Início » Colunas » Coluna do Verchai » Barça e Real avançam às oitavas da Copa do Rei

Barça e Real avançam às oitavas da Copa do Rei

Fernando Verchai

Em estreia de Daniel Alves, Barcelona sai atrás, mas busca a virada no segundo tempo na Copa do Rei contra time da Terceira Divisão Espanhola.

dani alves barcelona copa do rei

Com Daniel Alves de volta, Barcelona vence de virada na Copa do Rei (Divulgação/FC Barcelona)

 

A fase de 1/16 avos de final da Copa do Rei da Espanha começou na última terça-feira (4), com a classificação, nos pênaltis, do Espanyol sobre o Ponferradina. Nesta quarta-feira (5) aconteceram outros oito jogos e em apenas um deles não aconteceu aquilo que era previsto: o Celta de Vigo perdeu por 2 a 1 para o Atlético Baleares, que disputa a Terceira Divisão Espanhola, e deixou a competição mais cedo do que o esperado. Nos outros sete confrontos, as equipes que disputam a elite da Espanha (La Liga Santander) venceram mesmo jogando fora de casa e já garantiram seu lugar nas oitavas de final da Copa do Rei da Espanha. Este foi o caso do Barcelona, que enfrentou o Linares, da Terceira Divisão, mas teve grande dificuldade para vencer por 2 a 1, de virada. A partida marcou a reestreia de Daniel Alves pelo clube catalão, que mesmo enfrentando um time consideravelmente inferior tecnicamente, não poupou esforços para buscar a classificação. O técnico Xavi Hernández levou a campo aquilo que tinha de melhor e mesmo assim saiu atrás no placar: aos 18 minutos do primeiro tempo, Hugo Díaz recebeu cruzamento de Fran Carnicer e cabeceou bem, no canto, para abrir o placar para o Linares e levar a torcida do modesto time espanhol à loucura. À partir de então o Barça iniciou uma corrida pelo gol de empate, mas teve muita dificuldade para furar o bloqueio adversário no primeiro tempo. Foi só depois das entradas de Frenkie de Jong e Ousmane Dembélé, no segundo tempo, que a equipe de Xavi Hernández passou a ser mais incisiva no campo de ataque. E foi exatamente em um belo chute de Dembélé da entrada da área que o gol de empate saiu, aos 18 minutos do segundo tempo. O Linares até conseguiu voltar a marcar depois de sofrer o empate, mas o gol foi anulado por impedimento e o castigo veio poucos minutos depois, através dos garotos do Barça: em contra-ataque, Nico González, meia de 20 anos, acionou Ferrán Jutglà, ponta de 22 anos, que invadiu a área pela esquerda e limpou para o meio, tirando da marcação para marcar em um belo chute cruzado. A virada e a classificação vieram, junto com a estreia de Daniel Alves, que não agradou tanto assim a imprensa catalã, mas nem tudo foram flores para o Barcelona. Depois de Araujo ter saído machucado no intervalo do jogo, Frenkie de Jong, que entrou no segundo tempo, também saiu sentindo dores na perna esquerda, mas a lesão do meia holandês ainda não foi diagnosticada pelo Barcelona, diferentemente do zagueiro uruguaio, que deve ficar ausente por alguns meses. E vale destacar que o Barça vai ter um clássico com o Real Madrid na próxima quarta-feira (12), pela Supercopa da Espanha. Antes disso, no próximo sábado (8), às 14:30 (no horário de Brasília), os catalães vão enfrentar o Granada fora de casa pelo Campeonato Espanhol buscando nada além da vitória para seguirem na busca pelo G-4 (neste momento o Barça é o 5º colocado, 1 ponto atrás do Atlético de Madrid, 4º colocado).

Real Madrid leva susto de vilão do passado, mas vence “revanche” e avança na Copa do Rei da Espanha

Na última temporada o Real Madrid visitou o Alcoyano, clube da Terceira Divisão Espanhola, pela fase de 1/16 avos de final da Copa do Rei da Espanha e acabou sendo surpreendido: saiu na frente no primeiro tempo, mas levou o empate na reta final do segundo tempo e acabou sendo derrotado na prorrogação. Nesta temporada, mais uma vez jogando fora de casa pela fase de 1/16 avos de final da Copa do Rei da Espanha, o Real Madrid mais uma vez enfrentou o Alcoyano e mais uma vez encontrou dificuldade. Assim como aconteceu na temporada passada, Éder Militão abriu o placar no primeiro tempo e o Alcoyano buscou o empate no segundo tempo, de forma que parecia que o filme se repetiria nesta quarta-feira (5). Mas é importante voltar um pouco a “fita”. O Alcoyano foi superior durante a maior parte do primeiro tempo e só não saiu na frente porque Camavinga tirou, de cabeça, quase em cima da linha, um chute de Carlos Blanco que tinha endereço certo e não dava chances de defesa para Andriy Lunin, o goleiro do Real Madrid. O Alcoyano pressionou e muito, mas o Real se segurou e castigou em uma de suas únicas chances do primeiro tempo: em cobrança de escanteio, Militão apareceu na primeira trave e se antecipou ao goleiro para abrir o placar para os Merengues. O gol deu mais tranquilidade para o time da capital, mas um filme passou na cabeça de todos quando, aos 20 minutos do segundo tempo, Dani Vega avançou pela direita, invadiu a área, limpou a marcação e bateu cruzado para marcar um golaço, deixando tudo igual no placar. No entanto, contando com um desvio na defesa para matar o goleiro José Figueras, que fazia boa partida, Marco Asensio marcou em finalização da entrada da área e colocou o Real de volta na frente do placar. Abatido, o Alcoyano viu o Real Madrid fazer 3 a 1 na reta final do jogo, em bela jogada de dois medalhões: Marcelo e Isco. Com a vitória, os Merengues garantiram vaga nas oitavas de final da Copa do Rei da Espanha e tem boa parte de seu time titular descansado para enfrentar o Valência no próximo sábado (8), no Santiago Bernabéu, pela 20ª rodada do Campeonato Espanhol, o qual o Real Madrid lidera com folga de 5 pontos para o vice-líder, Sevilla.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.