Surto de Covid-19 no Flamengo atinge Domènec e 16 atletas

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

O número de infectados pelo vírus da Covid-19 na delegação do Flamengo que viajou ao Equador para os jogos da Libertadores não pára de crescer. Até o momento, são 16 atletas.

Técnico Domènec Torrent está entre infectados, juntamente com dezenas de atletas e dirigentes do Flamengo, incluindo o presidente Rodolfo Landim (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Os zagueiros Rodrigo Caio e Thuler e o meia Everton Ribeiro, titulares contra o Barcelona de Guayaqui, engrossam a lista, que ainda tem o volante João Gomes e o goleiro reserva Gabriel Batista, que igualmente testaram positivo nos exames feitos nesta quarta-feira.

Eles se juntam aos sete vetados para a partida desta terça (os laterais Isla, Filipe Luís e Matheuzinho, o meio-campista Diego Ribas e os atacantes Bruno Henrique, Michael e Vitinho), bem como a outros quatro jogadores ainda não identificados.

Além dos jogadores, testaram positivo para o novo coronavírus o técnico Domènec Torrent, o presidente Rodolfo Landim, o vice-presidente de futebol Marcos Braz, o médico Marcio Tannure (médico), o membro do Conselho de Futebol Dekko Roismann, o ex-jogador e auxiliar Juan e mais cinco membros da comissão técnica não identificados, totalizando 27 infectados.

Todas essas informações foram divulgadas pelo site ge, do Grupo Globo. Outros veículos divulgaram boa parte dessa lista, que pode aumentar.

Flamengo pediu à CBF adiamento de jogo contra o Palmeiras, que é contra

Justamente em função desse surto de casos de Covid-19, Flamengo quer adiar o seu jogo contra o Palmeiras, domingo (27), em São Paulo, pelo Brasileiro. O clube paulista é contra e a CBF, pelas palavras do seu Secretário Geral, Walter Feldman, em entrevistas, aparentemente não se mostra favorável ao adiamento.

À Rádio Bandeirantes, disse o dirigente: “Quando o clube tem seus infectados, eles são separados, e o clube continua jogando, a não ser que tenha plantel mínimo para poder entrar em campo e fazer a substituição. Não é o caso do Flamengo agora. Tem possibilidade de 40 inscritos e, por mais que tenha um número elevado [de infectados], ainda tem um plantel bastante viável para poder entrar em campo sem a recusa do Palmeiras. Então, deve acontecer o jogo.”

Opinião do autor do Blog Betmotion:

Não é que o Palmeiras tenha que concordar com pedido do Flamengo à CBF para não ter jogo no domingo. Deveria partir dele, Palmeiras, a atitude de dizer à CBF que o protocolo dela é deficiente e que não acha correto ter jogo. Pela saúde de todos.

O momento deveria ser de menos egoísmo e mais pensamento coletivo, o que, aliás, faltou ao Flamengo antes quando forçou a barra pela volta rápida do futebol, desde o Campeonato Carioca, não se importando com opiniões contrárias de Fluminense e Botafogo na época. Ainda assim, o Palmeiras poderia demonstrar grandeza e marcar posição diferente agora.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *