Conmebol e Uefa projetam volta de torneios, mas sem público

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Apesar da crise mundial pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19), com o futebol parado em praticamente todo o mundo, Conmebol e Uefa já projetam os retornos da Copa Libertadores da América e da Champions League. Porém, provavelmente com jogos sem a presença de público.

Uefa e Conmebol avaliam volta de competições sem público (Imagem: reprodução)

Libertadores

No caso da Libertadores, o torneio foi interrompido ainda no início da fase de grupos. Desde então, a situação da pandemia no continente não deu o menor sinal de recuo nos casos. Ao contrário, e com países sofrendo com a falta de infra-estrutura para lidar com o crescente número de infectados.

Apesar disso, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, demonstrou otimismo em entrevista a agência Reuters. Não deu datas, mas já considera a disputa de partidas com portões fechados a torcedores uma solução a ser adotada pela confederação para o retorno da competição.

“Acho que as coisas voltarão ao normal, mas isso vai levar tempo. E é claro que quero ver estádios cheios, mas se a forma de ter o futebol de volta é jogar sem torcedores, então é assim que vamos jogar”, avaliou.

Contudo, o fechamento de fronteiras para estrangeiros em vários países da América do Sul, como forma de controlar o contágio das pessoas, é um fator complicador, lembrou o dirigente.

“A Libertadores pode recomeçar quando os campeonatos locais voltarem, embora a capacidade de transporte também seja importante, tendo em vista que a maioria dos países fechou suas fronteiras.”

Champions League

Com relação a Champions League, a Uefa não só fala em volta da competição, igualmente sem presença de torcedores nos jogos, como já projeta esse retorno até agosto, no máximo, segundo desejo manifestado pelo presidente da entidade, Aleksander Ceferin.

“O futebol não é nem de longe o mesmo sem torcedores, mas é definitivamente melhor jogar sem torcedores na arquibancada e tê-lo de novo na televisão do que não ter absolutamente nada. É isso que as pessoas querem, isso devolve a energia positiva aos lares. Provavelmente seja em julho ou agosto. Não podemos deixar para setembro ou outubro”, declarou o confiante cartola.

A competição foi suspensa ainda com confrontos de volta por jogar na fase de oitavas de final.

Em meio a paralisações de campeonatos nacionais por toda a Europa, a Uefa resolver adiar a decisão da Liga dos Campeões, marcada originalmente para 30 de maio, no Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul, na Turquia. Na oportunidade, não se definiu uma nova data.

Vale lembrar que, assim como na América do Sul, também na Europa haveria dificuldade na logística das equipes pelo velho continente, uma vez que muitos países definiram medidas de contenção de entrada de estrangeiros em suas fronteiras.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa seção de Análises e Palpites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *