Fluzão e Timão jogam bem em empates em casa. Volpi falha

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Diante do terceiro colocado, Atlético-MG, o Fluminense jogou bem nesta quarta (10), em mais uma atuação madura, no empate sem gols no Maracanã.

Nenê, meia do Fluminense, contra o Atlético-MG, no Maracanã

Flu e Galo empataram sem gols no Maracanã (Foto Lucas Merçon / Fluminense F.C.)

O Fluzão, que está próximo de conquistar uma vaga na próxima Libertadores, soube se defender e também atacar o Galo, que, como declarou o seu técnico, Jorge Sampaoli, após a partida, teve dificuldade na criação perto do gol do Flu.

O Tricolor, por sua vez, teve as suas melhores chances justamente no fim da partida, com Pacheco. O goleiro atleticano Everson defendeu, cara a cara, uma delas, e ainda fez defesa difícil em uma terceira oportunidade, em um chutaço de fora da área de Michel Araújo.

Com o empate, o time atleticano foi a 61 pontos, na 3ª colocação, cinco atrás do líder Internacional. O Fluminense, por sua vez, é o quinto, com 57.

Volpi falhou feio em novo tropeço do São Paulo

O São Paulo segue sem vencer no Campeonato Brasileiro em 2021. Dessa vez, porém, o Tricolor paulista criou bastante, contra o Ceará, no Morumbi. Sobretudo no primeiro tempo, cujo goleiro Richard foi o grande destaque.

Já o goleiro são-paulino, que passou praticamente toda a etapa inicial como telespectador em campo, resolveu chamar atenção, só que negativamente, no fim da partida. Aos 47 minutos, Volpi falhou feio ao tentar driblar dentro da área o atacante Léo Chú, após receber bola recuada por Luan, acabou desarmado e sofrendo o gol. Pura irresponsabilidade de Volpi!

Para a sorte dele, porém, o São Paulo ainda encontrou forças para buscar um justo empate, ainda nos acréscimos, com Luciano. Lambança de Volpi à parte, o Tricolor não merecia a derrota.

De todo modo, inegavelmente o empate em casa é um resultado ruim, em termos de pretensão de título. O São Paulo segue em quarto lugar, agora com 59 pontos. Já o Ceará é o 12º, com 46, e é um dos times que brigam por vaga na chamada “pré-Libertadores”. Para ser o oitavo colocado.

Corinthians e Athletico empatam em jogo maluco de seis gols

Corinthians e Athletico-PR  fizeram um ótimo jogo, do ponto de vista do entretenimento, na noite desta quarta (10). Ataques pra lá e pra cá, chances e mais chances criadas e um total de seis gols, no empate por 3 a 3, na Neo Química Arena, em Itaquera (SP).

Foi um jogo insano, tantas foram as emoções. Melhor para o Furacão que foi buscar três vezes a igualdade no placar contra um Corinthians, que, é dever reconhecer, jogou bem, em especial na criação de ataque.

Gustavo Mosquito (duas vezes) e Gabriel marcaram para o Timão, enquanto o Furacão fez com Abner, Fernando Canesin e Vitinho.

Em termos de classificação, visando a uma melhor colocação na briga por vaga na Libertadores, o resultado não foi bom para nenhum dos dois.

O Corinthians foi a 49 pontos, em oitavo, apenas dois a mais do que o Athletico (10º). Mas o Timão tem uma tabela difícil até o fim, com direito a enfrentar os dois postulantes ao título. Pega o Flamengo no domingo (14), e o Inter na última rodada, além do Vasco, única partida em casa.

Internacional perde para Sport, e Flamengo depende só de si

Flamengo fica no 1 a 1 em Bragança. Inter pode abrir 4 pontos

Galo perde e vê título distante. Flu se aproxima de Libertadores

banner bônus de boas vindas com a embaixadora do Betmotion, a atacante Cristiane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *