Início » Colunas » Coluna do Verchai » Prévia da última rodada da Premier League

Prévia da última rodada da Premier League

Fernando Verchai

Aston Villa aparece como coadjuvante em disputa de Manchester City e Liverpool pelo título da Premier League 2021/22.

em destaque Etihad Stadium - Jogos de hoje

(Divulgação)

No último fim de semana aconteceram os jogos da penúltima (37ª) rodada da Premier League, que poderia ter definido o Manchester City como campeão com uma rodada de antecedência. No entanto, com o empate do Manchester City com o West Ham e a vitória do Liverpool sobre o Southampton, a disputa pelo título da Premier League só se intensificou agora, na última rodada do campeonato, que vai ser toda disputada no mesmo dia (22) e horário (12h). Neste momento, apenas um ponto separa o líder, Manchester City, do vice-líder, Liverpool. Significa dizer que, caso o Liverpool vença, só uma vitória do Manchester City dá o bicampeonato para o time de Josep Guardiola. No entanto, apesar de todo o favoritismo, tanto o Manchester City como o Liverpool não vão ter jogos fáceis na última rodada da Premier League. O Liverpool, que depende exclusivamente da vitória para ter chances de voltar a levantar o cobiçado título inglês (uma vez que, mesmo que o City perdesse, o empate não seria suficiente para os Reds), joga ao lado da torcida contra a boa equipe do Wolverhampton, que já não tem qualquer pretensão no campeonato, mas certamente espera fazer uma boa partida diante do possível campeão. Já o Manchester City, que depende da vitória para se sagrar campeão, joga em casa contra o Aston Villa, que tem no comando ninguém menos que Steven Gerrard, um dos maiores ídolos da torcida do Liverpool. Muito tem se falado sobre o fato de o ex-jogador não ter conseguido dar uma Premier League ao Liverpool quando atuava pelos Reds dentro das quatro linhas, mas ter a chance de fazê-lo agora, no momento menos provável: como técnico do Aston Villa. Se conseguir pelo menos arrancar um empate com o Manchester City no Villa Park neste domingo, sob o comando do Aston Villa, Gerrard deixa o caminho livre para que o Liverpool conquiste o seu segundo título da Premier League. A partida, que acontece no Etihad Stadium, em Manchester, com transmissão da ESPN para a TV fechada brasileira, vai ter um Manchester City elétrico na busca pela vitória que lhe garante o título e, do outro lado, uma equipe que, de acordo com Gerrard, vai “tentar ganhar pontos para o Aston Villa e para os torcedores”. “Se isso inevitavelmente ajuda o Liverpool, fantástico!” concluiu o técnico do Aston Villa em sua entrevista coletiva. O objetivo do time, de acordo com Gerrard, é terminar entre os 10 primeiros pela primeira vez desde 2011. Do outro lado, o técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, afirmou: “não estou pensando no momento (na partida do City). É completamente desrespeitoso com o Wolverhampton porque eles farão exatamente o mesmo (que o Aston Villa). Eles não vêm aqui (em Anfield) e querem fazer parte das nossas comemorações, eles vêm aqui e querem ganhar”.

Tottenham defende vaga na próxima Uefa Champions League e Manchester United defende lugar na próxima Uefa Europa League:

A corrida pelo título da Premier League pode estar atraindo todas as atenções dos fãs do futebol europeu, mas ainda há mais disputas na competição nacional que é considerada a mais forte de todo o mundo. Praticamente garantido na 3ª posição por ter vantagem de 3 pontos e de quase 20 gols de saldo (utilizado como primeiro critério de desempate) em relação ao 4º colocado, o Chelsea já tem vaga confirmada na próxima Uefa Champions League (assim como Manchester City e Liverpool) e vai receber o já rebaixado Watford (penúltimo colocado) em Stamford Bridge para encerrar uma temporada bastante conturbada para os Blues (principalmente por conta da venda coercitiva do clube pelo então dono, o russo Roman Abramovich, punido pelo governo inglês em razão da guerra da Rússia com a Ucrânia). Em meio a incertezas para a próxima temporada, o torcedor dos Blues vai poder dar um último adeus à equipe de Thomas Tuchel, que venceu a Uefa Champions League na última temporada, além do título inédito do Mundial de Clubes conquistado no início deste ano.

Um pouco mais abaixo na tabela de classificação, o 4º colocado, Tottenham, ainda não tem sua classificação garantida para a próxima Champions League. Com dois pontos de vantagem para o 5º colocado, Arsenal, que é o primeiro fora da zona de classificação para a Champions, o Tottenham depende de um simples empate com o lanterna e já rebaixado, Norwich City, fora de casa, para confirmar sua vaga no G-4 da Premier League. Isso porque, em caso de empate do Tottenham, o Arsenal só conseguiria alcançar a 4ª posição se vencesse a sua partida, diante do Everton, no Emirates Stadium, em Londres, por 15 gols de diferença (para tirar a vantagem que os Spurs têm no saldo de gols). Os Gunners praticamente deram adeus a chance de estar na próxima Uefa Champions League depois da derrota sofrida para o Newcastle na última rodada, apesar de ainda terem uma pequena chance de classificação.

E descendo mais um pouco na tabela de classificação, temos a luta do Manchester United para se manter na 6ª posição e confirmar seu lugar na próxima Uefa Europa League. Depois da goleada sofrida para o Brighton na última rodada, a equipe comandada por Ralf Rangnick depende de uma vitória na partida fora de casa contra o Crystal Palace para confirmar sua classificação à próxima Europa League. Em caso de derrota ou mesmo de empate, o Manchester United vai depender de um tropeço (empate ou derrota) do 7º colocado, West Ham, para se classificar à Europa League 2022/23. O West Ham joga, nesta última rodada, fora de casa contra o Brighton, que já não tem mais uma grande pretensão no campeonato, mas ainda pode subir da 10ª para a 8ª posição com uma vitória.

Por fim, indo para a parte mais baixa da tabela de classificação, dois times lutam pela permanência na Premier League nesta última rodada. Com o lanterna, Norwich, e o penúltimo colocado, Watford, já rebaixados, Leeds United (penúltimo colocado) e Burnley (17º colocado e primeiro fora da zona de rebaixamento) lutam para escapar da queda para a EFL Championship (a Segunda Divisão inglesa). O Burnley, que está fora da zona de rebaixamento pelo saldo de gols, vai jogar em casa contra o Newcastle (12º colocado) nesta última rodada da Premier League, enquanto o Leeds United, que depende de um tropeço do Burnley para escapar do rebaixamento, precisa vencer o Brentford (11º colocado) fora de casa.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.