Início » Colunas » Coluna do Verchai » Prévia das semifinais do Campeonato Paulista

Prévia das semifinais do Campeonato Paulista

Fernando Verchai

Corinthians passa sufoco com o Guarani nas quartas de final, só alcança classificação nos pênaltis e agora jogará contra o São Paulo no Morumbi.

Na última terça-feira (22), o São Paulo recebeu o São Bernardo no Morumbi para definir o primeiro classificado para as semifinais. Naquele momento, considerando todo o favoritismo do Tricolor Paulista, a preocupação dos torcedores era com o provável duelo com o Corinthians nas semifinais. Como o São Paulo tinha terminado a fase de grupos com o mesmo número de pontos do Corinthians, mas com desvantagem de 2 gols no saldo, precisava de uma vitória por pelo menos 3 gols de diferença diante do São Bernardo para ter chance de jogar a partida da semifinal no Morumbi, ao lado da torcida, mesmo que o Corinthians ganhasse a sua partida das quartas de final, contra o Guarani. E assim foi. O São Paulo chegou para o duelo com o São Bernardo motivado por uma sequência de três vitórias (duas pela fase de grupos do Campeonato Paulista e uma pela segunda fase da Copa do Brasil) e com uma grande expectativa de conseguir um bom resultado, mas o adversário, o São Bernardo, mostrou a razão de ter conseguido empatar com Santos e Palmeiras e vencer o Red Bull Bragantino na fase de grupos: é uma equipe muito organizada defensivamente e com qualidade para se aventurar no ataque em momentos oportunos. Foi em um destes momentos, depois de erro de Reinaldo na saída de bola, que Matheus Davó conseguiu abrir o placar para o São Bernardo em pleno Morumbi na partida única das quartas de final. Precisando mudar a postura da equipe dentro de campo, Rogério Ceni efetuou três mudanças simultâneas logo depois de sair atrás no placar, e foi através dessas mudanças que o São Paulo conseguiu o empate. Calleri, que tinha entrado no lugar de Éder, voltou para armar a jogada e encontrou Emiliano Rigoni, que também havia acabado de entrar (na vaga de Igor Gomes), nas costas da zaga: o atacante argentino chegou na linha de fundo e rolou na área para Rodrigo Nestor, livre de marcação, só ter o trabalho de vencer o goleiro Alex Alves para deixar tudo igual no placar. Depois do empate o São Paulo se lançou ao ataque e dominou completamente a partida, principalmente depois que Paulinho Moccelin recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o São Bernardo com um a menos. O jovem volante Pablo Maia, destaque da Copinha, tratou de colocar o São Paulo na frente do placar com um golaço em pancada de fora da área. Na reta final do jogo, pilhado por Rogério Ceni, o São Paulo foi em busca de mais e conseguiu balançar as redes mais duas vezes, com Marquinhos e Calleri.

Com a vitória do São Paulo por 4 a 1, o Corinthians entrou em campo nesta quinta-feira (24) precisando vencer por dois gols de diferença para chegar na semifinal com a vantagem de jogar na Arena Neo Química. No entanto, jogando sem um camisa 9, o Corinthians teve dificuldade para criar boas chances de balançar as redes. O Guarani se fechou no campo de defesa e conseguiu se manter em situação confortável na partida, até que, nos minutos finais do primeiro tempo, Gil subiu mais que todo mundo na área e completou cruzamento de Renato Augusto pro fundo da rede. No entanto, logo no início do segundo tempo, também em uma cobrança de escanteio, o Guarani deixou tudo igual no placar com João Victor completando cruzamento de Giovanni Augusto. Faltou criatividade para a equipe comandada pelo português Vítor Pereira buscar a vitória e a partida acabou indo para as penalidades, onde, depois de seis conversões para cada lado, Adson converteu a sétima para o Corinthians e Cássio garantiu a classificação defendendo a cobrança de Madison. Dessa forma, apesar da classificação, o Corinthians ficou atrás do São Paulo na classificação geral do Campeonato Paulista e vai ter de fazer a partida única da semifinal, diante do Tricolor Paulista, fora de casa. O confronto, antes marcado para sábado (26), foi adiado para acontecer às 16 horas (de Brasília) de domingo (27), no Morumbi, com transmissão da Record na TV aberta.

Palmeiras passa pelo Ituano e enfrenta, na semifinal, o Red Bull Bragantino, que passou pelo Santo André

Com o Santos fora das quartas de final, o Red Bull Bragantino teve por adversário o Santo André e não encontrou grande dificuldade para conseguir a vitória e a classificação às semifinais. Artur foi o autor do gol que deu a vitória ao Bragantino, sobre o Santo André, na última quarta-feira (23). No entanto, como teve a pior campanha entre os classificados para as semifinais, o time da Red Bull vai enfrentar o time com a melhor campanha, o Palmeiras. O atual Bicampeão da Libertadores segue imbatível no Campeonato Paulista. Mesmo tendo enfrentado o adversário mais forte entre os que se classificaram na vice-liderança de seus grupos (Ituano, São Bernardo, Santo André e Guarani), o Palmeiras não encontrou dificuldade para confirmar sua classificação às semifinais. De pênalti, Raphael Veiga abriu o placar para o Palmeiras na partida das quartas de final, que aconteceu na última quarta-feira (23), no Allianz Parque, contra o Ituano (atual campeão da Série C do Campeonato Brasileiro). No segundo tempo, Rony decretou a vitória por 2 a 0 do Palmeiras, que não correu riscos no setor defensivo e poderia ter balançado as redes mais vezes (Rony, inclusive, chegou a balançar as redes pela segunda vez, mas o gol foi anulado por impedimento). Como tem a melhor campanha disparada do Campeonato Paulista, o Palmeiras tem a vantagem de fazer a partida única da semifinal, diante do Red Bull Bragantino, em casa, ao lado da torcida. O confronto do Verdão com o Massa Bruta acontece neste sábado (26), às 18:30 (no horário de Brasília), no Allianz Parque, com transmissão gratuita do canal do Paulistão no Youtube. Para o duelo, o Bragantino não vai contar com seu principal jogador, o atacante Artur, que teve uma lesão séria constatada no músculo posterior da coxa esquerda e pode ficar de fora dos gramados por cerca de dois meses. O Palmeiras, por outro lado, não vai contar com alguns jogadores importantes que foram convocados por suas seleções, como o zagueiro Gustavo Gómez e o goleiro Weverton, mas ostenta amplo favoritismo para alcançar uma vaga na final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.