Início » Esportes » Futebol Nacional » Luto: morre Valdir Espinosa, campeão do mundo pelo Grêmio em 1983

Luto: morre Valdir Espinosa, campeão do mundo pelo Grêmio em 1983

Rogerio Jovaneli

Luto no futebol brasileiro. Morreu nesta quinta-feira (27), aos 72 anos, Valdir Espinosa, treinador campeão da Libertadores e do mundo pelo Grêmio em 1983.

(Imagem: reprodução/Twitter do Grêmio)

Então coordenador técnico do Botafogo, Espinosa havia sido submetido a uma cirurgia na região do abdômen no último dia 17, voltou a ser internado três dias depois, mas não se recuperou, noticiou o site Globoesporte,com.

Pelo Grêmio, também foi campeão gaúcho em 1986 e da Copa do Brasil (como coordenador técnico).

Espinosa ainda ganhou a Taça Rio e o Carioca de 1989 pelo Botafogo, o Cearense de 1980 com o Ceará, o Paranaense pelo Londrina em 1981, entre outras conquistas pelo país e até no exterior (bicampeão paraguaio pelo Cerro Porteño em 1987 e 1992, e saudita pelo Al-Hilal).

Íntegra da nota de pesar do clube gaúcho:

O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense informa, com imenso pesar, o falecimento de Valdir Espinosa, um dos maiores técnicos de sua história. Sob o comando de Espinosa o Grêmio abriu as portas do continente e do mundo ao Rio Grande do Sul, conquistando a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes em 1983.

Valdir Espinosa retornou ao Grêmio em 2016, como Coordenador Técnico e participou da conquista do pentacampeonato da Copa do Brasil. Atualmente exercia o cargo de Gerente Técnico do Botafogo.

O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense se solidariza com toda a família Espinosa, amigos e torcida nesse momento de dor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.