Início » Colunas » Coluna do Verchai » Inter defende a liderança na 6ª rodada do Brasileirão

Inter defende a liderança na 6ª rodada do Brasileirão  

Botafogo recebe o colorado no Estádio Nilton Santos após vitória e classificação na Copa do Brasil.

https://www.instagram.com/p/CEeWS3WHppP/

Neste sábado (29), a partida entre Botafogo e Internacional, às 17 horas, no Engenhão (Rio de Janeiro), abre a 6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. No meio da semana, na quarta-feira (26), o Botafogo visitou o Paraná Clube, em Curitiba, pela 3ª fase da Copa do Brasil, venceu por 2 a 1 e avançou na competição. A equipe certamente chega motivada para a partida diante do Internacional, tanto por conta da classificação no meio da semana como pela invencibilidade no Campeonato Brasileiro. Na 11ª colocação da tabela, o Botafogo computa uma vitória, diante do Atlético Mineiro de Jorge Sampaoli, e 3 empates (contra RB Bragantino na estreia, Fortaleza na partida seguinte e Flamengo na última rodada). Ao todo, desde a chegada de Paulo Autuori ao comando técnico do alvinegro carioca, a equipe computa 4 vitórias, 7 empates e apenas 1 derrota (para o Flamengo, na fase de grupos da Taça Rio). Jogando em casa, o retrospecto do Botafogo com Autuori é ainda melhor: 3 vitórias e 1 empate em 4 partidas. E para aumentar ainda mais as expectativas da equipe carioca, o marfinense Salomon Kalou foi regularizado no BID (Boletim Informativo Diário) e está à disposição de Paulo Autuori, podendo já estrear diante do Internacional. No entanto, a provável escalação do time carioca é sem o marfinense (que pode nem sequer estrear), com: Gatito Fernández; Federico Brrandeguy (Kevin deve ganhar um descanso); Marcelo Benevenuto, Kanu, Rafael Forster e Guilherme Santos; Bruno Nazário, Honda, Caio Alexandre e Luís Henrique; e Pedro Raúl na frente. O Botafogo, porém, terá 2 problemas para a partida diante do Internacional. O lateral-esquerdo Victor Luís ainda se recupera de uma apendicite e, portanto, segue fora da equipe. Além disso, o Botafogo vem de uma sequência ingrata de 5 jogos com distância não maior do que 4 dias de um para outro, e apenas 1 foi no Rio de Janeiro (o que significa que a equipe viajou muito e teve pouco tempo para treinar.

Internacional tenta se manter no topo do Brasileiro

A equipe de Eduardo Coudet, diferentemente do próximo adversário, teve a semana toda para se preparar para a partida no Rio de Janeiro, diante do Botafogo, pela 6ª rodada do Brasileirão. Isso porque o Inter entra para disputar a Copa do Brasil apenas na fase de oitavas de final e, também, não está na final do Campeonato Gaúcho, que está sendo disputada nesta semana por Caxias e Grêmio. Por outro lado, o colorado se assemelha ao Botafogo no sentido de que chega para esta partida em grande fase, com 4 vitórias e apenas 1 derrotas em 5 rodadas, o que o coloca na liderança do campeonato, com 12 pontos. Mas a equipe comandada por Eduardo Coudet, que já mostrou não ser imbatível diante do Fluminense, também no Rio de Janeiro, pela 3ª rodada, ainda apresenta mais alguns problemas para a partida com o Botafogo. O Internacional acumula lesões no setor ofensivo: além de Paolo Guerrero, que deve voltar só em 2021 por ter rompido o ligamento cruzado do joelho direito, William Pottker e Yuri Alberto constataram lesão muscular e estão fora (sem contar João Peglow e o zagueiro Lucas Ribeiro, que testaram positivo para a Covid-19 e estão afastados, em isolamento). O colorado esperava ter acertado com Alexandre Pato já na semana passada, mas o atacante deu um gelo no ex-clube, que, então, teve de buscar outras opções no mercado. Assim, o Internacional acabou acertando, nesta sexta-feira (28), com o atacante Abel Hernández, jogador de 30 anos que já defendeu a Seleção Uruguaia (venceu a Copa América de 2011 e disputou a Copa do Mundo de 2014) e tem currículo no futebol europeu, com passagens por Palermo (Itália), Hull City (Inglaterra) e CSKA (Rússia). No entanto, o jogador ainda precisa cumprir todo um protocolo para que possa estrear na equipe gaúcha. Portanto, para a partida contra o Botafogo, Eduardo Coudet conta apenas com Marcos Guilherme e Thiago Galhardo para o setor de ataque (além de meias mais ofensivos, como D’Alessandro e Sarrafiore, mas que devem ficar como opção no banco de reservas). Sendo assim, a probabilidade é de que o Internacional vá a campo com: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Victor Cuesta, Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Boschilia, Patrick; Marcos Guilherme e Thiago Galhardo.

Outros jogos deste sábado (2)

Às 19 horas, o Fluminense e Vasco fazem um grande clássico carioca no Maracanã, colocando em jogo a possibilidade de liderança e, ao mesmo tempo, de perda da invencibilidade da equipe cruz-maltina. Sim, o Vasco da Gama segue invicto na competição, com 3 vitórias e 1 empate em 4 partidas disputadas, ocupa a 2ª colocação e, com uma vitória, pode alcançar a liderança da Série A. Desde que, é claro, o Internacional tropece diante do Botafogo. O Vasco conquistou classificação heroica sobre o Goiás no meio da semana (quarta-feira), nos pênaltis, jogando fora de casa, pela 3ª fase da Copa do Brasil, e sugue invicto com Ramon Menezes no comando. O problema para a equipe cruz-maltina é que o Fluminense, que também avançou na Copa do Brasil, com vitória contundente (por 3 a 0) sobre o Figueirense, está invicto no Maracanã: em 3 partidas pelo Brasileiro, venceu 2 e empatou 1 (com o Palmeiras). No último confronto entre as equipes, em São Januário, pela fase de grupos da Taça Guanabara, o Fluminense venceu por 2 a 0, com gols de Evanílson e Fernando Pacheco.

Também às 19 horas, o Bahia (8º colocado) recebe o Palmeiras (5º colocado) no Estádio do Pituaçu, em Salvador. Finalmente, às 21h30, encerrando os jogos deste sábado (29), o Fortaleza (14º colocado) joga contra o RB Bragantino (13º) no Estádio Castelão, no Ceará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *