Sorteio das oitavas da Champions. Neymar x Messi é destaque

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Na manhã desta segunda-feira (14) aconteceu o sorteio dos confrontos das oitavas de final da Liga dos Campeões, em Nyon, na Suíça.

Ficou definido que as partidas de ida vão acontecer nos dias 16, 17, 23 e 24 de fevereiro de 2021, e as de volta nos dias 9, 10, 16 e 17 de março (terças e quartas-feiras, com dois confrontos em cada dia). Como já era sabido, os times foram divididos em 2 potes para o sorteio, separando os líderes de cada grupo em um pote e os 2º colocados em outro. Assim, os líderes não se enfrentam, da mesma forma que dois times que já duelaram na fase de grupos e times que disputam a mesma competição nacional também não poderiam se enfrentar nestas oitavas de final. Com isso, a situação de Atlético de Madrid e Barcelona (gigantes que ficaram na 2ª posição de seus grupos) estava bastante complicada para o sorteio. O time da capital espanhola acabou caindo com o Chelsea nas oitavas de final, mas o Barcelona ficou em uma situação ainda mais difícil, tendo sido sorteado para enfrentar o Paris Saint-Germain. Na última edição da Liga dos Campeões, o Barcelona caiu para o Bayern de Munique nas quartas de final depois de sofrer uma goleada de 8 a 2. Foi contra o mesmo Bayern que o PSG fez a sua primeira final de Liga dos Campeões, na temporada passada, a qual perdeu por 1 a 0. Vale lembrar que o PSG já enfrentou o Barcelona no mata-mata da Liga dos Campeões 3 vezes só na última década (2 nas quartas de final e 1 nas oitavas), e em nenhuma delas conseguiu passar pelo rival da Catalunha. Na última vez em que se enfrentaram, o Barcelona conseguiu reverter uma derrota por 4 a 0 sofrida no primeiro jogo, tendo vencido por 6 a 1 na partida da volta, com show de Neymar pela equipe espanhola. No confronto da atual temporada, porém, o craque brasileiro vai estar do lado do Paris Saint-Germain. Neymar foi decisivo para os franceses na campanha da temporada passada, que foi a primeira da qual não ficou fora por lesão. No último domingo (13), em clássico contra o Olympique Lyon, o camisa 10 do PSG preocupou os torcedores quando deixou o campo às lágrimas depois de entrada dura de Thiago Mendes, que chegou a pedir desculpas nas redes sociais pelo excesso de vontade no lance. Neymar passou por uma avaliação do departamento médico do clube francês, que afirmou que o jogador pode ficar fora de ação até o fim deste ano, mas deve se recuperar antes da partida contra o Barcelona. Portanto, o confronto deve mesmo marcar o reencontro de Neymar com Messi. Ao lado de Luis Suárez no ataque do Barcelona, Neymar e Messi conquistaram a Liga dos Campeões 2014/15, além de vários outros títulos que disputaram durante as 3 temporadas que jogaram juntos. Agora, nas oitavas de final da Liga dos Campeões 2020/21, eles batalham em lados opostos para avançar na competição. 

Atlético de Madrid x Chelsea.

Outro grande confronto destas oitavas de final de Liga dos Campeões acontece entre Atlético de Madrid e Chelsea. Trata-se de duas equipes muito qualificadas, que não são tidas como grandes concorrentes ao título, mas que sempre levam dificuldade aos seus adversários em qualquer partida que dispute. De um lado, o Atlético de Madrid nunca conseguiu erguer a Orelhuda (troféu da Liga dos Campeões), mas já chegou à três finais. Duas delas na última década, sob o comando de Diego Simeone. O treinador argentino se destacou ao colocar o Atlético de Madrid entre os mais fortes da Europa e é sempre um adversário difícil de se vencer. É justo dizer que os colchoneros só ficaram na 2ª posição do grupo A porque teve que disputar a liderança com o atual campeão (Bayern). Pior para o Chelsea, que conseguiu deixar o Sevilla para trás na luta pela liderança do grupo E, mas não teve sorte no momento do sorteio, diferentemente do clube espanhol, que mesmo ficando na 2ª posição caiu com o Borussia Dortmund nas oitavas (um duro adversário, mas com um histórico recente abaixo do Atlético). Com isso, o técnico Frank Lampard vai ter trabalho para evitar outra queda nas oitavas de final, assim como aconteceu na temporada passada, quando caiu para o Bayern de Munique nesta mesma fase. Na última vez em que o Chelsea enfrentou o Atlético de Madrid no mata-mata da Liga dos Campeões, na semifinal da temporada 2013/14, os colchoneros conseguiram avançar com vitória por 3 a 1 em pleno Stamford Bridge. Mais uma vez, o Atlético é visto com certo favoritismo para avançar na competição, mas, se houve um momento em que Lampard poderia vencer Simeone, o momento é este.

Outros jogos.

É evidente que a decisão entre Barcelona e Paris Saint-Germain, incrementada pelo duelo Neymar x Messi, é a que mais chama a atenção na atual fase da Liga dos Campeões. No entanto, há outros confrontos que também merecem destaque. Além de Atlético de Madrid x Chelsea, que certamente vai atrair os olhares dos fãs do futebol europeu, RB Leipzig (2º do grupo H) x Liverpool (1º do grupo D), Atalanta (2º do grupo D) x Real Madrid (1º do grupo B) e o próprio Sevilla (2º do grupo E) x Borussia Dortmund (1º do grupo F) reservam grandes duelos na busca por um lugar nas quartas de final. E não para por aí. Atual campeão e possivelmente maior favorito ao título na atual temporada, o Bayern de Munique (líder do grupo A) vai ter pela frente a Lazio (2º do grupo F), que ainda não perdeu na competição e conta com o artilheiro Ciro Immobile para tentar surpreender ofensivamente, o qual foi vencedor da Chuteira de Ouro da temporada passada (dada ao artilheiro da temporada nas competições nacionais da Europa). Também vamos ter um confronto entre dois bicampeões: Porto (2º do grupo C) x Juventus (1º do grupo G). Por fim, o Manchester City (1º do grupo C) vai enfrentar o Borussia Mönchengladbach (2º do grupo B) com amplo favoritismo, mas com preocupação pelo histórico de eliminações precoces e decepcionantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *