Quais as superstições mais populares no bingo?

event photography by jon gurinsky for EventPhotosNYC

photo credit: MAC Times Square via photopin (license)

Superstição pode ser caracterizada como a crença baseada na ideia de que determinadas atitudes, números, palavras e objetos trazem azar ou sorte. Esse é um conceito que influencia muitos os admiradores de jogos – e com o bingo não poderia ser diferente.

Os amuletos talvez sejam a forma mais comum de superstição. Isso porque eles podem ser praticamente qualquer coisa. Figas, cruzes de David, chaves, elefantes com a tromba para baixo ou para cima, trevos, gnomos, ferraduras, corcundas, quartos de lua, porcos, patas e cornos de animais, Budas e olhos são apenas alguns exemplos disso.

Nas salas de bingo físico não é raro ver todos os tipos de amuletos em cima das mesas. Ter uma “cadeira da sorte” também é comum nesses ambientes. Geralmente, será o assento no qual o jogador estava quando ganhou pela primeira vez.

Superstição online

Quem joga online também não está imune às superstições. Há quem só entre em um site de bingo vestindo determinadas peças de roupas (meias da sorte, por exemplo), escolha sempre um mesmo número na cartela e sente do mesmo jeito (pernas cruzadas, esticadas, apoiadas em algum lugar etc.).

Por mais irracionais que essas atitudes pareçam, elas realmente podem surtir efeito em quem acredita. Muitos especialistas afirmam que a superstição trata-se de algo saudável, que ajuda o indivíduo a encarar os desafios, a diminuir a ansiedade e a ter fé em que tudo, no final, vai dar certo. De fato, as crenças não são apenas coisas dentro da cabeça das pessoas. Elas realmente afetam seu comportamento.