Início » Colunas » Coluna do Verchai » Flamengo supera Vasco e joga pelo empate em São Januário

Flamengo supera Vasco e joga pelo empate em São Januário 

Fernando Verchai
Fernando Verchai
Flamengo logo

(Foto: divulgação/Flamengo)

Depois do tropeço do Fluminense fora de casa na partida de ida de uma das semifinais do Campeonato Carioca, diante do Volta Redonda, foi a vez do Vasco enfrentar o Flamengo no Maracanã pelo duelo de ida da outra semifinal. Tanto o Volta Redonda quanto o Flamengo, que jogaram em casa, conseguiram largar na frente e precisam de um empate na volta, fora de casa, para garantirem vaga na final.

Líder durante a maior parte da Taça Guanabara, o Flamengo acabou caindo para a 3ª posição na última rodada, após ter sofrido sua primeira derrota no Campeonato Carioca, enfrentando o atual campeão, Fluminense. Com isso, o Tricolor das Laranjeiras ficou com o título da Taça Guanabara, de forma que enfrenta o 4º colocado (Volta Redonda) nesta semifinal do Campeonato Carioca com 2 vantagens: jogar a partida de volta em casa e avançar à final em caso de empate no placar agregado.

Da mesma forma acontece com o Vasco, que conseguiu ultrapassar o Flamengo na última rodada por ter marcado 1 gol a mais que a equipe rubro-negra e ficou na vice-liderança da Taça Guanabara, o que garantiu à equipe cruz-maltina as vantagens de jogar a volta da semifinal do Campeonato Carioca em casa e se classificar em caso de empate no placar agregado. No entanto, tanto o Vasco quanto o Fluminense perderam por 1 gol na ida e, portanto, vão precisar vencer por pelo menos 1 gol na volta para conseguirem a vaga na final.

Taça Rio:

No próximo sábado (18), junto com a partida de volta da semifinal do Campeonato Carioca, que envolve Fluminense e Volta Redonda, acontece as primeiras partidas das semifinais da Taça Rio. O Botafogo, que foi o melhor colocado entre as equipes que não avançaram às semifinais do Campeonato Carioca (terminando a Taça Guanabara em 5º), enfrenta o pior entre os classificados à Taça Rio, ou seja, a Portuguesa, 8ª colocada da Taça Guanabara, com as vantagens de jogar a volta da semifinal em casa e se classificar em caso de empate no placar agregado. Na outra semifinal da Taça Rio, o Audax Rio (6º na Taça Guanabara) vai fazer a primeira partida com o Nova Iguaçu (7º da Taça Guanabara) fora de casa, de forma a definir a classificação diante da torcida com a vantagem de avançar em caso de empate no placar agregado.

Semifinais do Campeonato Carioca: Flamengo arranca vitória no Maracanã e joga pelo empate na volta, em São Januário.

A pressão estava toda sobre o Flamengo no primeiro confronto da semifinal do Campeonato Carioca, diante do Vasco da Gama. Para o Vasco, que tenta se reestabelecer entre os gigantes nacionais após ter ficado 2 temporadas na Série B do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua história, a prioridade era demonstrar competitividade diante do atual campeão da Copa do Brasil e da Copa Libertadores da América. E após os primeiros 90 minutos desta semifinal, disputada no Maracanã, com mando do Flamengo, pode-se dizer que ambas as equipes conseguiram o que queriam.

Em meio a diversos problemas com lesão (Filipe Luís, David Luiz, Bruno Henrique, entre outros), o Flamengo conseguiu o que mais precisava: a vitória. Do outro lado, apesar do resultado negativo, o Vasco tira um saldo positivo do confronto com o Flamengo. Uma equipe apática, que não conseguiu sair da Série B em 2021 e suou até a última rodada no ano passado para conquistar o retorno à Série A, se tornou extremamente competitiva com as novas contratações. Desde o técnico Mauricio Barbieri, que foi vice-campeão da Copa Sul-Americana com o Red Bull Bragantino em 2021, até o camisa 9 Pedro Raul, artilheiro do Brasileirão no ano passado pelo Goiás, o Vasco é um novo time.

O Vasco agora, depois de muito tempo, é um time que consegue sair na frente do Flamengo no placar jogando fora de casa em uma semifinal: Gabriel Pec abriu o placar para o cruz-maltino ainda aos 11 minutos do primeiro tempo. E o Vasco agora é um time que, depois de ver Arrascaeta empatar para o Flamengo com um golaço em chute de fora da área e Pedro virar após uma entregada do zagueiro argentino Capasso (outro contratado nesta temporada), consegue buscar o empate no segundo tempo: em contra-ataque, Pedro Raul disparou e cruzou a meia altura para Alex Teixeira marcar de ‘peixinho’. No final, porém, De Arrascaeta voltou a aparecer, desta vez cruzando na medida em cobrança de falta da lateral para Fabrício Bruno marcar o gol da vitória do Flamengo por 3 a 2 de cabeça.

Com o resultado, o Flamengo pode avançar com um empate em São Januário na volta, em partida marcada para acontecer no próximo domingo (19), enquanto o Vasco vai precisar de uma vitória simples, por 1 gol, para voltar a disputar uma final depois de 3 anos.

Volta Redonda surpreende e Fluminense depende de vitória em casa para ir à final do Campeonato Carioca pelo quarto ano consecutivo:

Depois de um início difícil na Taça Guanabara, com 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas nas 5 primeiras rodadas, o Fluminense embalou uma sequência de 5 vitórias, que atingiu o seu ápice na vitória diante do Flamengo na última rodada. No último domingo, porém, pela partida de ida da semifinal do Campeonato Carioca, enfrentando o Volta Redonda, que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro, o Fluminense não conseguiu evitar a derrota fora de casa, mas evitou o pior com o gol marcado pelo zagueiro Nino no final da partida.

Isso porque o Volta Redonda conseguiu segurar a pressão inicial do Fluminense e foi decisivo quando teve a chance na frente: em chegada pelo fundo, a defesa tricolor cortou parcialmente, mas a bola sobrou na entrada da área e Pedrinho chegou batendo firme, no canto, para abrir o placar. O Fluminense pressionou pelo empate, mas nunca esteve em situação confortável, pois o Volta Redonda explorava os contra-ataques e as bolas paradas para levar perigo. E foi em um contra-ataque de muita velocidade que Lelê ampliou a vantagem do Volta Redonda, se isolando ainda mais na artilharia do Campeonato Carioca com 13 gols marcados em 11 partidas. O vice-artilheiro, o argentino Germán Cano, não marcou, mas o Fluminense conseguiu descontar no final na base da força, depois de um cruzamento em que a bola ficou viva na área e Nino apareceu para estufar a rede com uma pancada.

Com o resultado, o Fluminense vai precisar da vitória por 1 gol na volta, no Maracanã, para avançar à final, enquanto o Volta Redonda depende do empate para se classificar.

Siga o Betmotion nas redes sociais

betmotion - entre para ganhar - logo verde

Gostou deste texto? Deixe o seu comentário e acesse a área de apostas esportivas do Betmotion. Aproveite, também, para nos seguir nas redes sociais:

Twitter

Instagram

Facebook

Telegram

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *