Paris Saint-Germain segue sem vencer no Campeonato Francês

Fernando Verchai
Fernando Verchai

PSG joga melhor, mas Olympique de Marseille faz sua estratégia funcionar e vence em Paris.

Neste final de semana a bola rolou em alguns países da Europa, incluindo a França. O Campeonato Francês (Ligue One) já se encaminha para a 4ª rodada, que será disputada no próximo fim de semana. Neste domingo, pela 3ª rodada, os fãs do bom futebol foram presenteados com o clássico entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marseille no Parque dos Príncipes.

Apesar de ainda ser início de temporada, as duas equipes entraram em campo firmes para ir em busca da vitória. Como ambas as equipes não entraram em campo na 1ª rodada, chegaram para o confronto com apenas 1 partida oficial disputada nesta temporada (2020/21). O Marseille vinha de vitória sobre o Brest na rodada anterior, enquanto o PSG, ainda sem grande parte de suas estrelas, perdeu para o Lens na estreia. No entanto, no clássico do último domingo (13), com Neymar e Di Maria de volta à equipe principal e jogando em casa, a equipe de Paris controlou mais a partida, trabalhando a bola com tranquilidade no meio de campo e esperando as melhores oportunidades para investir sobre o adversário. O Olympique de Marseille, por sua vez, apostou em uma marcação forte, bem postada no campo de defesa, e explorava os contra-ataques com velocidade. Só que a marcação da equipe visitante era excessivamente dura, e a partida passou a ficar bastante tensa já no primeiro tempo. Quando, especificamente, a bola estava nos pés de Neymar, a marcação não só chegava forte como também dobrava ou até mesmo triplicava. Mesmo assim, era o PSG quem criava as melhores oportunidades, e o gol só não saiu porque, em cruzamento açucarado do recém-contratado, Florenzi (lateral-direito), Neymar foi empurrado na hora de cabecear pra rede, mandou por cima, e o juiz mandou a partida seguir do tiro de meta. E como diz o ditado: “quem não faz, leva”. Ainda no primeiro tempo, em cobrança de falta da intermediária, Dimitri Payet mandou pra área e Florian Thauvin apareceu livre de marcação, na segunda trave, para dar a vitória ao Marseille. No segundo tempo, a forte marcação da equipe visitante não permitiu espaços aos mandantes. Mesmo assim, Neymar conseguiu criar boas chances de gol ao PSG, mas faltou efetividade à equipe da capital francesa. Nos últimos minutos, a equipe visitante partiu para a famosa “cera” visando segurar a vitória e o tempo fechou dentro de campo. 2 jogadores de cada time acabaram expulsos no meio da confusão e, pouco depois, com auxílio do VAR, o árbitro mostrou o cartão vermelho, também, para Neymar, por um soco no adversário que quase passou despercebido. Depois da partida, o brasileiro revelou, em suas redes sociais, que a atitude foi em resposta à insultos racistas que o adversário (o zagueiro Álvaro González) lhe proferiu durante toda a partida. Ainda antes de o árbitro checar a agressão de Neymar em vídeo, na beira do campo, o camisa 10 do PSG já esbravejava gritando: “racismo não!”.

O Campeonato Francês:

Com a vitória fora de casa, diante do atual tricampeão francês, o Olympique de Marseille chegou à segunda vitória em 2 jogos na competição. A equipe comandada por André Villas-Boas é apenas a 5ª colocada neste momento, mas pode alcançar a liderança da Ligue 1 se vencer o Saint-Étienne na próxima quinta-feira (17), às 16 horas, em partida atrasada, válida pela 1ª rodada da competição. O problema, para o Marseille, é que o Saint-Étienne também está invicto na competição e, assim como o adversário, pode ir para a liderança com uma vitória. Sendo assim, a expectativa é de mais um jogo bastante movimentado, com favoritismo do Marseille, que, vale lembrar, não vai contar com Jordan Amavi e Darío Benedetto (expulsos na última partida). Por outro lado, o resultado do último domingo deixou o PSG na zona de rebaixamento, ainda sem somar pontos, em 2 partidas disputadas. Sem Neymar (além de Kurzawa e Paredes), que vai ter de cumprir suspensão, a equipe parisiense volta à campo já na quarta-feira (16), às 16 horas, diante do Metz, em partida válida pela 1ª rodada, de novo no Parque dos Príncipes. No próximo fim de semana, o Campeonato Francês chega à 4ª rodada. Logo às 8 horas da manhã do próximo domingo (20), o PSG enfrenta o Nice (atual 7º colocado com 6 pontos em 3 rodadas) fora de casa, e o Olympique de Marseille recebe o Lille (atual 3º colocado com 7 pontos em 3 rodadas) em seu território.

Fim de semana europeu:

O último final de semana foi marcado pelo início da Premier League. A principal competição nacional, por pontos corridos, de todo o mundo, começou com tudo: o Arsenal atropelou o Fulham por 3 a 0 na abertura da temporada 2020/21 e já dorme no topo da tabela (destaque para a boa atuação de William); teve vitória do Liverpool por 4 a 3 sobre o promissor Leeds United, que sob o comando de Marcelo Bielsa retornou à Premier League após 16 anos e já chegou fazendo frente ao atual campeão; o Everton de Carlo Ancelotti, com as estreias de Allan e James Rodríguez (entre outros), bateu o Tottenham de José Mourinho fora de casa; e, por fim, vale mencionar o 3 a 1 do Chelsea sobre o Brighton, ainda sem o camisa 10 (Christian Pulisic), mas com Kai Havertz e Timo Werner na equipe titular (Thiago Silva e Hakim Ziyech ainda não atuaram pela nova equipe).

La Liga (a primeira divisão espanhola) também teve seu pontapé inicial neste final de semana, mas sem Real Madrid, Barcelona, Atlético e Sevilla em campo. O principal destaque da 1ª rodada foi o triunfo do Valência, em casa, por 4 a 2, no clássico com o Levante. Além do clássico, destaque, também, para a estreia do técnico Manuel Pellegrini e do goleiro Claudio Bravo à frente do Real Betis, que venceu o Alavés por 1 a 0, com gol de Cristian Tello “no apagar das luzes”.

A Eredivisie (Campeonato Holandês) também teve início no último fim de semana, onde Antony se destacou com jogadas de efeito e, o mais importante, com o gol que deu a vitória ao Ajax, na estreia diante do Sparta Rotterdam. Na Alemanha a bola também rolou pela temporada 2020/21, mas não foi na Bundesliga, que começa na próxima sexta-feira (18), e sim pela Copa da Alemanha. O principal destaque foi o Borussia Dortmund, que venceu o Duisburg por 5 a 0 e contou com a estreia do meia Reinier.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *