Prefeitura do Rio dá aval para volta do Carioca nesta semana

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Em arbitral online que foi até a última madrugada, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e todos os clubes do Campeonato Carioca, exceto Botafogo e Fluminense, sugeriram a volta do estadual nesta semana, com Bangu e Flamengo se enfrentando já nesta quinta-feira (18), pela quarta rodada da Taça Rio. Agora, o próprio prefeito do Rio, Marcelo Crivella, deu o seu aval nesta terça-feira (16).

Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, deu aval para volta do futebol na cidade (Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio)

A volta das competições esportivas, com portões fechados para o público, faz parte da segunda fase da flexibilização das medidas restritivas na cidade a partir desta quarta-feira, anunciadas por Crivella em entrevista coletiva.

“A fase permite. Porém, depende amanhã com a Federação porque Botafogo e Fluminense querem ter o direito e têm todo o direito… É o que eu estava explicando, ninguém é obrigado a seguir os passos da Prefeitura. A pessoa decide o que ela decide. Eles não querem jogar. Então, para não ter judicialização e suspender o Campeonato mais uma vez pelo Tribunal de Justiça, que é sempre muito prudente, quando a pessoa pede a liminar eles concedem… A ideia é fazer um acordo. Quem quiser jogar, joga. Quem não quiser, tem que ser respeitado e jogar só em julho”, declarou o prefeito.

As datas sugeridas no arbitral da Ferj para os jogos dos quatro grandes:

Flamengo – 18 e 25 de junho
Fluminense – 22 e 26 de junho
Botafogo – 22 e 26 de junho
Vasco – 21 e 24 de junho

Prefeito diz que Bolsonaro irá a jogo

Empolgado, Crivella disse até que o presidente da República, Jair Bolsonaro, marcará presença no Maracanã, para o retorno do Carioca.

“O presidente Bolsonaro prometeu que vem, hein. O presidente Bolsonaro diz que vem, então não vai ser [com o estádio] vazio não, o presidente vai estar lá vendo o jogo”, comentou, segundo reportou o site Globoesporte.

Botafogo e Fluminense são os únicos clubes contrários ao retorno do Campeonato Carioca, ainda durante o pico da pandemia da covid-19. O estado do Rio é um dos mais afetados pela doença, causada pelo novo coronavírus. Os dois clubes entendem não haver segurança suficiente para a voltar do futebol sem que a pandemia tenha sido devidamente controlada ali.

Prefeito não vê problema jogo no Maracanã com hospital de campanha no local

Pode realizar partida de futebol no Maracanã, sendo que em setor do complexo Célio de Barros há um hospital de campanha para a covid-19? Para o prefeito do Rio de Janeiro, sim.

“Não tem problema com o hospital de campanha. O jogo são só os jogadores, vão entrar por um portão que não tem ligação com o hospital de campanha. A imprensa é restrita, com todas as normas de segurança. A Vigilância Sanitária vai estar para fiscalizar vestiários, atendimento médico aos jogadores”, justificou, sendo o UOL Esporte.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *