Resumo da Liga dos Campeões: grupos E, F, G e H

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Com Neymar fora, Paris Saint-Germain decepciona e termina a 3ª rodada fora da zona de classificação para as oitavas de final.

O PSG teve um início perturbador na atual edição da Liga dos Campeões e se complicou ainda mais na rodada desta quarta-feira (04). Depois de estrear com derrota em casa para o Manchester United, em uma partida na qual o PSG pouco conseguiu fazer (mesmo com o trio Neymar, Mbappé e Di Maria em campo), um sinal de alerta se acendeu para os torcedores parisienses.

Sem Neymar, PSG perde na Alemanha e fica fora da zona de classificação (Reprodução: Instagram/Champions League)

Para que o clube francês seguisse firme na luta por uma das duas primeiras colocações do grupo (que garantem vaga nas oitavas de final), uma vitória seria fundamental na 2ª rodada, diante do Istambul Basaksehir. O resultado que era esperado veio: vitória por 2 a 0 do PSG na Turquia. No entanto, foi na partida contra os turcos que Neymar saiu de campo machucado, e o brasileiro acabou sendo um desfalque fundamental na última partida da equipe parisiense, diante do RB Leipzig. Mesmo sem Neymar e Mbappé (ambos lesionados), o PSG iniciou a partida em ritmo intenso: abriu o placar com Di Maria, que perdeu pênalti logo na sequência e ainda teve um gol anulado. Moise Kean também teve gol anulado durante o período de domínio do PSG, que acabou quando Nkuku deixou tudo igual para o RB, no fim do primeiro tempo. Em cobrança de pênalti, a equipe alemã virou a partida no segundo tempo e não teve grandes problemas para segurar o resultado, principalmente depois da expulsão de Gana Gueye (meia do PSG). Com o resultado o Paris SG se manteve estacionado nos 3 pontos e só não ficou em situação ainda mais complicada porque o Manchester United, que havia goleado o RB Leipzig na rodada anterior, perdeu para o Basaksehir nesta quarta-feira e permaneceu com 6 pontos, a mesma pontuação do RB, que fica na 2ª colocação pelo critério de desempate (que é o confronto direto). Pela mesma razão, o Istambul Basaksehir, que soma os mesmos 3 pontos do PSG, é o lanterna do grupo H.

Barcelona mantém 100% e Juventus goleia em retorno de Cristiano Ronaldo

Piqué marcou o segundo gol da vitória desta quarta do Barcelona, a terceira na Champions (Reprodução: Instagram/FC Barcelona)

Depois de golear o Ferencváros na estreia e vencer a Juventus por 2 a 0 mesmo jogando na Itália, o Barcelona conseguiu chegar à sua 3ª vitória nesta quarta-feira e se manteve 100% no grupo G. No entanto, a vitória magra (por 2 a 1) sobre um Dínamo de Kiev praticamente reserva (com 13 desfalques), com Ter Stegen sendo o maior destaque do jogo por conta das defesas difíceis que teve de fazer, preocupa os torcedores blaugranas. Mesmo assim, fato é que o Barça lidera o grupo G com 9 pontos, seguido pela Juventus, que venceu o Ferencváros na Hungria por 4 a 1 no retorno de Cristiano Ronaldo (que surpreendentemente não marcou) e computa 6 pontos. Como Dínamo de Kiev e Ferencváros, que empataram na 2ª rodada, somam apenas 1 ponto cada, o Barça já está praticamente garantido na próxima fase da Liga dos Campeões, assim como a Juventus, mas o nível dos adversários de grupo pesam muito para estas equipes, que ainda são vistas com desconfiança. Tanto o Barcelona como a Juventus passam por um período de transição na atual temporada e passam sufoco nas competições nacionais (o Barça é apenas o 12º colocado em La Liga, e a Juve, na 3ª posição da Série A italiana, ainda passa por altos e baixos).

Chelsea e Sevilla têm classificação encaminhada no grupo E

Se Chelsea e Sevilla fizeram uma partida morna na primeira rodada, com um 0 a 0 um tanto desagradável aos olhos dos telespectadores, tanto ingleses como espanhóis já respiram mais aliviados após o término da 3ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Com goleada sobre o Krasnodar jogando fora de casa na 2ª rodada e vitória por 3 a 0 sobre o Rennes nesta quarta-feira, em Stamford Bridge, o Chelsea se lançou na liderança do grupo E por conta do saldo de gols (são 7 marcados e nenhum sofrido). Na 2ª colocação, o Sevilla computa os mesmos 7 pontos dos Blues, mas não teve assim tanto sucesso no saldo de gols. Na verdade, a equipe comandada por Julen Lopetegui teve foi muita dificuldade para vencer suas partidas (ambas jogando em casa): 1 a 0 magro sobre o Rennes, e 3 a 2 sobre o Krasnodar na última rodada, em uma virada heroica. Mesmo assim, como Rennes e Krasnodar ainda não venceram (tendo empatado o duelo entre eles na 1ª rodada) e somam apenas 1 ponto, Chelsea e Sevilla estão 6 à frente e não devem ter grandes problemas para confirmar a classificação às oitavas de final.

Borussia Dortmund embala, Lazio vacila e Club Brugge ainda sonha no grupo F.

Após 3 rodadas da fase de grupos da Liga dos Campeões, nada está definido no grupo F.

A Lazio começou com vitória sobre o Borussia Dortmund (o favorito) na rodada de estreia, mas perdeu o embalo e apenas empatou com Club Brugge e Zenit (ambos fora de casa). Assim, somando 5 pontos até aqui, a Lazio vem na 2ª colocação do grupo F, logo à frente do Club Brugge, que soma 4 pontos por ter vencido o Zenit na rodada de estreia. Na última rodada, porém, nesta quarta-feira, o Club Brugge perdeu por 3 a 0 para o Borussia Dortmund. Apesar da derrota para a Lazio na estreia, a equipe alemã venceu bem o Zenit na rodada seguinte e chegou à sua segunda vitória na última rodada, assumindo a liderança do grupo com 6 pontos conquistados. Na lanterna, o Zenit soma apenas 1 ponto por conta do empate que conseguiu arrancar da Lazio nesta quarta-feira, jogando em casa. Mesmo assim, a equipe russa ainda pode surpreender e buscar, pelo menos, uma 3ª posição, para se classificar ao mata-mata da Liga Europa. Dessa forma, Borussia Dortmund e Lazio devem mesmo garantir seus lugares nas oitavas de final da Liga dos Campeões, resta saber quem vai ficar com a liderança do grupo F

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *