Premier League 2020/21 começou, e já teve vitória do Liverpool

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Atual campeão da Premier League, o Liverpool enfrentou o campeão da EFL Championship.

Neste sábado (12) teve início a Premier League 2020/21. E logo neste primeiro dia da nova temporada, o atual campeão da elite inglesa, o Liverpool, enfrentou o Leeds United, vencedor da segunda divisão da Inglaterra (EFL Championship) na temporada passada.

Sob o comando do argentino Marcelo Bielsa, a equipe do Leeds voltou a atuar na Premier League após 16 anos sem disputar a principal competição inglesa. Trata-se de uma equipe que foi muito bem preparada para voltar a estar entre os melhores da Inglaterra, e que se reforçou ainda mais para esta temporada, como com a contratação de Rodrigo Moreno, atacante de 29 anos que se destacou com a camisa do Valência. O problema para o recém-chegado foi ter de encarar o Liverpool de Jurgen Klopp, em Anfield Road, logo na estreia, mas a equipe do “loco Bielsa” não se intimidou e fez uma partida de time grande. Sem deixar de lado o estilo ofensivo que o levou ao título da Championship, o Leeds United começou a partida pressionado o Liverpool desde a saída de bola com o zagueiro Virgil van Dijk. Só que os Reds foram ainda mais intensos do que o adversário nos primeiros minutos e não demorou para abrir o placar. Ainda aos 3 minutos de jogo, Mohamed Salah finalizou bem de dentro da área e a bola parou no braço aberto do zagueiro Robin Koch na área do Leeds: pênalti. Na cobrança, o próprio egípcio fez o primeiro do time da casa.

Olho no Leeds nesta temporada!

Mesmo saindo atrás no placar,  o aguerrido time de Bielsa não desanimou, seguiu em cima do adversário e, após ter um gol anulado, conseguiu o empate ainda aos 12 minutos: Jack Harrison recebeu lançamento longo de Kalvin Phillips, ganhou de dois marcadores e bateu muito bem da entrada da área para deixar tudo igual. Logo na sequência, Sadio Mané teve um belo gol anulado por impedimento no início da jogada. Mas não demorou para a rede voltar a balançar. Em cobrança de escanteio de Alexander-Arnold, Van Dijk apareceu bem na primeira trave para testar pro fundo da rede, colocando o Liverpool mais uma vez na frente do placar. Mais uma vez, porém, o Leeds United respondeu. Em outro lançamento longo, Virgil van Dijk tentou sair jogando e acabou entregando nos pés de Patrick Bamford, que só teve o trabalho de tocar na saída de Alisson: 2 a 2. A partida foi uma verdadeira loucura, maravilhosa aos olhos de quem acompanhava o duelo, e teve 5 gols (válidos) só no primeiro tempo. Mohamed Salah tratou de levar o Liverpool para o intervalo com a vantagem no placar, aproveitando sobra na entrada da área para soltar a canhota e marcar um golaço. Não perca as contas: 3 a 2 ao fim do primeiro tempo, com 2 de Salah. Mas não parou por aí. O ritmo não diminuiu nem um pouco na volta do intervalo. O Liverpool seguiu em cima do adversário, que seguia sem se abater e ainda buscava o empate. O Leeds chegou a empatar em outro lançamento longo no qual a defesa do atual campeão se embananou e Alexander-Arnold marcou contra, mas o gol foi anulado por impedimento no início do lance. Mesmo assim, o time de Marcelo Bielsa chegou ao empate no segundo tempo, após vacilo do Liverpool na saída de jogo. Arnold errou na cobrança de lateral no campo de defesa e o adversário pegou a defesa desprevenida: Hélder Costa recebeu com liberdade na ponta direita e mandou na área para Mateusz Klich voltou a deixar tudo igual no placar: 3 a 3.

Salah garante triunfo do Liverpool com hat-trick

Depois de conseguir empatar a partida pela 3ª vez, o Leeds United diminuiu a intensidade, pois parecia bastante interessado em segurar o empate fora de casa. No entanto, do outro lado, o Liverpool não estava nada interessado no empate. O zagueiro holandês, Virgil van Dijk chegou a marcar em outra cobrança de escanteio, mas o gol foi anulado por falta de Curtis Jones na área (ao todo, foram 4 gols anulados). Mesmo assim, para alívio do alemão Jürgen Klopp (e para o desespero de Bielsa), o Liverpool conseguiu fazer o 4º gol para sair de Anfield com a primeira vitória na Premier League. Já aos 43 minutos da etapa final, o estreante Rodrigo Moreno derrubou Fabinho inocentemente dentro da área e cometeu a penalidade: na cobrança, Salah decretou a vitória do Liverpool e garantiu seu primeiro hat-trick da temporada. De quebra, o egípcio se tornou o segundo jogador a balançar as redes em partidas de 1ª rodada da Premier League por 4 edições consecutivas (2017/18, 2018/19, 2019/20 e 2020/21). Antes dele, somente Teddy Sheringham havia alcançado tal feito (entre 1992 e 1995).

Outros 3 jogos movimentaram o sábado de Premier League

Abrindo a competição, o Arsenal visitou o Fulham (recém promovido à Premier League) e mostrou que, com Mikel Arteta no comando desde a primeira rodada, está em busca de pelo menos uma vaga na próxima Liga dos Campeões. Com gols de Alexandre Lacazette, do zagueiro brasileiro Gabriel Magalhães, e do gabonês (que não poderia faltar) Pierre Aubameyang, o Arsenal deu as boas vindas ao Fulham na Premier League vencendo por 3 a 0. Consequentemente, o placar elástico colocou o Arsenal no topo da tabela nesta primeira rodada, que também teve vitória do Crystal Palace sobre o Southampton, em casa, por 1 a 0; além do 2 a 0 do Newcastle, fora de casa, diante do West Ham. Como o time londrino é o que possui o menor números de vitórias em estreias da Premier League, o resultado não foi grande surpresa, mas certamente preocupa o técnico David Moyes, que lutou contra o rebaixamento com o West Ham na temporada passada, e não fez grandes investimentos na última janela de transferências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *