Lewandowski supera Messi e CR7 e é eleito melhor do mundo

Rogerio Jovaneli
Rogerio Jovaneli

Para surpresa de ninguém, o centroavante polonês Robert Lewandowski, do campeão europeu Bayern de Munique, foi eleito nesta quinta (17) o melhor jogador do mundo da temporada 2019/2020, faturando o “The Best”, premiação da Fifa.

(Reprodução: Instagram/Bayern)

O goleador bávaro superou, nada mais nada menos, do que o craque argentino Lionel Messi, do Barcelona, e o igualmente notável Cristiano Ronaldo, o astro português que atualmente defende a Juventus.

Na eleição, Lewandowski ficou em primeiro com 58 pontos, contra 38 do segundo colocado Cristiano Ronaldo e 35 de Messi. Neymar foi apenas o nono, com 16 pontos.

Já entre as mulheres, venceu a inglesa Lucy Bronze, ex-jogadora do Lyon e que está de volta ao Manchester City.

Todos os prêmios individuais:

Prêmio Puskas (gol mais bonito): Son Heung-min (Tottenham)

 

Melhor jogador: Robert Lewandowski (Bayern de Munique)

Melhor jogadora: Lucy Bronze (Lyon/Manchester City)

Prêmio da Torcida: brasileiro Marivaldo Francisco da Silva, torcedor do Sport que caminha 60km para ir ver os jogos do time na Ilha do Retiro.

Prêmio Fair Play: Mattia Agnese: quando atuava pelo Ospedaletti, o jogador italiano salvou a vida de um adversário que ficou inconsciente após um choque de cabeça.

Prêmio da Fundação: Marcus Rashford, atacante do Manchester United, pela luta contra a fome infantil na Inglaterra.

Melhor goleiro: Manuel Neuer (Bayern de Munique)

Melhor goleira: Sarah Bouhaddi (Lyon)

Melhor técnico: Jürgen Klopp (Bayern de Munique)

Melhor técnica: Sarina Wiegman (Holanda)

Premiações coletivas:

Seleção masculina:

Goleiro: Alisson (Liverpool)

Defesa: Alexander-Arnold (Liverpool), Van Dijk (Liverpool), Sergio Ramos (Real Madrid) e Alphonso Davies (Bayern de Munique)

Meio de campo: Kimmich (Bayern de Munique), Kevin de Bruyne (Manchester City) e Thiago Alcântara (ex-Bayern e atualmente no Liverpool)

Ataque: Cristiano Ronaldo (Juventus), Lewandowski (Bayern de Munique) e Messi (Barcelona)

Seleção feminina:

Goleira: Christiane Endler (PSG)

Defesa: Lucy Bronze (Lyon/Manchester City), Wendie Renard (Lyon) e Millie Bright (Chelsea)

Meio de campo: Tobin Heath (Portland Thorns/Manchester United), Veronica Boquete (Utah Royals/Milan), Barbara Bonansea (Juventus) e Megan Rapinoe (OL Reign)

Ataque: Delphine Cascarino (Lyon), Vivianne Miedema (Arsenal) e Pernille Harder (Wolfsburg/Chelsea)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *