Início » Esportes » Tênis » Australian Open: brasileira vai à final de duplas. Nadal joga semi

Australian Open: brasileira vai à final de duplas. Nadal joga semi

Rogerio Jovaneli

O Australian Open 2022 já tem a final feminina de simples e os semifinalistas no masculino. Rafael Nadal segue firme. E teremos Brasil na final de duplas.

Bia Haddad é o Brasil no Australian Open

A paulista Bia Haddad Maia vai disputar no domingo (30) a final da chave de duplas feminina do Australian Open 2022.

bia haddad se classifica para final de duplas do australian open 2022

A paulista Bia Haddad Maia vai disputar a final de duplas do Australian Open 2022 (Reprodução/Instagram)

Na semifinal disputada na noite passada (no horário de Brasília), a brasileira e a cazaque Anna Danilina venceram por 2 sets a 1 (parciais 6/4, 5/7 e 6/4) a dupla japonesa formada por Shuko Aoyama e Ena Shibahara, cabeças de chave número 2 do Grand Slam australiano.

Com o triunfo, Bia Haddad se tornou a primeira brasileira a chegar a uma decisão do Aberto da Austrália na Era Aberta.

Agora, Bia Haddad Maia e Anna Danilina enfrentam as tchecas Krejcikova e Siniakova, líderes do ranking de duplas da WTA. A decisão deve começar à 1h, já na madrugada de domingo do horário de Brasília.

Nadal e italiano fazem uma das semifinais no masculino 

A chave de simples masculina do Australian Open 2022 já tem definidas as suas duas semifinais. À 0h30 da madrugada desta sexta-feira (28), os brasileiros poderão acompanhar o astro do tênis espanhol Rafael Nadal em ação contra o italiano Matteo Berrettini.

semifinalistas australian open 2022 berrettini x nadal e tsitsipas x medvedev

Um dos semifinalistas do Australian Open 2022, Rafael Nadal segue na luta pelo recorde de títulos de Grand Slam (Divulgação/AO)

O “Touro Miúra” se classificou às semifinais após superar o canadense Denis Shapovalov em duro confronto por 3 sets a 2 (6/3, 6/4, 4/6, 3/6 e 6/3). Já o italiano despachou o francês Gael Monfils também por 3 sets a 2 (6/4, 6/4, 3/6, 3/6 e 6/2).

Na semifinal do US Open de 2019, deu Nadal sobre Berrettini. Se surpreender o espanhol, o italiano, 7º do ranking da ATP, sairá da Austrália com o quinto posto, tomando essa posição de Nadal.

Se chegar à decisão, Nadal terá a chance de lutar pelo 21º título de Grand Slam, deixando para trás Roger Federer e Novak Djokovic. Nadal está empatado com o sérvio e o suíço. Os três possuem 20 “Majors” cada.

A outra semifinal masculina do Aberto da Austrália nesta sexta-feira será entre o grego Stefanos Tsitsipas (#4) e o russo Daniil Medvedev (#2). O duelo tem previsão de início para as 5h30 (de Brasília).

Medvedev tem vantagem sobre Tsitsipas no confronto direto. O russo soma seis vitórias, contra duas derrotas no geral (2 a 1 em confrontos de Grand Slam). Só que uma dessas derrotas para o rival ocorreu justamente no último jogo entre eles, nas quartas de Roland Garros.

Australiana Barty tem chance de ser campeã em casa  

Líder do ranking mundial, a australiana Ashleigh Barty confirmou favoritismo e vai disputar a final do Australian Open 2022. Sem perder um único set, a número 1 precisou de apenas 1h04 de partida nesta quinta-feira para fazer 6/1 e 6/3 sobre a norte-americana Madison Keys, atual 51ª colocada.

A tenista de 25 anos busca o seu terceiro título de Grand Slam na carreira. Foi campeã pela primeira vez na edição 2019 de Roland Garros e chegou à segunda conquista no ano passado, na grama de Wimbledon. Ela é a primeira australiana a alcançar uma final em casa desde 1980.

Na decisão de sábado (29), marcada para as 5h30 (de Brasília), Barty terá como rival a norte-americana Danielle Collins, 30ª do ranking, a quem venceu três vezes na carreira, sofrendo apenas uma derrota no confronto direto.

Será a primeira final de Slam de Collins, que avançou após superar nesta quinta a polonesa Iga Swiatek, número 9 da WTA, com parciais de 6/4 e 6/1 em 1h18 de partida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.