Início » Esportes » Futebol Internacional » Futebol Espanhol » Real Madrid vence fora e assume a liderança do Campeonato Espanhol

Real Madrid vence fora e assume a liderança do Campeonato Espanhol

Mariana Pacheco

VAR ANULA GOL DE MADRID E VALLADOLID SE SEGURA NO 1º TEMPO

A partida no estádio Nuevo José Zorrilla iniciou bastante equilibrada. Mesmo se tratando de um duelo entre o líder e o 16º colocado na tabela da Liga Espanhola, a “zebra” contou com o apoio da torcida para surpreender o time da capital. Mas o Real Valladolid também contou com o auxílio do VAR para não sair atrás do placar ainda aos 12 minutos do primeiro tempo, quando Toni Kroos levantou na área no capricho em cobrança de falta e Casemiro subiu livre na segunda trave para cabecear pro fundo da rede. 

O gol foi validado no primeiro momento, mas o VAR entrou em ação antes de a partida recomeçar, alertando o árbitro da condição irregular do volante brasileiro no momento do cruzamento. O susto acabou servindo de alerta para o time da casa, que passou a pressionar o Real Madrid. Ainda aos 15 minutos do primeiro tempo, em cobrança de escanteio, Míchel Herrero tentou surpreender com um gol olímpico, mas Courtois foi bem e conseguiu se recuperar a tempo de espalmar a bola pela linha de fundo. 

A partida era muito intensa e disputada, o que dificultava a criação de oportunidades para ambas as equipes. Rodrygo, que mais uma vez foi titular na equipe montada por Zinedine Zidane, foi o jogador mais ‘caçado’ dentro de campo e pouco conseguiu fazer durante o primeiro tempo.

REAL MADRID CRESCE E VAR ANULA GOL DO VALLADOLID

A partida que era intensa, disputada e muito equilibrada, no segundo tempo se transformou em um ataque contra defesa. O Real Madrid conseguiu se impor, controlou a posse de bola e sufocou o adversário na marcação. Não demorou para que as oportunidades começassem a aparecer. 

Na primeira, Rodrygo buscou aproveitou sobra de bola na área, conseguiu abrir espaço levando da direita para a esquerda e soltou a canhota na finalização, que parou em boa defesa de Masip. O brasileiro de 18 anos participou muito do jogo e, caindo pela ponta direita, foi uma alternativa bastante acionada no ataque do Real Madrid. Em uma das melhores oportunidades de gol do time merengue, foi de Rodrygo o cruzamento para um cabeceio de Karim Benzema que levou muito perigo. 

E foi através de cruzamento na área que o Real Madrid abriu o placar, quando já partia para a blitz total, aos 34 minutos do segundo tempo. Depois de uma série de cruzamentos, Toni Kroos teve liberdade na ponta direita e levantou no capricho para Nacho Fernández cabecear na bochecha da rede, sem chances para Masip. 

Mas o Real Madrid tentou esfriar o jogo trocando passes sem pressa desde o campo de defesa e acabou sendo pressionado pelo Valladolid, que teve algumas boas oportunidades de deixar tudo igual no placar. Em uma delas, inclusive, Sergi Guardiola conseguiu mandar pro fundo das redes, mas o VAR entrou em ação para constatar impedimento milimétrico do atacante espanhol ao receber o passe que possibilitou o gol, anulado pelo árbitro. 

A partida terminou na vitória simples do Real Madrid fora de casa, por 1 a 0, sobre o 16º colocado, o Valladolid, do investidor Ronaldo ‘Fenômeno’.

VALENCIA DERRUBA BARCELONA NO ESTÁDIO MESTALLA

No sábado, o Barcelona chegou para sua terceira partida sob o comando de Quique Setién. O time da Catalunha viajou até Valência para encarar o time comandado pelo espanhol Albert Celades, que precisava da vitória para se manter próximo ao G4. A partida contou com quase 75% da posse de bola com o Barcelona, liderado ofensivamente por Lionel Messi. Durante os 90 minutos, o argentino finalizou a gol 11 vezes, mas não conseguiu ser efetivo, assim como toda a equipe. 

O Valencia teve as melhores oportunidades desde o primeiro tempo, mas Ter Stegen parecia imbatível. O goleiro barcelonista teve ótimo reflexo para desviar chute forte de Soler que parou no travessão e, no rebote, ainda conseguiu se esticar e mandar para escanteio chute cruzado de Gameiro. Também no primeiro tempo, em pênalti cometido por Gerard Piqué sobre o lateral-esquerdo José Gayá, Maxi Gómez foi para a cobrança, mas também parou em defesa de Ter Stegen. 

No segundo tempo, porém, o atacante uruguaio voltou buscando fazer diferente e, logo aos três minutos, conseguiu vazar o goleiro alemão e abrir o placar para o Valência. Na parte final do jogo, em contra-ataque, Ferrán Torres ‘chapelou’ o zagueiro francês Umtiti e abriu o jogo para Maxi Gómez, que teve espaço na entrada da área para ajeitar e bater cruzado, no canto, sem chances para Ter Stegen.

TABELA DA LALIGA

Com a vitória por 2 a 0 sobre o Barcelona no Mestalla, o Valencia segue na 7ª colocação, com os mesmos 34 pontos do Real Sociedad (6º colocado), primeiro time na zona de classificação para competições europeias (fase qualificatória da Liga Europa). O Getafe, que venceu o Real Betis em casa por 1 a 0, alcançou os mesmos 36 pontos do Atlético de Madrid, mas segue na 5ª colocação (que garante vaga direta na Liga Europa). 

O time comandado por Diego Simeone empatou com o Leganés (19º colocado) em casa e caiu para a 4ª colocação (que já garante vaga direta na Liga dos Campeões). O 3º colocado é o Sevilla, que fez 2 a 0 pra cima do Granada no sábado e chegou aos 38 pontos. Na segunda posição vem o Barcelona, que estacionou nos 43 pontos após a derrota para o Valência e viu o Real Madrid se isolar na liderança, alcançando 46 pontos com a vitória simples sobre o Real Valladolid. 

No próximo final de semana (01/02), às 12h, o time de Zinedine Zidane recebe o Atlético de Madrid no Santiago Bernabéu, em jogo válido pela 22ª rodada. No dia seguinte (02/02), às 17 horas do próximo domingo, o Barcelona recebe o Levante (13º) no Camp Nou.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *