Atlético-MG faz 3 a 0 no São Paulo, que reclama do VAR

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Brasileirão
AMG3
0SAO

No fechamento da 7ª rodada do Brasileirão na noite desta quinta (3), o Atlético-MG bateu o São Paulo por 3 a 0, com mais polêmica com VAR.

Tudo porque aos 30 minutos do 1º tempo do duelo do Mineirão, a arbitragem eletrônica assinalou impedimento de Luciano no que seria o primeiro gol do jogo. Tchê Tchê lançou, e o atacante do São Paulo triscou na bola, mandando para as redes, mas não valeu.

Você, leitor do blog, consegue enxergar impedimento por essa imagem abaixo do VAR?

Imagem do VAR do polêmico impedimento do gol de Luciano para o São Paulo. Tava impedido, mesmo? (Imagem: reprodução/SporTV)

Gol anulado à parte, o fato é que o São Paulo dominava amplamente a partida, com direito a duas bolas na trave e gol perdido por Liziero. Só que o Galo foi mais eficiente.

Quatro minutos após a frustração com o VAR, o São Paulo sofreu o primeiro. Hyoran desarmou Tchê Tchê, Alan Franco foi lançado e abriu o placar.

E o Atlético ainda ampliou, antes do fim do primeiro tempo, e novamente com Franco. Foram os dois primeiros gols dele com a camisa do Galo.

O São Paulo havia se perdido completamente, emocionalmente, após o gol anulado e na etapa final acabou levando o terceiro, de Jair. O Atlético-MG ainda criou mais chances e poderia até ter goleado o time de Fernando Diniz, que estava com a guarda baixa, mas ficou nisso. Placar final: 3 a 0 para o Galo Mineiro, que sobe para terceiro, com 12 pontos e um jogo a menos. O São Paulo pára nos 13, em sete partidas disputadas.

Após a partida, o São Paulo reclamou em suas redes sociais da anulação do gol de Luciano pelo VAR:

Sport surpreende Grêmio em sua casa

Jogando em sua Arena, o Grêmio foi surpreendido pelo Sport, que fez 2 a 1 no Tricolor gaúcho.

Vindo de três derrotas seguidas, o time pernambucano não parecia ser lá um grande risco para o time de Renato Portaluppi, mas o Leão abriu o placar cedo, aos 4 minutos, com Patric.

No segundo tempo, Iago Maidana ampliou, de pênalti, aos 28 e tornou tudo mais dramático para o time gremista, que ainda diminuiu com Pepê, aos 32 minutos. Por sinal, o jovem começou na reserva, assim como Jean Pyerre, por opção de Renato. Thiago Neves foi titular.

Tempo até havia para o Tricolor buscar ao menos o empate, mas ele não veio. Vitória do Sport por 2 a 1.

Com esse resultado, a equipe pernambucana ficou em 14º lugar na tabela, com 7 pontos, tal qual outros cinco times, inclusive o Grêmio, que só não entrou na zona de rebaixamento graças ao gol de Pepê. O saldo o livrou de descer mais uma posição, encerrando a sétima rodada em 16º. O Botafogo é o 17º, com os mesmos 7 pontos.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *