Tite convoca trio ofensivo do Flamengo, mas “esquece” Gerson

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

O técnico Tite teve acertos e erros na convocação que fez da Seleção Brasileira nesta sexta (6) para os dois primeiros jogos das Eliminatórias da Copa de 2022, contra Bolívia (dia 27) e Peru (dia 31).

Acertou em cheio ao chamar Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique, o trio ofensivo do Flamengo, melhor time do país, bem como ao convocar Renan Lodi (lateral-esquerdo do Atlético de Madrid) e Bruno Guimarães (meio-campista do Lyon), ambos ex-jogadores de sucesso no Athetico Paranaense e em alta na Europa.

Tite convocou a Seleção parta os jogos contra Bolívia e Peru (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Outro do time de Simeone muito bem convocado por Tite é o zagueiro Felipe, ex-Corinthians e Porto.

No entanto, o treinador da Seleção ainda segue preso a antigas paixões, casos dos laterais comuns (nada além disso) Danilo e Alex Sandro, ambos da Juventus, e do meia-atacante Philippe Coutinho, que há tempos não joga no seu melhor nível, tanto que não é titular absoluto do seu clube, Bayern de Munique, e mesmo na Seleção tem oscilado.

Mas o erro mais grave, na opinião do blog, é a não convocação de Gerson, meio-campista de destaque do Flamengo. Um dos melhores do país. Embora menos ofensivo, poderia ter entrado na vaga de Coutinho, por exemplo.

No caso dos demais convocados, o blog não vê tanto motivo para muita contestação.

Entre os goleiros, o titular Alisson foi a ausência, mas justificada, afinal está machucado. O jovem Ivan, da Ponte Preta, e que foi titular da Seleção olímpica que conquistou a vaga para os Jogos Tóquio 2020, foi a novidade do trio chamado.

Confira a lista completa de convocados:

Goleiros: Ederson (Manchester City),  Weverton (Palmeiras) e Ivan (Ponte Preta).

Zagueiros: Marquinhos e Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid) e Felipe (Atlético de Madrid).

Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Renan Lodi (Atlético de Madrid), Danilo e Alex Sandro (Juventus).

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Arthur (Barcelona), Fabinho (Liverpool), Bruno Guimarães (Lyon), Everton Ribeiro (Flamengo) e Philippe Coutinho (Bayern de Munique).

Atacantes: Neymar (Paris Saint-Germain), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Everton (Grêmio), Richarlison (Everton), Gabriel Barbosa e Bruno Henrique (Flamengo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *