De volta ao Carioca, Botafogo vence e Fluminense dá vexame

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Seguindo decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), embora insatisfeitos, Botafogo e Fluminense voltaram a jogar o Campeonato Carioca no domingo (28), pela Taça Rio.

Pela manhã, jogando em seu estádio Nilton Santos (Engenhão), o Glorioso goleou a Cabofriense, por 6 a 2, pela quarta rodada da Taça Rio.

Protesto: na entrada em campo para a partida contra a Cabofriense, Botafogo fez questão de manifestar a sua insatisfação com a obrigada volta a jogar pelo Campeonato Carioca (Reprodução: Twitter)

Em partida marcada por protestos antirracistas e também contra a própria retorno forçado à competição – o clube entrou em campo com uma faixa que dizia: “Protocolo bom é o que respeita vidas” -, O Botafogo venceu com gols de Pedro Raul (dois), Cícero, Bruno Nazário, Luis Henrique e Caio Alexandre. Emerson Carioca e Diego Sales marcaram para o time de Cabo Frio.

Com o triunfo, o Botafogo assumiu a vice-liderança do grupo A, com os mesmos 7 pontos do Boavista, cujo líder e já classificado para as semifinais é o Flamengo (12 pontos). Portuguesa-RJ e Bangu, os outros dois que estão na briga pela segunda vaga da chave, têm 4 pontos.

Grupo B

Também retornando à disputa do Carioca, e igualmente sob protesto, o Fluminense entrou em campo à noite, no Nilton Santos, e deu vexame, tomando 3 a 0 do Volta Redonda.

Nem de longe foi a festiva reestreia de Fred que o Tricolor esperava. Isso porque, além da atuação apagada do ídolo – Ganso foi outra decepção no Engenhão – o time tomou o primeiro logo com cinco minutos de partida o Voltaço abriu o placar. Gol de Pedrinho, mas com bastante colaboração do goleiro Muriel, que engoliu um frango daqueles em bola defensável. E dez minutos depois foi a vez de Egídio praticamente minar as chances tricolores ao ser expulso, após dar uma tesoura voadora, totalmente irresponsável, em Wallison.

A consequência é que o Volta Redonda fez mais dois gols na etapa final, com Saulo Miranda, aos 17 e aos 44 do segundo tempo.

O time das Laranjeiras também protestou, a exemplo do Botafogo, entrando em campo de camisas pretas e levou faixa com homenagem aos profissionais de saúde.

Também no domingo, mas à tarde, o Vasco fez 3 a 1 no Macaé, com três gols do argentino Germán Cano, e se manteve ainda vivo na competição, embora com obrigação de vitória e dependendo de tropeço do Volta Redonda.

O cruz-maltino, que tem 5 pontos, na quarta posição, encara o Madureira (terceiro colocado, com 6), precisando de um triunfo por três gols de diferença, caso o vice-líder da chave, Volta Redonda, com 7 pontos, por exemplo, empate seu jogo com o Resende (4 pontos). Se o Voltaço perder, aí basta uma vitória simples ao Vasco.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *