Jorge Jesus não descarta treinar Seleção: “Tudo muda”

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

O bom futebol e os títulos importantes conquistados pelo Flamengo levam muitos torcedores a cogitar o seu treinador Jorge Jesus para suceder Tite no comando da Seleção. Pois o próprio não descarta a possibilidade.

Técnico português Jorge Jesus, do Flamengo, durante entrevista ao canal FOX Sports (Imagem: reprodução/FOX Sports)

Em entrevista na noite desta segunda (9) ao programa “Jogo Sagrado”, do canal FOX Sports, o português foi questionado se aceitaria um convite para treinar o Brasil, no que respondeu assim: “Qual é o treinador do mundo que não aceitaria treinar a Seleção do Brasil? Qual o treinador do mundo que não aceitaria treinar o Flamengo? Muito poucos, penso eu, e agora menos.”

“O Brasil tem um leque de jogadores. Forma duas seleções no melhor nível do mundo”, completou.

Perguntado se acredita que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) convidaria um treinador estrangeiro, Jesus demonstrou pouca esperança, mas ponderou que as coisas mudam, mencionando a sua chegada ao Flamengo.

“Acho que não. Acho que nunca vai ter essa possibilidade de um treinador estrangeiro treinar a Seleção Brasileira, porque o Brasil forçosamente vai ganhar. Pode demorar, como está acontecendo agora que já há muito tempo não é campeão mundial, mas vai ganhando algumas coisas e há sempre esse entusiasmo, a roda [gira]… Mas acho que é difícil, eu não sei, mas no futebol tudo muda, também. Eu nunca pensei em vir treinar o Flamengo, que nunca pensou em ter um treinador português e cá estou, feliz e contente”, argumentou.

Leia mais notícias sobre Seleção Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *