Início » Colunas » Coluna do Verchai » Três jogos encerram a segunda fase da Copa do Brasil

Três jogos encerram a segunda fase da Copa do Brasil

Fernando Verchai

Iniciando a quinta-feira de Copa do Brasil, às 19h15, o Vitória recebe o Lagarto em Salvador, no Estádio Manoel Barradas, mais conhecido como ‘Barradão’. O estádio é casa do Vitória, time baiano, que é visto como amplo favorito para vencer a primeira partida da Copa do Brasil desta quinta-feira.

View this post on Instagram

BARRADÃO OK!

A post shared by Esporte Clube Vitória (@ecvitoriaoficial) on

Até a derrota por 2 a 1 para o Bahia no último final de semana, o Vitória não sabia o que era perder em 2020, contando com cinco vitórias e seis empates em onze jogos. O Vitória é segundo colocado na competição estadual (atrás exatamente do Bahia), mesma posição que ocupa em seu grupo (B) da Copa do Nordeste, o qual é liderado pelo Confiança (também de Sergipe). Além de ter tropeçado pela primeira vez logo antes do jogo decisivo pela Copa do Brasil, o Vitória também tem alguns problemas em seu elenco. O volante Fernando Neto está fora por contusão sofrida no jogo diante do CRB pela Copa do Nordeste, uma semana atrás. Junto com ele, também estão fora por lesão os meias Gabriel Furtado (20 anos) e Maykon Douglas (18 anos). Guilherme Rend, que vinha ganhando boa sequência na equipe, é mais um que não entrará em campo pela 2ª fase da Copa do Brasil para cumprir suspensão. 

Do outro lado, apostar em uma vitória do time de Sergipe é muito mais atrativo (retorno de 9 dólares para cada um apostado pelo “Bet365”). O time é dirigido por Jair Costa, irmão de Douglas Costa (atacante do Atlético de Madrid nascido na cidade de Lagarto), e Robson Santos, primo do atleta naturalizado espanhol, é o presidente do clube. Diego Costa, como investidor do Lagarto FC, contribui mensalmente para as finanças do clube, que teve como seu ponto alto a classificação à segunda fase da Copa do Brasil após vencer o Volta Redonda em partida única disputada em Sergipe. As ambições do clube eram grandes, mas o Lagarto FC passa por um momento difícil. No último domingo (01/03), após mais uma derrota no Campeonato Sergipano (para o Itabaiana), o Lagarto selou seu rebaixamento no estadual. Foram três derrotas, três empates e apenas uma vitória em sete jogos, o que lhe rendeu a penúltima colocação da tabela. Com o rebaixamento confirmado, todo o foco do clube sergipano passa para a Copa do Brasil, o que pode (ou não) servir de incentivo para o time alcançar uma classificação inesperada para a 3ª fase da competição.

Operário Ferroviário x América Mineiro

Às 20 horas desta quinta-feira, o Operário Ferroviário recebe o América Mineiro no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná.

Em se tratando de dois times que disputaram a Série B no ano passado e nela permaneceram, o confronto é encarado com muita igualdade. O Operário Ferroviário, que tem a vantagem de jogar em casa, passou pelo Barbalha na primeira fase da Copa do Brasil, vencendo fora de casa por 3 a 0. Desde então a equipe paranaense disputou quatro jogos no Campeonato Estadual, tendo vencido duas e perdido outras duas (para Paraná e Athletico Paranaense). O Operário é quarto colocado no Paranaense, com cinco vitórias em nove jogos. O time comandado por Gerson Gusmão é bastante equilibrado e certamente será um adversário que vai exigir um pouco mais do América Mineiro nesta segunda fase da Copa do Brasil. Mas o América, muito bem comandado pelo técnico Lisca, tem este algo a mais para oferecer. O time mineiro só não conquistou o acesso à Série A em 2019 por conta de uma derrota na última rodada, que o deixou um ponto atrás do Atlético Goianiense, clube que terminou na 4ª colocação (1 ponto a frente do América Mineiro). E para comprovar que o elenco competitivo se mantém firme, o América lidera o Campeonato Estadual, deixando Cruzeiro e Atlético Mineiro para trás e sendo a única equipe que ainda não perdeu na competição. Desde a classificação sobre o Santos de Amapá na 1ª fase da Copa do Brasil, o América Mineiro empatou com o Cruzeiro e venceu outros três jogos, dois deles fora de casa. O time comandado por Lisca costuma ser sólido defensivamente e o ataque dificilmente decepciona, tendo balançado as redes catorze vezes em oito jogos (média de quase dois gols por jogo). Com cinco gols marcados nas oito partidas que disputou, Rodolfo é a principal referência ofensiva do América, seguido por Ademir, que balançou as redes quatro vezes em 2020. 

Vasco e ABC encerram a segunda fase da Copa do Brasil

Em sorteio, foi determinado que Vasco e ABC jogariam no Rio de Janeiro, no Maracanã. Com a vantagem do mando de campo, o Vasco da Gama é tratado como amplo favorito para ficar com a vaga.

O ABC, no entanto, foi campeão do primeiro turno do Campeonato Potiguar (do Rio Grande do Norte) e lidera o segundo, com três vitórias nas primeiras três rodadas. Se o Vasco não voltar a encontrar seu melhor futebol, o ABC tem boas chances de surpreender mesmo fora de casa. A partida, que está marcada para as 21h30, encerra a primeira fase da Copa do Brasil. Até aqui, estão classificados para a terceira fase: Ponte Preta, São José-RS, Afogados da Ingazeira, América-RN, Ferroviária, Paraná, Juventude, Brusque, Ceará, Botafogo, CRB, Figueirense, Fluminense, Goiás, Manaus FC, Atlético Goianiense e Cruzeiro. Os classificados se enfrentam para decidir aqueles que irão para a quarta e última fase, que classificará para as oitavas de final os cinco melhores, os quais se juntam a outras onze equipes: os sete classificados para a Libertadores (Flamengo, Santos, Palmeiras, Grêmio, Athletico Paranaense, São Paulo e Internacional), os campeões da Copa do Nordeste (Fortaleza), da Copa Verde (Cuiabá), da Série B (Bragantino), e o melhor qualificado da Série A que não entrou para a Libertadores (vaga herdada pelo Corinthians).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.