Jorge Jesus diz “sim” ao Benfica e deixará o Flamengo

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

O Fla-Flu da última quarta-feira (15), que consagrou o Flamengo como campeão carioca de 2020, foi a última partida comandada por Jorge Jesus.

Jorge Jesus, durante comemoração da Recopa Sul-Americana, um dos títulos que o técnico conquistou comandando o Flamengo (Reprodução: Instagram)

Nesta sexta (17), vários veículos da imprensa portuguesa cravaram o acerto de Jesus com o Benfica. O jornalista brasileiro Bruno Andrade, que cobre futebol naquele país, noticiou no site Goal que o treinador de 65 anos deu o “sim” ao presidente encarnado, Luís Filipe Vieira, restando apenas a assinatura de contrato.

Segundo a página, toda a comissão técnica portuguesa que hoje está no Brasil irá com Jesus ao hoje em crise, Benfica.

Na última quarta, antes até do jogo que valeu o título estadual do Flamengo, o Porto bateu o Sporting e sagrou-se campeão português, assegurando, de quebra, a vaga direta à fase de grupos da próxima Champions. Se confirmar o vice, o Benfica terá que jogar fases preliminares da prestigiadas competição continental europeia.

O acordo com o Benfica é por três temporadas, com o técnico recebendo cerca de 3 milhões de euros líquidos a cada uma delas – pelo novo vínculo que havia assinado com o Flamengo, Jesus receberia cerca de 4 milhões de euros anuais -, informa o Globoesporte, outro que já crava o negócio, assim como o UOL Esporte, informando que o Flamengo ainda será comunicado oficialmente.

*Atualização: às 18h18, o perfil do Flamengo no Twitter oficializou a saída de Jorge Jesus:

Jorge Jesus retorna ao time encarnado, por quem foi tricampeão português quando o treinou na passagem entre 2009 e 2015.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *