Início » Colunas » Coluna do Verchai » Tudo da penúltima rodada da Libertadores

Tudo da penúltima rodada da Libertadores

Fernando Verchai

Empate com o Boca Junior em La Bombonera mantém Corinthians na liderança do Grupo E.

troféu da copa libertadores da américa no estádio

(Divulgação/Conmebol Libertadores)

Na última terça-feira (17) teve início os jogos da penúltima (5ª) rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América 2022. No primeiro dia de jogos, o principal destaque foi o duelo do Corinthians com o Boca Juniors, disputado em Buenos Aires, no estádio de La Bombonera, que valia nada menos do que a liderança do Grupo E. Com vantagem de um ponto para o Boca, o Corinthians precisava de um simples empate para se manter na liderança do grupo e, assim, chegar na última (6ª) rodada dependendo apenas de si para conseguir avançar às oitavas de final. Mas todos estes fatores que apimentaram o duelo que já definiu título de Libertadores (em 2012, quando o Corinthians se sagrou campeão pela primeira vez) não foram suficientes para convencer Vítor Pereira que a melhor opção era levar a campo a equipe considerada titular, pois o comandante português optou por ir à campo com uma equipe praticamente reserva, sem Gil, Renato Augusto e Roger Guedes, entre outros. Mesmo assim, o Corinthians conseguiu fazer uma boa partida e saiu na frente do placar em plena Bombonera, onde nunca conseguiu vencer. Du Queiroz aproveitou sobra em cobrança de escanteio e bateu no canto para colocar o Corinthians na frente do placar. Só que o Corinthians recuou muito depois de abrir o placar e acabou permitindo que o Boca Juniors se impusesse demais dentro de campo, de forma que não conseguiu segurar a vantagem por muito tempo: no fim do primeiro tempo, em uma bola mal afastada por Raul Gustavo, Carlos Zambrano ganhou no alto e a bola ficou para Benedetto, que girou rápido sobre a marcação de João Victor e bateu cruzado para empatar a partida. No segundo tempo, o goleiro Cássio evitou que o Boca conseguisse a virada quando, em outro erro da defesa, Salvio ficou na cara do gol para marcar, mas acabou parando em uma grande defesa do experiente goleiro corintiano. Precisando vencer para assumir a liderança do Grupo E, o time argentino se lançou cada vez mais ao ataque e pressionou o Corinthians ainda mais depois que, em uma confusão generalizada, Víctor Cantillo foi expulso. No entanto, o Timão conseguiu segurar o empate por 1 a 1 mesmo com um jogador a menos e se manteve na liderança do Grupo E com um ponto de vantagem para o vice-líder, Boca Juniors. Resta ainda, porém, a outra partida do grupo, entre Deportivo Cali e Always Ready, que pode levar o time colombiano para a 1ª posição do Grupo E. De qualquer forma, o Corinthians vai depender apenas de si na última rodada, na qual enfrenta o lanterna do grupo (Always Ready) na Neo Química Arena, para avançar às oitavas de final. Na outra partida da última rodada do Grupo E, o Boca Juniors deve definir o outro colocado do grupo com o Deportivo Cali, em partida que acontece em La Bombonera.

Bragantino segue com chances de classificação e Flamengo garante a 1ª posição do Grupo H com uma rodada de antecedência

Também na última terça-feira (17) outras duas equipes brasileiras entraram em campo. Uma delas foi o Red Bull Bragantino, que recebeu o Estudiantes, líder invicto e isolado do Grupo C, no estádio Nabi Abi Chedid, e acabou perdendo pelo placar de 1 a 0. Mesmo assim, graças a vitória do até então lanterna, Vélez Sarsfield, sobre o Nacional, o Red Bull Bragantino segue na vice-liderança do Grupo C, agora somando os mesmos 5 pontos do 3º colocado, o Vélez. Na última rodada, o Bragantino vai enfrentar o agora lanterna (com 4 pontos), Nacional, lá no Uruguai, e o Vélez Sarsfield recebe o Estudiantes, já garantido na liderança do grupo, em Buenos Aires, no estádio José Amalfitani.

No outro confronto ocorrido na última terça, o Flamengo recebeu a Universidad Católica (do Chile) no Maracanã, venceu com propriedade e confirmou a liderança do Grupo H mesmo ainda faltando uma rodada para o fim da fase de grupos. O Flamengo chegou para a partida contra a Universidad Católica pressionado pelo desempenho ruim no Brasileirão e um pouco por não ter conseguido confirmar a classificação às oitavas de final da Libertadores com duas rodadas de antecedência em razão do empate com o Talleres, fora de casa, na última rodada. Dentro de campo, porém, o Flamengo foi soberano e conquistou uma vitória tranquila sobre a equipe chilena, por 3 a 0, com gols de William Arão, Éverton Ribeiro e Pedro. Com isso, a equipe comandada por Paulo Souza confirmou não só a classificação para as oitavas de final da Libertadores, como garantiu a liderança do Grupo H, uma vez que o vice-líder, Talleres, apenas empatou com o lanterna Sporting Cristal e ficou a 5 pontos de distância do Flamengo, apesar de o resultado ter servido para a equipe argentina também já confirmar a classificação às oitavas.

Palmeiras 100%, Athletico Paranaense e Fortaleza vivos e América Mineiro o primeiro brasileiro fora das oitavas:

Na última quarta-feira (18) aconteceram quatro jogos envolvendo clubes brasileiros pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores. O atual bicampeão, Palmeiras, que já estava garantido na liderança do Grupo A antes mesmo de entrar em campo, manteve o 100% de aproveitamento em partida que fez em casa diante do Emelec e acabou complicando a equipe equatoriana, que viu o Deportivo Táchira assumir a vice-liderança e abrir 2 pontos de vantagem com a vitória sobre o lanterna Independiente Petrolero. Na última rodada, o Emelec vai precisar vencer o Independiente Petrolero em casa e torcer para que o Palmeiras mantenha o 100% de aproveitamento ou pelo menos a invencibilidade na competição, em partida em casa contra o Deportivo Táchira, para avançar às oitavas de final.

E também nesta quarta-feira tivemos duas gratas surpresas. A principal delas foi o Fortaleza, que conseguiu vencer o Alianza Lima no Peru e alcançou os mesmos 7 pontos do vice-líder do Grupo F, o Colo-Colo. Agora, garantido pelo menos no mata-mata da Copa Sul-Americana (classificação dada para os 3º colocados da fase de grupos da Libertadores), o Fortaleza tem uma missão dura, mas depende apenas de si para avançar às oitavas da Libertadores: vencer o Colo-Colo no Chile. A outra surpresa brasileira foi o Athletico Paranaense, que venceu o líder do Grupo B, o Libertad, com propriedade na Arena da Baixada, e terminou a penúltima rodada com os mesmos 7 pontos do líder, de forma que depende de um simples empate em casa com o Caracas na última rodada.

Por fim, o destaque negativo foi para o América Mineiro, que não conseguiu mais do que um empate por 2 a 2 com o Tolima fora de casa e, com isso, já não tem mais chances de avançar às oitavas de final. Resta, por este Grupo D, a partida entre Atlético Mineiro e Independiente del Valle, que acontece nesta quinta-feira (19) às 19 horas (de Brasília), com transmissão da ESPN na TV fechada. Se o Galo vencer, sela sua classificação às oitavas de final, praticamente garante a liderança do Grupo D e, de quebra, mantém o América com chances de, na última rodada, buscar a 3ª posição do grupo em confronto direto com o Independiente del Valle por uma vaga na Copa Sul-Americana.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.