Dorival pegou Covid, perdeu do São Paulo e Athletico o demitiu

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Após quatro derrotas seguidas do Athletico-PR, das quais só comandou o time na última, 1 a 0 para o São Paulo, no Morumbi, Dorival Júnior foi demitido pelo Furacão.

Dorival Júnior, usando máscara, em partida do Campeonato Paranaense (Reprodução: Instagram)

Dorival (58 anos) foi diagnosticado com o novo coronavírus, que causa a Covid-19, antes de enfrentar o Santos, pela terceira rodada do Brasileirão. Portanto, não trabalhou nesse jogo (3 a 1 para o time Vila Belmiro) e nem nas derrotas da Arena da Baixada, ambas por 1 a 0 (para Palmeiras e Fluminense).

O experiente treinador só voltou a dar treino ao time do Athletico na última segunda (24) e já na quarta (26) enfrentou, fora de casa, o Tricolor. E detalhe: antes de ser infectado pela Covid, Dorival tinha aproveitamento 100% no Brasileirão, vencendo nas duas primeiras rodadas: 2 a 0, fora, em cima do Fortaleza, e 2 a 1 em Curitiba contra o Goiás. Isso após conquistar o estadual do Paraná com duas vitórias sobre o rival Coritiba: por 1 a 0 e 2 a 1. 

Pela Libertadores 2020, antes da paralisação, o Furacão venceu uma partida (1 a 0 sobre o Peñarol na Arena da Baixada) e perdeu a outra que fez (1 a 0 para o Colo-Colo, no Chile). Está em segundo no grupo C, no qual todos têm 3 pontos cada.

O clube anuncia o auxiliar técnico Eduardo Barros como técnico interino da equipe.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *