PSG e Istanbul deixam jogo após fala racista de quarto árbitro

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Em ato de protesto no primeiro tempo do duelo pela Champions League entre Paris Saint-Germain e Istanbul Basaksehir, nestra terça-feira (8), os jogadores dos dois times deixaram o campo após fala racista do quarto árbitro romeno Sebastian Colţescu contra Pierre Webó, ex-atacante camaronês e membro da comissão técnica do time turco.

“Aquele preto ali. Vá lá e verifique quem é. Aquele preto ali. Não dá para agir assim”, teria dito Coltescu ao chamar o árbitro principal, o também romeno Ovidiu Hategan, para cobrar punição a Webó, um dos integrantes do banco da equipe turca que reclamaram do cartão amarelo dado ao lateral brasileiro Rafael, segundo relato do site “ge”, repercutindo informações de jornalistas romenos e de veículos europeus.

Foi então que o atacante senegalês Demba Ba, reserva do time do Istambul, tomou as dores do companheiro ofendido e confrontou o quarto árbitro romeno: “Você nunca fala ‘esse cara branco’. Você diz ‘esse cara’. Porque então menciona ‘esse cara preto’?!!”.

A partida foi suspensa pela Uefa, mas pelo noticiário dificilmente ela será retomada ainda nesta terça.

(Reprodução: Twitter)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *