Sharapova anunciou aposentadoria do tênis aos 32 anos

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

A quarta-feira de cinzas amanheceu com uma inesperada notícia da aposentadoria da tenista russa Maria Sharapova, de 32 anos, cinco vezes campeã em torneios Grand Slam.

(Foto: reprodução/site da ATP)

A ex-número 1 fez o anúncio por meio de uma entrevista às revistas Vogue e Vanity Fair.

“Como você deixa para trás a única vida que você já conheceu? Como você se afasta das quadras em que treinou desde pequena, o jogo que você ama – um jogo que lhe trouxe lágrimas não contadas e alegrias indizíveis – um esporte em que você encontrou uma família, junto com fãs que se uniram atrás você por mais de 28 anos? Eu sou nova nisso, então por favor me perdoe. Tênis, estou me despedindo”, publicou.

Sharapova ocupava a 373º posição no ranking da ATP. A tenista fez apenas duas partidas em 2020. Perdeu na estreia do WTA de Brisbane, na Austrália, para a americana Jennifer Brady, por 2 sets a 1.

A russa ainda seria derrotada na primeira rodada do Aberto da Austrália, em janeiro, para a croata Donna Vekić. Dessa vez, por 2 sets a 0.

Sharapova vinha sofrendo com queda na performance e lesões desde que concluiu em 2017 uma punição de 15 meses por doping no Aberto da Austrália de 2016.

A atleta testou positivo para a substância meldonium, que fazia uso desde 2006 e que se tornou proibida justamente a partir de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *