Pato questiona pressa do governo por volta do futebol no Brasil

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

O atacante do São Paulo Alexandre Pato é possivelmente o primeiro jogador da elite nacional a questionar a pressa pela volta do futebol no país.

 

Atacante do São Paulo Alexandre Pato vai ao Twitter questionar se é o momento para a volta do futebol no Brasil (Reprodução: Twitter)

“A volta ao futebol? Estou com saudades sim de jogar futebol, mas ao mesmo tempo sei o quanto prezo a minha saúde. Vejo essa movimentação que estão fazendo para voltar. Mas seria isso o melhor cenário hoje? Deixem a sua opinião”, escreveu por meio de sua conta no Twitter, aparentando estar reticente e preocupado.

Ontem, Pato já havia usado a rede social para uma curiosa manifestação sobre o assunto. O jogador postou uma carinha de um emoji pensativo ao retuitar mensagem do perfil da GloboNews, no qual canal de notícias publicava ali que Carlos da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, esbanjava otimismo por uma “em breve” volta do futebol, informando, inclusive, sobre reunião da equipe econômica do governo Bolsonaro com a CBF para acelerar a retomada de jogos de futebol, ainda que sem presença de público.

O que disse o secretário de Bolsonaro que preocupou Pato:

“Nós já estamos pensando e conversando com os clubes de futebol, bem avançados, em retomar as atividades. Essa retomada obviamente é com portões fechados, porque a nossa preocupação principal é com a saúde, seguindo protocolos. Então, portões fechados para preservar a saúde da população. Seguindo protocolos, para preservar a saúde dos trabalhadores, dos jogadores de futebol, de todos aqueles que estão (no evento). Do bandeirinha, do massagista. Todos aqueles envolvidos no espetáculo que é o futebol”, enfatizou Carlos da Costa, do ministério da Economia.

E finalizou: “Nós estamos justamente conversando com a CBF e com os clubes para garantir que os protocolos sejam adequados e que tenhamos tempo para implementá-los. Mas o que a gente pode dizer é que isso será em breve, porque o povo brasileiro tá em casa, quer assistir ao seu jogo de futebol, os campeonatos têm que continuar e, óbvio, assim que as condições forem propícias, eles vão continuar.”

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa seção de Análises e Palpites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *