Início » Colunas » Coluna do Verchai » Com ar de decepção, Liverpool empata com o Fulham na estreia

Com ar de decepção, Liverpool empata com o Fulham na estreia

Fernando Verchai

Na manhã do sábado (6), Fulham x Liverpool se enfrentaram pela primeira rodada da temporada 2022/23 da Premier League. As equipes fizeram um jogo movimentado de quatro gols, mas o empate tem gosto de decepção para os Reds.

Jurgen Klopp treinador do liverpool durante jogo da premier league

Jürgen Klopp não gostou nada do empate por 2 a 2 do Liverpool com o Fulham na estreia da temporada 2022/2023 da Premier League (Reprodução: Twitter do LFC)

A marca registrada da última temporada do Fulham na Premier League foi uma defesa retalhada, com alguns jogadores improvisadas, o que significa que eles praticamente não podiam atacar sem que sofresse com gols tomados na mesma partida.

Agora o time de Fulham vem para essa temporada sob o comando de Marco Silva e o time quer mostrar que esses problemas do passado não permanecem mais e já começaram muito bem com um empate por 2 a 2 contra o poderoso Liverpool.

O jogo contou ainda com a reestreia de Andreas Pereira na Liga, que foi destaque e saiu ovacionado pela torcida.

Jogo movimentado 

O primeiro gol foi marcado pelo artilheiro do artilheiro do clube Aleksandar Mitrovic, marcando de cabeça após jogada que teve início com Andreas Pereira, os Reds conseguiram chegar ao empate com gol de letra do estreante Darwin Nunez com assistência de Salah. Pouco tempo depois Mitrovic tentou infiltração na área e encarou o zagueiro Van Dijk que deixou a perna e foi marcado o pênalti que foi convertido pelo artilheiro deixando Fulham com a vantagem, mas aos 80 minutos de jogo Salah decretou o empate após a bola sobrar na área, finalizando assim o bom jogo entre as equipes. Mas para o Liverpool, a pressão imposta pelos adversários, os gols tomados e os pontos perdidos não para o time que espera estar na corrida pelo título.

Liverpool com problemas

Ainda é cedo demais para dizer que algo precisa mudar na equipe dos Reds para o seguimento para a temporada. Um jogo fora de casa para um time que retornou para a primeira divisão não é uma tarefa fácil, mas a partida poderia ser melhor para o Liverpool se aumentassem um pouco sua intensidade. Logo no começo, Andreas Pereira estava pressionando no campo de ataque, dando ao Liverpool opções de contra-ataques, mas quando buscavam construir jogadas, encontravam o português João Palhinha forte no meio-campo, vencendo três disputas e fazendo uma roubada de bola.

Klopp mencionou como sua equipe não está pronta para a temporada, mas também que está sobrecarregada. Depois de jogar contra City pela Copa da Liga Inglesa e contra o Strasbourg em amistoso com sua equipe alternativa, o Liverpool enfrentará o Crystal Palace na próxima rodada, as partidas compactadas já estão causando efeitos negativos no elenco como fica claro com Diogo Jota, Ibrahima Konaté e agora Thiago afastado. 

Thiago saiu da partida aos 51 minutos após sentir algo na perna e uma dupla troca foi feita por Klopp que mudou o ritmo da partida. Antes do intervalo, foi o Fulham que esteve perto de marcar, com Neeskens Kebano ao acertar a trave, mas a entrada de Harvey Elliott e Darwin Nunez mudou a forma como o Liverpool lidou com o jogo. 

Estreia nos Reds

https://www.betmotion.com/br/aposta-esportiva/promocoes/promotions/1003

Liderando o ataque Roberto Firmino não criou chances, nem chutou, foi pouco criativo e com poucas ações ofensivas, Klopp quis dar um tempo para Nunez. O novo atacante do clube teve apenas 15 toques na partida depois de entrar em campo, mas criou duas chances, acertou três chutes, marcou seu gol e deu assistência para o gol de Mohamed Salah. O atacante uruguaio se mostrou uma presença muito diferente de Firmino no ataque e deixou claro que pode ajudar a substituir a perda de Sadio Mané.

Darwin Nunez

O gol de Nunez foi um bom exemplo do que ele pode trazer para esse time do Liverpool, pois é o resultado de uma jogada direta, profunda na área adversária, do tipo que Firmino raramente faz. Apesar de seus problemas na parte defensiva do campo, onde ele não é nem de longe a presença constante que Firmino pode ser, seu desempenho é o motivo pelo qual Klopp não precisa se preocupar muito com esse resultado. Nunez mostrou que no lugar de Firmino pode ajudar a compensar os problemas urgentes da equipe, dando a Diaz outro ponto focal no ataque, pois as jogadas acabam sendo muito previsíveis quando Salah é o único alvo no ataque com o qual os adversários precisam se preocupar. 

Dias como este não acontecerão com frequência para os Reds, mas quando se trata de uma equipe tão forte e que quer brigar pelo título num campeonato como a premier League, eles precisam tomar a iniciativa e não ser um time tão reativo reativos. As partidas só ficarão mais difíceis para o Liverpool daqui para frente, então Klopp vai precisar se ajustar e tem totais condições de fazer isso com o elenco que tem em mãos para a temporada. 

Reestreia de Andreas Pereira 

O jogador brasileiro que atuava pelo Flamengo foi bem na sua primeira partida da temporada pelo Fulham, ele foi o principal articulador da equipe, trocou bons passes e seguiu mostrando bom desempenho pelo time inglês como vinha fazendo no Brasil pelo time Rubro-Negro.

Segundo divulgação do site Footstats, Andreas acertou 17 passes em 24 tentativas, conseguiu 6 cruzamentos, uma assistência para finalização, uma finalização e um drible na partida.

A volta do meia para a competição ainda foi marcada pela reação da torcida após sua substituição, ao sair no final do segundo tempo e dar lugar ao veterano Tom Cairney, o jogador foi ovacionado pela torcida no Craven Cottage, gerando boas expectativas em relação a novidade para a continuidade do clube no ano.

O Fulham irá voltar a campo no próximo sábado (13), onde visita o Wolverhampton no Molineux Stadium. Já o Liverpool encara o Crystal Palace na próxima semana para tentar melhorar seu início de temporada diante da sua torcida no Anfield.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.