Muriel, do Flu, sobre morte do pai: “Não é o fim, é um até logo!”

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

O goleiro do Fluminense, Muriel, usou as redes sociais para se manifestar sobre o pai, José Agostinho Becker, encontrado morto horas depois de desaparecer em uma barragem no município de Lavras do Sul, no interior do Rio Grande do Sul.

“Sabemos que não é o fim, meu pai, é um até logo! Levaremos os teus ensinamentos e teu amor vivos em nós, meu amado pai!”, escreveu Muriel, irmão de Alisson, goleiro do Liverpool e da Seleção Brasileira.

Senhor José Agostinho Becker, com os filhos Muriel e Alisson

Muriel, o pai José Agostinho Becker e Alisson (Foto: Lucas Merçon / FFC)

O falecimento do senhor José Agostinho foi confirmado na madrugada da última quarta-feira, véspera da derradeira partida do Brasileirão 2020, contra o Fortaleza. Obviamente, o goleiro foi liberado do jogo.

Segundo o site “ge”, José Agostinho Becker atuava como goleiro no futebol amador. Ele foi uma influência para a trajetória dos filhos, bem como o bisavô, Oscar.

Confira a íntegra da postagem de Muriel, em homenagem ao pai:

O homem que me ensinou todos os dias sobre amor, lealdade, honestidade, amizade. Muitas vezes com poucas palavras, mas mostrava em cada passo e exemplo.

O homem que sempre brincou comigo e com o Alisson como se fosse uma criança, que nos ensinou a jogar futebol e a amar a posição de goleiro, que como ele sempre falou ”para ser goleiro tem que ser louco”.

Um homem que me ensinou que o que temos não importa, e sim quem somos.

Tratava todas as pessoas da mesma forma com respeito, sinceridade, com um sorriso verdadeiro no rosto e um abraço longo e apertado.

Na verdade, dono do melhor abraço que eu recebia todas as vezes que o via.

Sabemos que não é o fim, meu pai, é um até logo! Levaremos os teus ensinamentos e teu amor vivos em nós, meu amado pai!

Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá;”

‭‭João‬ ‭11:25‬ ‭NVI‬‬

“Felizes são os humildes, porque o Reino dos céus é dado a eles.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *