Quartas de final da Liga dos Campeões: PSG x Atalanta

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Com Neymar, PSG pode igualar melhor feito na Liga dos Campeões.

Neymar ajudou o PSG a avançar às quartas da Champions marcando um dos gols sobre o Borussia Dortmund (Reprodução: Instagram)

Nesta quarta-feira (12), Neymar vai ter a primeira oportunidade de disputar as quartas de final da principal competição europeia com a camisa do Paris Saint-Germain. Nas duas primeiras temporadas com a equipe parisiense, apesar do sucesso nacional, o brasileiro teve problemas com lesões e ficou de fora das partidas decisivas da Liga dos Campeões. Dessa forma, Neymar viu, de camarote, sua equipe ser eliminada duas vezes nas oitavas de final. Sem o camisa 10, Mbappé, Di Maria e até mesmo Cavani (o qual, até a chegada de Neymar, era o principal atleta da equipe) não renderam, e as falhas defensivas mais uma vez apresentadas pela equipe parisiense custaram caro. O PSG foi eliminado pelo Real Madrid na temporada 2017//18 e, na temporada seguinte (2018/19), caiu para o Manchester United. Na atual edição da Liga dos Campeões, Neymar voltou a ficar fora da competição por lesão, mas se recuperou a tempo de ajudar a equipe a avançar para o “mata-mata” na liderança do grupo A. Nas oitavas de final, o brasileiro foi ainda mais decisivo, tendo balançado as redes 2 vezes na classificação sobre o Borussia Dortmund (3 a 2 no placar agregado). Para isso, porém, foi necessário que o clube deixasse o jogador de fora de algumas partidas do Campeonato Francês, a fim de que ele chegasse 100% para a Liga dos Campeões. A decisão deixou Neymar irritado com a diretoria (mais uma vez), e a tensão voltou a rondar a equipe de Paris, mas acabou dando tudo certo. Depois disso, os ânimos se acalmaram dentro da equipe parisiense, os jogadores mostraram união em busca de objetivos que possuem em comum com a diretoria, apesar dos desentendimentos “extracampo”. “Eu estou na melhor forma desde que cheguei no Paris. O time é como uma família” disse Neymar ao site oficial do clube francês. Sendo assim, ao que tudo indica, o PSG está no caminho certo para fazer história na competição continental. Basta vencer o Atalanta nesta sexta-feira para que alcance a melhor campanha já feita na Liga dos Campeões, na temporada 1994/95, quando caiu na semifinal, para o Milan.

Equipe sensação da temporada, Atalanta já fez história e busca mais

(Foto: reprodução/site da Atalanta)

No mata-mata da Liga dos Campeões pela primeira vez, o Atalanta certamente é a maior surpresa da atual edição da competição europeia. A equipe italiana não só alcançou a classificação inédita na fase de grupos como também atropelou o Valência nas oitavas (8 a 4 no agregado). O Atalanta chamou a atenção pelo estilo ofensivo e veloz, sem medo de sair para o jogo mesmo diante de adversários teoricamente mais qualificados. Não à toa a equipe soma 16 gols marcados e outros 16 sofridos, em 8 partidas disputadas pela Liga dos Campeões. É improvável que a equipe mude sua postura na partida desta quarta-feira, pois não tem muito a perder, mas só a ganhar. Portanto, a equipe italiana deve ir com tudo pra cima do PSG, que terá de mostrar muito equilíbrio para alcançar a classificação. Além disso, o Atalanta tem a vantagem de ter disputado várias partidas pelo Campeonato Italiano após o retorno do futebol, enquanto o time de Paris disputou apenas duas partidas oficiais desde então, pela Copa da França. Além disso, Gian Piero Gasperini, técnico do Atalanta, destacou uma “vantagem” de sua equipe pela ausência de Kylian Mbappé (atacante do PSG) na partida: “não vou ser hipócrita. Sinto muito porque, quando um jogador se machuca, é algo que me entristece. Mas, para nós, é óbvio que seria melhor sem ele”. O atleta francês ainda se recupera de lesão sofrida na final da Copa da França e não deve entrar em campo na partida contra o Atalanta, apesar de ter sido incluído na lista de Thomas Tuchel.

Quartas de final será definida em partida única à partir desta quarta-feira (12)

Depois de quase 5 meses paralisada por conta da pandemia do coronavírus, a Liga dos Campeões retornou na semana passada, com 4 partidas de volta das oitavas de final. Na sexta-feira (07), o Manchester City venceu o Real Madrid mais uma vez e garantiu seu lugar nas quartas de final (igualando a melhor campanha da equipe na competição, sob o comando de Pep Guardiola), assim como o Lyon, que se valeu de um gol marcado fora de casa para avançar (2 a 2 no agregado), deixando a Juventus de Cristiano Ronaldo pelo caminho. No dia seguinte, sábado (08), aconteceram outros dois jogos. O Barcelona passou pelo Napoli com vitória por 3 a 1 no Camp Nou, após empate em 1 a 1 na primeira partida, disputada antes da paralisação. O Bayern de Munique, por sua vez, que já havia passeado pra cima do Chelsea no primeiro jogo, na Inglaterra, goleou mais uma vez os Blues na partida de volta, na Alemanha, e garantiu sua classificação com 7 a 1 no placar agregado. Foi a maior diferença de gols entre todas as partidas desta fase, e vale mencionar que, teoricamente, se tratava de um confronto equilibrado.

É importante lembrar que outras 4 equipes (PSG, Atalanta, RB Leipzig e Atlético de Madrid) já haviam definido os confrontos de oitavas de final antes da paralisação. Sendo assim, os duelos das quartas de final já estavam definidos antes mesmo de City, Lyon, Barcelona e Bayern terem jogado as decisões das oitavas. Ou seja, no dia 10 de julho, a UEFA sorteou os confrontos das quartas, que serão realizados em partidas únicas (entre cada equipe), todas em Portugal. Desde então, já estava definida a primeira partida desta fase, entre Atalanta e PSG, nesta quarta-feira (12 de agosto). Da mesma forma, para o dia 13 (quinta-feira), está marcado o confronto entre RB Leipzig e Atlético de Madrid. Vale mencionar que estas equipes se encontram do mesmo lado da chave e, sendo assim, as duas que avançarem se enfrentam nas semifinais (PSG ou Atalanta x RB Leipzig ou Atlético de Madrid). Do outro lado, com a definição das oitavas de final, ficaram decididos os outros confrontos de quartas de final: no dia 14 (sexta-feira) o Barcelona joga contra o Bayern de Munique e, no sábado (15), Manchester City e Lyon duelam pela última vaga nas semifinais (que será entre Barcelona ou Bayern x City ou Lyon).

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *