Santos e Athletico vencem; Fla e Palmeiras estreiam hoje

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Com um resultado que foi melhor do que o futebol apresentado em campo, o Santos estreou na Libertadores 2020 com uma vitória, de virada, por 2 a 1, sobre o Defensa Y Justicia, na Argentina.

Kaio Jorge marcou o gol da vitória santista, de virada, sobre o Defensa Y Justicia (Foto: reprodução/Instagram do Santos)

O time da Vila terminou o primeiro tempo perdendo por 1 a 0. Gol de Juan Rodríguez, de cabeça, abrindo o placar para os donos da casa.

Jogando melhor na etapa final, o Peixe foi buscar a igualdade aos 26 minutos da etapa final, com gol de Jobson, também de testa, após assistência de Soteldo, que ainda colaboraria no segundo, puxando contra-ataque. Após dividida no meio-campo, a bola sobrou para Kaio Jorge, que arrancou, invadiu a área e decretou a virada santista.

Com o resultado, o Santos lidera o grupo G com 3 pontos. Delfín, time do Equador, e o tradicional Olimpia, do Paraguai, enfrentam-se nesta quarta (4).

O próximo compromisso santista pela Libertadores é já na próxima terça-feira (10), na Vila Belmiro, novamente contra o Delfín (EQU).

Furacão faz lição de casa na Arena da Baixada

Foi difícil. Jogando na Arena da Baixada, o Athletico Paranaense sofreu para vencer o Peñarol por 1 a 0. O placar só foi movimentado aos 30 minutos da etapa final, mas foi um golaço.

Bissoli, de apenas 22 anos, que substituía Marco Ruben, recebeu cruzamento de Nikão e marcou, de letra. Belo gol do garoto.

Com o triunfo, o Furacão foi a 3 pontos no grupo C. Jorge Wilstermann e Colo-Colo enfrentam-se na noite desta quarta, na Bolívia.

Na segunda rodada, o Athletico viaja ao Chile na quarta que vem (11) para enfrentar o Colo-Colo.

Mais dois brasileiros estreiam nesta quarta

O atual campeão Flamengo estreia na Libertadores logo mais, às 21h30, na Colômbia, contra o Junior Barranquilla.

Para essa partida, o técnico português Jorge Jesus terá desfalques importantes: Rafinha e Rodrigo Caio (ambos com lesão muscular), Willian Arão (suspenso) e Bruno Henrique (lesão no joelho).

Provável Flamengo: Diego Alves; João Lucas, Léo Pereira, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Thiago Maia e Gerson, Everton Ribeiro, De Arrascaeta e Vitinho (Michael/Pedro); Gabigol.

Mais cedo, às 19h15, o Palmeiras enfrenta o Tigre, na Argentina. Para a estreia, Vanderlei Luxemburgo segue sem poder contar com os dois laterais-direitos Marcos Rocha e Mayke. Com isso, uma vez mais Gabriel Menino atuará por ali.

Provável Palmeiras: Weverton; Gabriel Menino, Gustavo Gómez, Felipe Melo e Matías Viña; Bruno Henrique, Ramires e Dudu; Willian, Luiz Adriano e Rony.

Saiba onde assistir aos jogos desta quarta e à estreia do São Paulo na quinta-feira.

A se confirmar a escalação, será a primeira vez que Luxemburgo mandará a campo um Palmeiras com o quarteto de ataque no time titular, com um deles, possivelmente Dudu, mais recuado, na linha de meio-campo.

Essa ideia de uso de um quarteto de atacantes, sem um meia (Lucas Lima ou Raphael Veiga), foi levantada na ESPN Brasil e repercutida aqui no Blog do Betmotion:

Com Rony, qual a melhor escalação para o Palmeiras?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *