Free Zenon: “Ban” de gamer de Fortnite de 9 anos revolta web

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Zenon, jogador de Fortnite de 9 anos da DETONA Gaming, recebeu um “ban”, banimento de 1500 dias da Epic Games, produtora do jogo, “por não ter a idade a idade suficiente para desempenhar tal função” enquanto jogava o modo Arena. A punição gerou comoção mundial, com direito à campanha com a hashtag #FreeZenon no Twitter. Ao que tudo indica, a história terá final feliz.

(Reprodução: Twitter)

O vídeo de Zenon chorando, ao lado do pai, com quem jogava no momento do banimento, viralizou. O youtuber Felipe Melo foi um dos que se manifestaram, indignados.

“Esse menino era um prodígio no Fortnite e tava crescendo. Sim, ele tem 9 anos, mas jogava SEMPRE COM O PAI DO LADO! A @EpicGamesBR baniu sua conta. Já fiz várias campanhas pra empresa, amanhã vou tentar falar com eles. Isso não tá certo”, tuitou.

 

Diante de inúmeros apelos, a Epic Games se posicionou sobre o caso nesta terça (5), garantindo que a conta do prodígio gamer não foi banida e, assim, ele poderá participar de qualquer modo não-competitivo do Fortnite, noticiaram Globoesporte e UOL.

“Infelizmente, por conta de uma limitação, o ban competitivo atualmente bloqueia a participação de jogadores tanto de torneios como do modo Arena. Percebemos que essa situação não é ideal e implementaremos uma atualização nos próximos meses, para que os jogadores que não forem elegíveis para participar de eventos competitivos possam continuar jogando o modo Arena. Agradecemos a paciência de todos”, pronunciou-se a produtora.

A Epic Games ainda esclareceu que o número de dias de banimento (1460) não tem relação com a gravidade da infração, mas com o período necessário para que, no caso de Zenon, ele complete 13 anos e, dessa forma, seja elegível para competir em eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *