Retornando de contusão, Mané marca e garante mais uma vitória do Liverpool na Premier League

Redação Betmotion
Redação Betmotion

Foto: AFP/PAUL ELLIS

Liverpool mantém invencibilidade, chega à 17ª vitória consecutiva e abre 25 pontos de vantagem na liderança da Premier League

A dura vitória sobre o Norwich neste sábado se tornou mais uma grande marca para o time do Liverpool. A cada vitória dos Reds na Premier League, o time da “terra dos Beatles” aumentam a marca que já ostentam, de melhor “início” de temporada. Tendo chegado à sua 25ª vitória em 26 rodadas, com apenas um empate e sem saber o que é perder na Premier League, o Liverpool é o primeiro time a alcançar os 76 pontos neste período, em toda a história competição inglesa. Mas não para por aí. Com o surpreendente banimento do Manchester City da Liga dos Campeões das próximas duas temporadas, o Liverpool é o primeiro time a garantir vaga na principal competição europeia faltando ainda 13 rodadas para o fim da Premier League. O Liverpool também é o primeiro time na história da competição a conseguir abrir uma vantagem de 25 pontos em relação ao segundo colocado ainda no mês de fevereiro.

Chega a ser impossível imaginar que o time comandado por Jurgen Klopp deixe escapar o título da Premier League desta temporada, e restam poucos recordes a serem alcançados pelo treinador. Dois deles são do Arsenal de Arséne Wenger: 49 jogos sem perder e a conquista do título de forma invicta. O Manchester City de Pep Guardiola também tem sua marca na história, como único time a terminar a Premier League na casa dos 100 pontos (na temporada 2017/18). Se mantiver o ritmo e vencer as próximas oito rodadas, o Liverpool de Jurgen Klopp chegará aos 100 pontos faltando ainda 5 rodadas para o fim da competição. No dia 24 de fevereiro (uma segunda-feira), pela 27ª rodada da Premier League, os Reds jogam ao lado de sua torcida, em Anfield Road, diante do West Ham (18º colocado). Antes disso, na próxima terça-feira (18/02), às 17 horas, o Liverpool vai até a Espanha para visitar o Atlético de Madrid, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. O jogo de volta, em Anfield Road, acontece no dia 11 de março, em uma quarta-feira. O Liverpool vai em busca do bicampeonato.

 

Sadio Mané resolve!

No segundo tempo, o Liverpool foi ainda mais agressivo em busca da vitória. Se na primeira parte do jogo o time de Jurgen Klopp tocava mais a bola em busca do melhor espaço, na volta do intervalo se arriscou ainda mais no ataque, acuando o time adversário. Foi em outra jogada de Roberto Firmino que o Liverpool voltou a levar perigo. O brasileiro apareceu pelo lado direito para fazer cruzamento na área, que foi parcialmente interceptado pela defesa. Mas o zagueiro do Norwich, Grant Hanley, cortou apenas parcialmente, e Salah ficou com a sobra ainda na grande área. O atacante conseguiu limpar a marcação e finalizar de perna direita, mas Tim Krul não só espalmou o chute do egípcio como fez defesa ainda mais difícil quando Keita apareceu na pequena área para ficar com o rebote.

Conforme o tempo foi passando, parecia que Keita havia perdido a grande chance de vitória do Liverpool, e a partida começou a se complicar para os líderes da Premier League. Em contra-ataque muito bem armado, Alexander Tettey arriscou chute improvável da lateral da área e parou na trave, agitando os torcedores no estádio de Carrow Road. No entanto, Jurgen Klopp tinha uma carta na manga (com nome e sobrenome: Sadio Mané). Em outro lançamento longo de Henderson, bastante parecida com o do primeiro tempo (para Firmino), Mané também dominou ajeitando para o chute, mas o senegalês conseguiu espaço para finalizar e bateu sem chances para Tim Krul, marcando o gol que garantiu a vitória do Liverpool por 1 a 0. Nos minutos finais do jogo, Firmino teve grande chance de ampliar o resultado, mas pegou muito mal na bola e desperdiçou.

 

Norwich City faz jogo duro em casa

O Norwich City, lanterna da Premier League com apenas 18 pontos conquistados em 26 rodadas, não tremeu diante do líder invicto e isolado da competição, o Liverpool. É claro que o time muito bem comandado pelo alemão Jurgen Klopp se impôs no jogo desde os primeiros minutos, controlou a posse de bola e levou perigo ao adversário mesmo jogando fora de casa, mas o Norwich conseguiu se defender muito bem. Com Sadio Mané iniciando a partida no banco de reservas, a principal opção ofensiva do Liverpool foi Roberto Firmino. Mas, assim como o egípcio Mohamed Salah, o brasileiro estava esbarrando na dura marcação do time da casa. Na primeira boa chance do Liverpool, Firmino recebeu lançamento longo de Henderson sendo marcado por dois jogadores. Mesmo conseguindo proteger do primeiro adversário e dominar a bola já fazendo o giro, o camisa 9 foi muito bem interceptado pelo segundo marcador, que chegou na hora certa para fazer o corte. Inspirado, Firmino voltou a esbanjar categoria ao dar passe sem olhar para Wijnaldum na entrada da área, mas a defesa do Norwich mais uma vez conseguiu fazer a interceptação antes que o meia holandês ajeitasse na área para finalizar. E foi o time da casa, comandado por outro alemão (Daniel Farke), que conseguiu chegar com mais perigo no primeiro tempo. Em belo lançamento de Kenny McLean, Lukas Rupp escapou pelas costas de Andy Robertson e surpreendeu a linha de marcação adiantada do Liverpool. Mas se a defesa do Norwich era sólida para intervir nas jogadas ofensivas do adversário, Alisson também mostrou muita segurança para sair nos pés de Rupp, fechar o ângulo do atacante e interceptar sua tentativa de servir o companheiro melhor posicionado.

 

Premier League

Segundo colocado com 51 pontos, o Manchester City encerra a 26ª rodada da Premier League na quarta-feira (19/02), às 16h30, no Etihad Stadium, contra o West Ham. A vitória é importante para o time de Pep Guardiola, que pode abrir 4 pontos de vantagem do Leicester City, terceiro colocado. O West Ham, porém, necessita desesperadamente da vitória para que possa ter a chance de respirar fora da zona de rebaixamento.
Antes disso, neste domingo,(16/02), o Aston Villa (17º), que também luta contra o rebaixamento, joga em casa contra o Tottenham. O time de Londres, comandado por José Mourinho, precisa da vitória para deixar o Sheffield United para trás, chegar à quinta colocação e assumir vaga na Liga dos Campeões, uma vez que a vaga do Manchester City deve ser “cedida” ao quinto colocado.
Na segunda-feira, o Chelsea recebe o Manchester United no Stamford Bridge em busca de se manter em situação confortável na zona de classificação da Liga dos Campeões. Uma derrota, porém, pode fazer com que o time comandado por Frank Lampard termine a rodada à apenas um ponto de distância do 5º colocado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *