Glover Teixeira é destaque de novo evento do UFC sem público

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Na luta principal do novo evento do UFC sem público na noite desta quarta-feira (13), em Jacksonville, Estados Unidos, o brasileiro Glover Teixeira nocauteou o americano Anthony Smith no quinto round.

Glover Teixeira (40 anos) massacrou o americano Anthony Smith, nove anos mais jovem (Reprodução: Instagram/UFC)

Foi a quarta vitória seguida do veterano lutador de 40 anos. Número 3 da divisão dos meio-pesados (até 93 kg) e nove anos mais novo, Smith foi castigado, sofreu muitos golpes e já no terceiro assalto não reunia mais condições, podendo àquela altura a luta ter sido paralisada, segundo análise do site Combate.

Protocolos para evitar propagação de coronavírus

Reportagem do site Combate, do Grupo Globo, contou sobre alguns dos protocolos adotados pelo UFC no evento desta quarta em Jacksonville para evitar a propagação de coronavírus, como, por exemplo, o uso de máscaras dentro da arena por todos aqueles que não eram lutadores.

Até mesmo o locutor Bruce Buffer usou a proteção quando não estava no octógono anunciando os lutadores, relata a página de MMA.

Ainda de acordo com o Combate, funcionários da organização, da comissão atlética, da equipe de transmissão e membros da imprensa tiveram as suas temperaturas medidas no momento que entravam na arena.

E mais: a lona, as grades e as quinas do octógono eram limpas e desinfectadas entre as lutas. O local também tinha avisos pedindo que os presentes mantivessem a distância mínima de pouco menos de dois metros, que evitassem cumprimentos de mão e para que lavassem as mão frequentemente. Havia estações de higienização com dispensários de álcool-gel.

Resultados de todas as lutas do evento de 13 de maio:

Card principal

– Glover Teixeira venceu Anthony Smith por nocaute técnico a 1m04s do R5
– Ben Rothwell venceu Ovince St-Preux por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
– Drew Dober venceu Alexander Hernandez por nocaute técnico aos 4m25s do R2
– Ricky Simón venceu Ray Borg por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
– Andrei Arlovski venceu Philipe Lins por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
– Thiago Moisés venceu Michael Johnson por finalização aos 25s do R2

Card preliminar

– Sijara Eubanks venceu Sarah Moras por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26)
– Omar Morales venceu Gabriel Benitez por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
– Brian Kelleher venceu Hunter Azure por nocaute aos 3m40s do R2
– Chase Sherman venceu Ike Villanueva por nocaute técnico aos 49s do R2

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa seção de Análises e Palpites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *