Início » Colunas » Coluna do Verchai » Início das quartas de final da Champions League

Início das quartas de final da Champions League

Fernando Verchai
kevin de bruyne do manchester city e luis díaz do liverpool em seus jogos pelas quartas da champions 2021-2022

Kevin de Bruyne marcou o gol da magra vitória do Manchester City sobre o Atlético de Madrid. Já no outro duelo, o Liverpool fez 3 a 1 no Benfica, em pleno Estádio da Luz (Reprodução: Twitter da Champions League/montagem Betmotion)

Em duelo de campeões, Manchester City sai na frente do Atlético de Madrid jogando em casa e depende de empate na volta, na Espanha, para avançar.

Nesta terça-feira (04) aconteceram os dois primeiros jogos das quartas de final da UEFA Champions League. O mais aguardado deles aconteceu no Etihad Stadium, na Inglaterra, onde o Manchester City recebeu o Atlético de Madrid pela partida de ida do duelo entre o atual campeão inglês e o atual campeão espanhol. Como era de se esperar, não só pelo fato de jogar em casa, mas pela postura com que o técnico Pep Guardiola naturalmente gosta de fazer seu time atuar, o Manchester City assumiu o controle da partida desde os primeiros minutos com posse de bola no campo do Atlético de Madrid, que, como de costume, se fechou na defesa para tentar explorar os contra-ataques. No primeiro tempo, nenhuma das estratégias foi muito eficaz. O Manchester City conseguiu controlar a posse de bola e alugou o campo do adversário, mas teve muita dificuldade para encontrar espaços e criar chances reais de balançar as redes. O Atlético de Madrid, por outro lado, apesar de ter se defendido muito bem, não conseguiu armar os contra-ataques e terminou o primeiro tempo sem dar um único chute a gol. As equipes voltaram iguais para o segundo tempo, mas com posturas diferentes, e a partida começou a ficar aberta. O Manchester City começou a povoar mais a área do Atlético de Madrid, que, por sua vez, teve suas primeiras oportunidades de contra-atacar. As duas melhores chances do time espanhol surgiram em contra-ataques puxados por Antoine Griezmann, mas, na primeira, Llorente praticamente recuou para o goleiro Ederson e, na segunda, o atacante francês perdeu o fôlego e acabou errando na hora de dar o último passe. Vendo o desgaste dos jogadores, Diego Simeone foi o primeiro a mexer, fazendo três substituições de uma só vez, mas sem resultado. Ao invés de dar mais força ao ataque, as modificações ofensivas do técnico argentino só fragilizaram seu sistema defensivo, e foi então que Guardiola entrou em ação, fazendo, também, três modificações de uma só vez. E já no primeiro lance após as mudanças, Phil Foden, que havia acabado de entrar no lugar de Gundogan, apareceu entre as linhas de defesa do Atlético de Madrid e tocou por entre as pernas de um dos três zagueiros de Simeone para deixar Kevin de Bruyne na cara do gol, e o meia belga tocou na saída de Oblak para marcar o gol que deu a vitória ao Manchester City na primeira partida das quartas de final.

O placar magro acabou ficando de bom tamanho para o Atlético de Madrid, que vai definir a classificação para a semifinal ao lado da torcida no Estádio Wanda Metropolitano, na capital da Espanha, em partida que acontece na próxima quarta-feira (13). Como o gol marcado fora de casa já não é mais utilizado como critério de desempate, qualquer vitória do time espanhol por um gol leva a decisão para a prorrogação e, posteriormente, pênaltis. Quem avançar deste duelo enfrenta o vencedor do confronto entre Chelsea e Real Madrid, que fazem a primeira partida das quartas de final nesta quarta-feira (6), às 16 horas (de Brasília), em Londres, no Stamford Bridge, com transmissão da TNT na TV fechada.

Atual campeão da UEFA Champions League, o Chelsea não teve problemas para passar pelo Lille nas oitavas de final, mas passa por um momento instável na Premier League. Já o Real Madrid, maior campeão da Champions League com 13 troféus, vive grande fase tanto na competição europeia, em que passou pelo Paris Saint-Germain nas oitavas de final, como em La Liga, a qual lidera com folga de 12 pontos para o vice-líder, Barcelona.

Liverpool vence Benfica fora de casa e encaminha classificação para as semifinais da UEFA Champions League

Também nesta terça-feira (5), o Benfica recebeu o Liverpool no Estádio da Luz, em Lisboa, pela primeira partida das quartas de final, e não conseguiu repetir o feito alcançado diante do Ajax nas oitavas de final, quando superou todas as expectativas para avançar na competição. É verdade que ainda há a partida de volta destas quartas de final para o Benfica tentar buscar a classificação, mas a missão é quase impossível depois da derrota por 3 a 1 sofrida neste primeiro embate, disputado em Portugal. Mesmo jogando em casa, o time português sentiu o ritmo imposto pelo Liverpool e não conseguiu segurar a pressão por muito tempo. O zagueiro Konaté abriu o placar para a equipe inglesa ainda aos 17 minutos do primeiro tempo, aproveitando cruzamento de Robertson em cobrança de escanteio. Ainda no primeiro tempo, em um lançamento magistral de Alexander-Arnold, Luis Díaz escapou nas costas da defesa do Benfica e, na saída do goleiro, ajeitou para Sadio Mané só empurrar para o fundo da rede. A vantagem poderia ter ficado ainda maior se Mohamed Salah não tivesse desperdiçado uma grande chance de marcar pouco antes do intervalo. Por conta disso, o Liverpool chegou a ficar em situação desconfortável no segundo tempo, depois que Konaté furou ao tentar cortar cruzamento e a bola sobrou para Darwin Núñez descontar para o Benfica. Depois do gol a equipe portuguesa pressionou e ficou muito perto de arrancar um empate, mas o Liverpool se segurou e, na reta final do jogo, em contra-ataque, Luis Díaz recebeu de Naby Keita nas costas da defesa do Benfica para decretar: Benfica 1 x 3 Liverpool.

Com uma assistência e um gol, o atacante colombiano foi o grande nome do jogo que deixou os Reds muito próximos da classificação para as semifinais. Com o resultado, o Liverpool pode até perder por um gol na partida da volta, que acontece na próxima quarta-feira (13), às 16 horas (de Brasília), em Anfield Road, na Inglaterra, para avançar na Champions League. O vencedor deste confronto, entre Liverpool e Benfica, enfrenta, na próxima fase, o vencedor do duelo entre Villarreal e Bayern de Munique, que se enfrentam pela primeira partida das quartas de final nesta quarta-feira (6), às 16 horas (de Brasília), no Estádio Madrigal, na Espanha, com transmissão do Space na TV fechada. Líder isolado da Bundesliga, o Bayern de Munique ostenta amplo favoritismo para avançar às semifinais da Champions League, mas precisa de muita atenção. O Villarreal, atual campeão da Europa League, passou pela Juventus nas oitavas de final vencendo por 3 a 0 na partida de volta, disputada na Espanha.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.