Resumo dos jogos de terça da Liga dos Campeões

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Atual vice-campeão, Paris Saint-Germain estreia com derrota em casa.

Na última terça-feira (20) teve início a fase de grupos da Liga dos Campeões e Paris Saint-Germain, não estreou bem. Atual vice-campeão, o PSG recebeu o Manchester United no Parque dos Príncipes, na França, e decepcionou em sua estreia.

Neymar durante Paris Saint-Germain e Manchester United, estreia na fase de grupos da Champions (Reprodução: Twitter/PSG)

O time de Thomas Tuchel teve alguns desfalques importantes, é verdade, com destaque para a ausência do sempre importante Marco Verratti, e mesmo assim conseguiu mostrar algumas virtudes importantes. Até mesmo por conta da postura mais defensiva adotada pelo time de Ole Gunnar Solskjaer, o Paris Saint-Germain começou a partida controlando a posse de bola e levou grande perigo em chute de fora da área de Ángel Di Maria, mas o goleiro David de Gea estava em dia inspirado. E logo em uma das primeiras chegadas do Manchester ao campo de ataque, Abdou Diallo acertou Anthony Martial por trás e o árbitro apontou a penalidade. Keylor Navas até conseguiu pegar a cobrança de Bruno Fernandes, mas o costa-riquenho se adiantou, a cobrança teve de voltar e aí o português não desperdiçou. Depois do gol, o panorama da partida ficou bem claro: o Paris Saint-Germain rondava a área do Manchester United, que, por sua vez, apertava forte a marcação em seu campo de defesa, principalmente sobre Neymar e Mbappé, e tentava explorar os contra-ataques. E como os dois não tinham espaço para criar, acabaram perdendo muita bola em tentativas individuais e foram alvo de duras críticas do ex-zagueiro Sammy Traoré, que defendeu o PSG entre os anos de 2006 e 2011 e soltou o verbo em entrevista ao jornal “Le Parisien”. Apesar dos pesares, a equipe parisiense pressionou bastante e chegou a empatar a partida no início do segundo tempo, quando, em cobrança de escanteio, Martial marcou contra. O PSG seguia em cima do Manchester até que Solskjaer colocou Paul Pogba em campo e a partida se equilibrou. Foi dele a jogada e o passe para o belo gol que Marcus Rashford marcou, de fora da área, nos minutos finais do jogo. Mas o Manchester United não terminou a rodada de estreia da Liga dos Campeões na liderança do seu grupo H, pois o RB Leipzig (atual semifinalista) bateu o Istambul Basaksehir na Alemanha, por 2 a 0, e assumiu a ponta. Na próxima semana (dia 28), o Manchester United recebe o RB Leipzig no Old Trafford, e o PSG vai até a Turquia precisando da vitória diante do Basaksehir.

Barcelona atropela na estreia e larga “um nariz” na frente da Juventus.

Pelo grupo G, onde pela primeira os dois maiores jogadores que já disputaram a Liga dos Campeões (ao menos nos números), Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, se enfrentam logo nesta fase, Barcelona e Juventus não deram sorte para o azar. Em jogo duro com o Dínamo de Kiev, na Ucrânia, e sem Cristiano Ronaldo, Álvaro Morata tratou de marcar duas vezes para garantir a primeira vitória da Vecchia Signora na Liga dos Campeões 2020/21. O 2 a 0 fora de casa, diante de um time que tem o seu valor, foi um grande resultado para uma equipe que passa por um período de reconstrução sob o comando de Andrea Pirlo, ainda mais sem a presença de seu principal jogador. No entanto, não foi o suficiente para fazer com que a Juventus terminasse a primeira rodada da competição na liderança do grupo G, pois o Barcelona não tomou conhecimento do Ferencváros jogando em casa, no Camp Nou, e tratou de golear a equipe húngara. Lionel Messi, após ser derrubado na área em linda jogada individual, abriu o placar em cobrança de pênalti, e Ansu Fati ampliou ainda no primeiro tempo, completando lindo lançamento de Frenkie De Jong, de primeira, pro fundo da rede. No segundo tempo, Philippe Coutinho fez o 3º recebendo passe de letra de Ansu Fati, e o Ferencváros descontou com Igor Kharatin em cobrança de pênalti (cometida por Gerard Piqué, que acabou sendo expulso). Mas o Barcelona ainda teve tempo para marcar mais duas vezes, com Pedri González e Ousmane Dembélé, que decretaram a goleada por 5 a 1. Dessa forma, o Barcelona assumiu a ponta do grupo G pelo saldo de gols, uma vez que soma os mesmos 3 pontos da Juventus após o término desta primeira rodada. Na semana que vem (dia 28), Juventus e Barcelona vão medir suas forças em Turim. Cristiano Ronaldo, porém, que ainda se recupera da Covid, é dúvida para a partida, e o Barcelona não vai poder contar com Gerard Piqué, que vai ter de cumprir suspensão.

Lazio larga na frente no grupo F com vitória sobre Dortmund, e grupo E começa embolado.

Após o empate em 1 a 1 entre Rennes e Krasnodar na França, o Chelsea recebeu o Sevilla no Stamford Bridge pelo grupo E com a chance de largar na ponta com uma vitória. Ingleses e espanhóis fizeram uma partida bastante disputada, na qual não faltou oportunidades para os dois lados. No entanto, as defesas dos times estavam muito bem colocadas e, quando as chances apareceram, os goleiros trabalharam muito bem dos dois lados, mas principalmente Edouard Mendy pelo Chelsea. Isso porque, dentro de sua proposta mais defensiva, o Sevilla conseguiu ter boas chances em bolas levantadas na área e contra-ataques, mas não conseguiu ser efetivo. O chelsea teve um pouco mais de dificuldade para abrir espaços na defesa espanhola e, quando o fez, Yassine Bono trabalhou bem. Com isso, todos os times do grupo E terminaram a 1ª rodada somando 1 único ponto.

Pelo grupo F é justo dizer que aconteceram duas surpresas. Primeiro, jogando na Rússia, o Club Brugge superou o Zenit vencendo por 2 a 1, com o gol da vitória acontecendo nos acréscimos. Já na Itália, a Lazio recebeu o sempre competitivo Borussia Dortmund e conseguiu uma vitória surpreendentemente tranquila. Ciro Immobile (chuteira de ouro na temporada passada por ter sido o principal artilheiro da Europa) abriu o placar logo nos primeiros minutos da partida e, ainda no primeiro tempo, o goleiro Marwin Hitz marcou contra ao sair muito mal em cobrança de escanteio. O norueguês Erling Haaland (sempre ele) descontou para o Borussia Dortmund no segundo tempo com um belo gol, mas, antes que a equipe alemã conseguisse reagir, Akpa-Akpro voltou a marcar para os italianos e decretou a vitória por 3 a 1 da Lazio, que garantiu a liderança do grupo E.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *