se manter na Premier League.

Liverpool empata com o Burnley, perde chance de conquistar feito inédito, mas ainda pode buscar recorde de pontos

Às 11 horas deste sábado, no estádio de Anfield Road, o Liverpool ficou no empate com o Burnley. Os campeões começaram o jogo pressionando e, mesmo tendo aberto o placar ainda no primeiro tempo, até demoraram para fazer o primeiro gol. Tudo porque o goleiro Nick Pope simplesmente não permitiu que Mohamed Salah fosse em busca da artilharia e interceptou todas as investidas do atacante egípcio. O único que conseguiu vencer o guarda-redes do Burnley foi Robertson, que aproveitou lindo lançamento de Fabinho e mandou um verdadeiro chute de cabeça para fazer o 1 a 0. E o Liverpool tentou ampliar em linda jogada de Sadio Mané, que girou pra cima da marcação dentro da área, ajeitou para a perna esquerda e mandou no capricho, mas Nick Pope apareceu para intervir em mais uma grande defesa. No segundo tempo, Roberto Firmino recebeu belo passe de Salah e até conseguiu vencer o goleiro adversário, mas a bola parou na trave. E foi então que o Burnley fez valer um antigo ditado: “quem não faz, leva”. Em uma cobrança de falta despretensiosa, no campo defensivo, a bola foi alçada direto na área do Liverpool e James Tarkowski escorou de cabeça para Jay Rodríguez mandar pro fundo da rede: 1 a 1, placar final. Foi a primeira vez que o time de Jurgen Klopp não conseguiu os três pontos em casa (depois de 24 vitórias consecutivas), o que significa que o Liverpool não se tornará a primeira equipe a terminar a Premier League com 100% de aproveitamento nos jogos em casa. Por outro lado, o empate não tirou as chances dos Reds de passar os 100 pontos pela primeira vez na história da Premier League. Para isso, no entanto, o Liverpool precisa vencer todas as três rodadas restantes, que incluem clássico com o Arsenal fora de casa, clássico com o Chelsea em casa e, por fim, Newcastle fora.

McGoldrick brilha e Sheffield atropela o Chelsea

Absolutamente nada deu certo para o Chelsea neste sábado. A equipe de Frank Lampard até tentou, mas nada funcionava. Os dribles fracassavam, os passes saíam errado e, para piorar, o Chelsea não conseguia vencer a forte marcação adversária. A sorte parecia estar ao lado do Sheffield, e o irlandês David McGoldrick agarrou-a como ninguém. Foi dele o gol que abriu o placar para o Sheffield: Kepa teve que se esticar todo para espalmar bola desviada na defesa do Chelsea e McGoldrick não perdoou. Ainda no primeiro tempo, em um pane da defesa do Chelsea, Oliver McBurnie subiu livre de marcação na primeira trave e não teve problemas para cabecear pro fundo da rede: 2 a 0. No segundo tempo o panorama da partida não mudou e McGoldrick voltou a aparecer bem no jogo, fazendo o segundo dele e decretando a vitória do Sheffield, sobre o Chelsea, por 3 a 0. O resultado colocou o Sheffield United na 6ª colocação da Premier League e aproximou a equipe de uma vaga na Liga Europa (há quatro pontos do quinto colocado). Para o Chelsea, porém, a derrota pode custar a 3ª colocação, conquistada na rodada anterior. Tudo depende do resultado dos jogos de Leicester City (4º colocado e um ponto atrás do Chelsea) e Manchester United (5º colocado e dois pontos atrás do Chelsea), que entram em campo neste domingo.

Manchester City goleia Brighton fora de casa

Na última partida de Premier League deste sábado, Pep Guardiola mostrou a razão de ter a equipe que mais balança as redes na Inglaterra. Com hat-trick e show de Raheem Sterling, o Manchester City fez cinco pra cima do Brighton e, de quebra, se garantiu na segunda colocação da Premier League porque não pode mais ser alcançado pelo Chelsea (terceiro colocado). O brasileiro, Gabriel Jesus, foi titular no duelo e, apesar de ter sido substituído no segundo tempo, teve tempo para também deixar o dele. Bernardo Silva foi o autor do outro gol.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.