São Paulo ainda sonha com o título do Campeonato Brasileiro?

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Nesta sexta-feira (19), às 21:30, o São Paulo recebe o Palmeiras no Morumbi para fazer partida atrasada da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

estádio do Morumbi, com céu escuro

(Reprodução: Instagram/São Paulo FC)

Choque-Rei marca terceiro jogo do Palmeiras em apenas seis dias

O clássico paulista conhecido como Choque-Rei foi adiado por conta da participação do Palmeiras no Mundial de Clubes e, por conta disso, o Verdão vivenciou uma maratona de jogos neste mês: em meio a viagem para o Catar, foram cinco jogos disputados, sendo que a equipe jogou com o Coritiba fora de casa na quarta-feira (17), ou seja, teve apenas um dia de descanso (exatamente 50 horas entre uma partida e outra). Antes disso, no último domingo (14), apenas três dias depois de jogar no Catar, o Palmeiras enfrentou o Fortaleza no Allianz Parque (foi a única vitória alviverde nos últimos cinco jogos). Não há dúvidas de que, com o desgaste, os resultados começaram a não ser tão bons quanto poderiam se a equipe estivesse bem recuperada. O técnico Abel Ferreira não escondeu a irritação com o calendário do futebol brasileiro na derrota para o já rebaixado Coritiba na última rodada. “Vou ter que ser muito crítico em relação a isso (a chamada maratona de jogos). De fato, temos que aprender com os bons exemplos” disse o treinador português, que completou afirmando: “é preciso refletir”. De qualquer forma, como poupou boa parte da equipe titular na última partida, o Palmeiras deve ir com força total para o clássico, com exceção do meia Gabriel Menino (fora por entorse no tornozelo), do atacante Gabriel Menino (em recuperação de lesão) e do zagueiro Kuscevic (suspenso). Além deles, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Danilo devem ficar como opção no banco de reservas por terem iniciado a última partida como titulares. Dessa forma, Felipe Melo deve retornar ao time em sua função de primeiro volante, possivelmente com o apoio de Patrick de Paula, para dar sustentação às chegadas de Raphael Veiga e Zé Rafael ao campo de ataque. Na defesa, Gustavo Gómez e Luan devem voltar a fazer dupla de zaga, com Matías Viña de volta à lateral-esquerda e possivelmente com Mayke na lateral-direita, uma vez que Marcos Rocha atuou os 90 minutos contra o Coritiba. Por fim, o ataque deve ser formado por Rony e Luiz Adriano, com a possibilidade de William também estar entre os titulares, ocupando o lugar de um dos meias (como Zé Rafael ou Patrick). 

Choque-Rei pode decretar o fim das chances de título do São Paulo

O São Paulo se preparou para a atual temporada desde a frustrante campanha de 2019, que incluiu eliminação na fase preliminar da Libertadores, eliminação logo nas oitavas de final da Copa do Brasil e apenas uma 6ª posição no Campeonato Brasileiro. Pensando em uma renovação completa, o São Paulo anunciou a contratação do técnico Fernando Diniz, que chegou ao clube com uma ideia de futebol muito bem formada. Apoiado pelo ídolo e camisa 10 Daniel Alves, o comandante conseguiu chegar muito próximo daquilo que era esperado pelos torcedores. Dentro de campo, a equipe passou a apresentar um estilo de jogo moderno e que, quando dava certo, enchia os olhos dos torcedores. A equipe pagou caro em algumas partidas por abusar da saída de bola sem o famoso “chutão”, mas a estratégia de troca de passes também favoreceu muito o estilo de jogo do São Paulo. Apesar do vexame no Campeonato Paulista (caiu para o Mirassol nas quartas de final) e das eliminações precoces nas competições continentais (fase de grupos da Libertadores e 2ª fase da Sul-Americana), o estilo de jogo de Fernando Diniz se desenvolveu no Campeonato Brasileiro e o São Paulo disparou na liderança da tabela. O São Paulo chegou a abrir cinco pontos de vantagem para o segundo colocado na 24ª rodada. No entanto, a pressão por títulos pareceu pesar para o tricolor paulista depois da eliminação para o Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil. A eliminação foi no último jogo de 2020 (disputado no dia 30 de dezembro) e o rendimento caiu de forma drástica depois da virada do ano. A equipe que chegou a ficar invicta por 17 rodadas e havia sofrido apenas três derrotas em 27 rodadas disputadas, de repente ficou sem vencer por sete rodadas consecutivas, tendo perdido quatro e empatado três. A primeira vitória do São Paulo em 2021 veio apenas na última rodada, diante do Grêmio. Nesta altura, porém, o tricolor paulista já estava sete pontos atrás do líder e sob o comando do interino Marcos Vizolli, uma vez que o “projeto Diniz” foi considerado um fracasso por conta da ausência de títulos. Uma derrota para o Atlético Goianiense na 33ª rodada foi a gota d’água para o treinador, que agora está livre no mercado. Enquanto isso, o São Paulo já foi em busca de um substituto e não demorou para anunciar o argentino Hernán Crespo para o comando técnico da equipe. O ex-goleador argentino se destacou como treinador nesta temporada, com o título da Copa Sul-Americana pelo Defensa y Justicia. Crespo gosta de um estilo de jogo de posse de bola, mas que prioriza a verticalidade e a troca de passes envolvente, com velocidade. Por outro lado, o técnico argentino foi bastante questionado no setor defensivo. Foi por conta do frágil sistema defensivo que o Defensa y Justicia não conseguiu passar da fase de grupos da Libertadores. No entanto, é importante lembrar que as equipes argentinas estavam apenas na disputa do torneio continental e, portanto, poderiam estar fisicamente prejudicadas. Na Copa Sul-Americana, aí sim, Crespo alcançou seu mais alto nível, conquistando o título de forma invicta e com vitória por 3 a 0 sobre o Lanús na decisão. Mesmo com tão pouco tempo de experiência na nova função de comandante, Crespo já conquistou o título e pode ser a aposta certa para acabar com a seca de quase dez anos do São Paulo. Contudo, o argentino ainda não assume a equipe para a reta final deste Campeonato Brasileiro, e deve assistir da arquibancada ao Choque-Rei.

Leia também:

Choque-Rei é hoje! Veja escalações de São Paulo e Palmeiras

Flu cola em São Paulo e Galo. Veja a classificação da Série A

Flu volta à Libertadores, e Inter pode ser campeão contra o Fla

banner bônus de boas vindas com a embaixadora do Betmotion, a atacante Cristiane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *