Início » Colunas » Coluna do Verchai » Primeiros classificados da Copa Sul-Americana

Primeiros classificados da Copa Sul-Americana

Fernando Verchai

Com goleada no Beira-Rio, Internacional confirma classificação às oitavas d com sobra no Grupo E.

copa conmebol sul-americana trofeu reproducao twitter

Trofeu da Conmebol Sul-Americana (Reprodução: Twitter)

Nesta terça-feira (24) começaram os jogos da última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana e os três brasileiros que entraram em campo neste primeiro dia conseguiram alcançar a classificação para as oitavas de final. Um deles foi o Internacional, que recebeu o modesto Nueve de Octubre (do Equador) no Beira-Rio precisando de uma boa vitória para se manter na liderança do grupo E. O Colorado chegou para esta última rodada somando os mesmos 9 pontos do Guaireña (do Paraguai), mas na frente pelo saldo de gols. Portanto, só uma vitória que mantivesse a vantagem do Inter no saldo de gols, mesmo em caso de vitória do Guaireña na outra partida do Grupo E, confirmaria o time de Mano Menezes na liderança, e foi exatamente isso que o Colorado buscou desde o primeiro minuto da partida disputada no Beira-Rio. O placar foi aberto ainda antes dos 10 minutos do primeiro tempo por Rodrigo Dourado, que voltou a balançar as redes outras duas vezes no segundo tempo. Apesar de o primeiro tempo ter terminado empatado por 1 a 1 (gol de Walberto Caicedo), com o hat-trick de Rodrigo Dourado, um gol de Estevão e outro contra (de Orlin Quiñónez), o Internacional goleou o Nueve de Octubre por 5 a 1 e avançou com tranquilidade para as oitavas de final da Copa Sul-Americana, até porque o Guaireña apenas empatou com o Independiente Medellín na outra partida do grupo e sequer conseguiu se manter com o mesmo número de pontos do Inter, que segue de vento em poupa sob o comando de Mano Menezes.

Em confronto direto pela liderança do Grupo F, Atlético Goianiense arranca empate com a LDU fora de casa e confirma vaga nas oitavas

Pelo Grupo F da Copa Sul-Americana, o Atlético Goianiense voltou a fazer bonito. O Dragão visitou a LDU, equipe tradicionalíssima do Equador, que tem em seu currículo tanto um título da Copa Sul-Americana como da Copa Libertadores, no estádio Casa Blanca, em Quito, podendo até perder por 1 gol para confirmar a liderança do grupo (pelo saldo de gols) e avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana pela primeira vez em seus 85 anos de história. Assim, a LDU precisava vencer o Atlético Goianiense por dois gols para alcançar o mesmo número de pontos do Dragão e ficar na frente no critério de desempate (gols marcados, uma vez que o saldo também seria o mesmo), de forma a se classificar às oitavas de final. E foi impondo um ritmo intenso ao lado de seu torcedor que a LDU conseguiu abrir o placar diante do Atlético ainda no primeiro tempo, com um belo gol do argentino Michael Hoyos em chute forte da entrada da área. Jogando com o regulamento “embaixo do braço”, o Atlético Goianiense demorou para entrar no jogo, mas cresceu no segundo tempo e aproveitou a necessidade da LDU por mais um gol para surpreender: em uma cobrança de escanteio no segundo tempo, Jorginho cruzou na primeira trave para Baralhas desviar de cabeça e marcar o gol de empate do Dragão, que conseguiu segurar a igualdade até o apito final. Com o 1 a 1, o Atlético Goianiense se manteve 2 pontos à frente da LDU na tabela de classificação e confirmou sua vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Santos tropeça na Vila Belmiro, mas conta com “ajuda” para terminar na liderança do Grupo C e confirmar vaga nas oitavas

Diferentemente de Inter e Atlético, que conseguiram se isolar na liderança de seus grupos e avançaram de forma incontestável às oitavas de final, o Santos precisou contar com o resultado da outra partida de seu grupo nesta última rodada para conseguir se manter na liderança e avançar na Copa Sul-Americana. O Santos recebeu o Banfield na Vila Belmiro nesta terça-feira (24) precisando da vitória para conseguir confirmar a classificação sem depender de outros resultados, mas, mesmo jogando com 2 a mais durante a maior parte do segundo tempo, não conseguiu mais do que um empate. Marcos Leonardo até chegou a abrir o placar no primeiro tempo, depois de converter pênalti sofrido por ele mesmo. No entanto, com um golaço em pancada de muito longe que acertou o ângulo defendido por João Paulo, o Banfield conseguiu o empate nos acréscimos do primeiro tempo com Nicolás Domingo. Apelando para uma marcação mais forte visando complicar a classificação santista, o Banfield teve dois jogadores expulsos no começo do segundo tempo, mas, apesar de toda a pressão, não conseguiu marcar o gol da vitória. Com o empate, o Santos só conseguiu se classificar pelo saldo de gols. Isso porque o Unión La Calera (do Chile), vice-líder, jogando em casa, precisava vencer a Universidad Catolica (do Equador) por dois gols para ficar na frente do Santos no Grupo C pelo saldo de gols, mas, com um gol sofrido aos 43 minutos do segundo tempo, venceu por 3 a 2 (apenas um gol de diferença) e acabou ficando na vice-liderança.

Próximos jogos das equipes brasileiras:

Nesta quarta-feira (25) mais dois times brasileiros vão entrar em campo pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Às 19:15 (no horário de Brasília) o São Paulo recebe o Ayacucho (do Peru) no Morumbi para cumprir tabela, uma vez que já está confirmado na liderança do Grupo D e, consequentemente, nas oitavas de final. Às 21:30 (no horário de Brasília) o Ceará vai até a Argentina para fazer um confronto direto com o Independiente pela liderança do Grupo G. Neste momento, com 3 pontos e 3 gols de saldo de vantagem para o Independiente, o Ceará pode até perder por 1 gol de diferença para se manter na liderança e avançar às oitavas de final (significa dizer que os argentinos precisam vencer por 2 gols em casa para assumirem a liderança do Grupo G e ficar com a vaga na próxima fase).

Na quinta-feira (26) mais dois brasileiros vão estar em campo, mas apenas um deles tem chance de avançar às oitavas de final, e dificilmente vai conseguir. O Fluminense precisa vencer o Oriente Petrolero por 6 gols e torcer por um empate na partida entre Junior Barranquilla e Unión para ficar com a liderança do Grupo H e avançar na Copa Sul-Americana. Já o Cuiabá, que visita o Melgar no Peru pelo Grupo B, não tem mais qualquer chance de classificação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.