Início » Colunas » Coluna do Verchai » Flamengo segue negociando por renovação de Jorge Jesus

Flamengo segue negociando por renovação de Jorge Jesus

Fernando Verchai

Na tarde desta segunda-feira (23/03), Jorge Jesus embarcou em um vôo para Portugal, onde ficará com sua família durante o período de paralisação do futebol e dos treinamentos do Flamengo. A princípio, os treinos do time principal retornariam nesta segunda-feira, mas a diretoria do rubro-negro carioca decidiu prorrogar a suspensão das atividades, agora em tempo indeterminado.

Técnico do Flamengo, Jorge Jesus, durante partida de ida contra o Del Valle, em Quito (Foto: Alexandre Vidal/site do Flamengo)

Representantes da Comissão Nacional de Clubes, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e dos sindicatos de atletas ainda discutem qual a melhor medida a ser tomada para lidar com os impactos da crise provocada pela pandemia do coronavírus, mas a probabilidade é de que a antecipação das férias (por 30 dias) seja aprovada e efetivada. E de acordo com informações da ESPN, o Flamengo prevê que a reapresentação dos jogadores e comissão técnica ocorra na semana do dia 20 de abril.

Por conta disso, os portugueses, membros da comissão técnica, incluindo o treinador Jorge Jesus, optaram por retornar à Portugal, sua terra natal, para ficar ao lado de seus familiares durante a quarentena (com exceção do preparador físico Mario Monteiro, que preferiu permanecer em solo brasileiro). Eles chegaram a um acordo com a diretoria rubro-negra, que, como já dito, suspendeu suas atividades por tempo indeterminado. Jorge Jesus e os demais membros da comissão devem chegar à Portugal na manhã desta terça-feira e a probabilidade é de que a negociação à respeito de sua renovação de contrato com o Flamengo desacelere. Através de sua assessoria, o treinador português revelou que “estava à espera de uma decisão da diretoria, estudando e cuidando do planejamento de trabalho. Mas, diante do adiamento de nossa volta às atividades, quero ficar ao lado de meus familiares nesse momento difícil, de enfrentamento de uma pandemia que preocupa a todos nós”. E assim como o treinador, muitos jogadores também retornaram para a cidade onde viviam com suas famílias, como o atacante Gabriel Barbosa, que já está em Santos.

Porque ainda não houve renovação?

Atualmente, o vínculo entre Jorge Jesus e Flamengo tem duração até o mês de maio, quando o treinador estará livre no mercado. No entanto, por conta da paralisação de quase todo o mundo do futebol em razão da pandemia do novo vírus, clubes europeus discutem a possibilidade de uma “extensão automática” do vínculo contratual entre clubes e treinadores ou jogadores. Isso significa que o contrato de treinadores e jogadores que se encerram neste primeiro semestre de 2020 poderão ser estendidos (levando-se em conta, é claro, o período em que ficaram sem trabalhar), a fim de que nenhum clube fique prejudicado. Assim, a expectativa do Flamengo é de que a mesma solução colocada em prática no Velho Continente também seja utilizada no Brasil. O rubro-negro carioca vem discutindo uma renovação de contrato com Jorge Jesus desde o fim do ano passado, mas o alto salário, que é pedido com base em euros, e não em reais, dificultou as negociações. Principalmente em razão de a moeda brasileira estar em queda em relação à moeda europeia. De acordo com o comentarista Jorge Nicola, dos canais ESPN, Jorge Jesus teria estipulado um salário de sete milhões de euros por ano, o que o deixaria muito próximo dos treinadores mais bem pagos do mundo. Entre os 20 técnicos mais bem pagos do mundo, listados pela revista “France Football”, está Ole Solskjaer, comandante do Manchester United, com salário de pouco mais de oito milhões de euros por ano. E para piorar a situação do Flamengo, esses sete milhões de euros (supostamente pedidos por Jorge Jesus), em dezembro do ano passado, giravam em torno de 32 milhões de reais. Atualmente, porém, com a queda do Real, o valor salarial exigido pelo técnico português quase alcança os 40 milhões de reais. Por conta disso, de acordo com Jorge Nicola, o Flamengo estaria disposto a desembolsar seis milhões de euros (algo próximo dos 32 milhões de reais). E além do valor salarial, Jorge Jesus e o Flamengo ainda discutem outras questões, que de acordo com o globoesporte.com envolvem conceitos de trabalho, melhorias no Ninho do Urubu e tempo de contrato.

Jorge Jesus ainda pode melhorar sua história no Flamengo?

Jorge Jesus foi contratado para ser treinador do Flamengo em junho de 2019, após a paralisação das competições brasileiras e sul-americanas por conta da Copa América. Apesar de ter tido algumas semanas de preparação, o técnico português estreou pelo Flamengo em uma decisão com o Athletico Paranaense, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A partida terminou no empate em 1 a 1 na Arena da Baixada, o que deixou a classificação às semifinais completamente aberta para o jogo da volta, no Rio de Janeiro. Antes da decisão, porém, Jorge Jesus fez seu primeiro jogo pelo Campeonato Brasileiro com goleada por 6 a 1 no Maracanã, sobre o Goiás, com direito à golaço de bicicleta de De Arrascaeta. Parecia que a linda história de amor entre Jorge Jesus e o Flamengo já se iniciaria com a classificação e o título da Copa do Brasil, mas o Athletico Parananese fez jogo duro na partida de volta das quartas de final e, após outro empate em 1 a 1, conquistou a classificação nos pênaltis em pleno Maracanã. Foi um verdadeiro banho de água fria nos rubro-negros, que demoraram para se recuperar do baque. Depois de outro empate, com o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, Jorge Jesus conheceu sua primeira derrota pelo Flamengo. Logo nas oitavas de final da Libertadores da América, o treinador ousou na escalação e foi surpreendido pelo Emelec, que saiu do Equador com vitória por 2 a 0 sobre o rubro-negro. Com apenas uma vitória em cinco jogos, eliminação na Copa do Brasil e derrota dura nas oitavas da Libertadores, parecia que o fim de Jorge Jesus estava mais próximo do que era imaginado, mas era apenas o início de uma linda história. Indo contra todas as expectativas, Jorge Jesus não poupou para o jogo da volta da Libertadores e foi com força total no clássico contra o Botafogo pelo Brasileirão, conquistando uma vitória por 3 a 2 em um jogo duríssimo. Era tudo o que sua equipe precisava. A vitória no clássico deu confiança ao elenco que, apenas três dias depois, no Maracanã, conseguiu devolver os 2 a 0 sobre o Emelec, classificando às quartas de final da Libertadores nas penalidades. E a derrota por 3 a 0 para o Bahia no jogo seguinte, pelo Brasileirão, não foi nada para um time que conseguiu ficar invicto em todas as competições por 29 jogos, até perder para o Santos na última rodada do campeonato nacional. Quando isso aconteceu, porém, o Flamengo já tinha sido campeão brasileiro e, também, da Libertadores da América (quebrando um tabu que já durava quase 40 anos). Este ano, o Flamengo já venceu a Supercopa do Brasil, a Recopa Sudamericana e a Taça Guanabara. O Campeonato Estadual já estava encaminhado e a campanha na Libertadores já era de duas vitórias nos dois primeiros jogos, mas um fator extracampo conseguiu parar o Flamengo (o coronavírus). Apesar disso, o Flamengo ainda sonha e tem totais condições de conquistar o bicampeo nato nacional e, na principal competição sul-americana, é o time a ser batido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *