Milan empata em casa, mas segue líder do Italiano

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Ibrahimovic faz dois, mas “encardida” Roma arranca empate no fim.

Nesta segunda feira (26), uma grande partida encerrou a 5ª rodada da Série A Tim (Campeonato Italiano). No San Siro (Estádio Giuseppe Meazza), em Milão, o Milan recebeu a Roma para um duelo de gigantes que valia muito para os dois lados.

Ibra marcou dois no empate por 3 a 3 do Milan com a Roma, no San Siro, em Milão (Reprodução: Instagram/AC Milan)

Até então com 4 vitórias em 4 partidas pela competição nacional, o líder Milan (que, diga-se, ainda não perdeu nesta temporada) buscava uma vitória em seu território para, mais do que manter o 100%, se isolar cada vez mais no topo da tabela. A equipe comandada por Stefano Poli somava, até esta segunda-feira, 7 vitórias e apenas 1 empate em 8 partidas oficiais disputadas na atual temporada (2020/21), e certamente estava confiante para vencer o time da capital pela 5ª rodada da Série A. E a expectativa dos torcedores milaneses só fez crescer quando, antes mesmo de o relógio completar 2 minutos de jogo, Rafael Leão deixou Zlatan Ibrahimovic na boa para abrir o placar em favor do time rubro-negro. Só que a Roma deixou tudo igual logo aos 14 minutos do primeiro tempo: Lorenzo Pellegrini cobrou escanteio da esquerda, o goleiro Ciprian Tatarusanu saiu “caçando borboleta” e Edin Dzeko subiu soberano para testar pro fundo da rede. A partida se desenvolveu com o Milan pressionando a equipe da capital pela vitória, a qual tentava se aproveitar dos espaços cedidos pelo mandante em contra-ataques de velocidade. Ninguém conseguiu voltar a balançar as redes antes do intervalo, mas os rubro-negros, que estavam melhor na partida, voltaram à frente no placar logo no primeiro minuto do segundo tempo, quando Rafael Leão fez linda jogada pela ponta esquerda e cruzou rasteiro, dando sua segunda assistência no jogo, desta vez para Alexis Saelemaekers marcar. No entanto, após um pênalti incompreensível marcado pelo árbitro da partida, a Roma chegou ao empate mais uma vez, com Jordan Veretout convertendo a cobrança. Mas se teve pênalti esquisito marcado contra o Milan, também teve pênalti estranho marcado à seu favor logo depois, o qual o Ibrahimovic tratou de converter para fazer o 3 a 0 em favor do time da casa. Foi o 7º gol do sueco de 39 anos nesta temporada, em 5 partidas disputadas. Mas não era mesmo o dia do Milan, que cedeu o empate pela terceira e última vez na reta final do jogo, em outra cobrança de escanteio: Ibrahimovic tentou cortar na primeira trave e acabou dando assistência para Kumbulla, que apareceu na segunda trave para empurrar pra rede. Sem tempo para mais nada, o Milan até tentou pressionar, mas a partida terminou no empate em 3 a 3. O resultado tirou o 100% de aproveitamento da equipe milanesa na Série A Tim, mas não a sua invencibilidade (4 vitórias e 1 empate) nas 5 rodadas jogadas até aqui e tampouco a sua liderança: o Milan segue na 1ª colocação, com 13 pontos (2 de vantagem em relação ao Napoli, vice-líder). A Roma, por sua vez, é apenas a 9ª colocada, com 8 pontos conquistados.

Pela Premier League, o Tottenham venceu o Burnley fora de casa e decolou na tabela.

Também nesta segunda-feira (26), duas partidas marcaram o encerramento da 6ª rodada da Premier League (Campeonato Inglês). No litoral sul da Inglaterra, no Falmer Stadium, o Brighton & Hove Albion recebeu o West Bromwich em uma partida que marca a luta contra o rebaixamento. Em busca de pontos que podem ser fundamentais na reta final da competição, as duas equipes estiveram muito preocupadas em não sofrer gols, fizeram jogo truncado, de muitas faltas, e custaram para balançar as redes. Levemente superior no primeiro tempo, O Brighton abriu o placar poucos minutos antes do intervalo com gol contra de Jake Livermore. Já no segundo tempo, o West Brom melhorou com as entradas de Kyle Edward e Callum Robinson e passou a pressionar pelo gol de empate, que veio na reta final da partida, com Karlan Grant aproveitando sobra na área para mandar pro fundo da rede. Apesar da correria nos minutos finais, a partida terminou na igualdade em 1 a 1, que serviu para manter as duas equipes fora da zona de rebaixamento. Com 3 pontos conquistados nas 6 rodadas disputadas, o West Brom é o primeiro fora da zona de rebaixamento (na 17ª posição), e o Brighton vem logo na sequência, na 16ª colocação, com 5 pontos. Neste momento, Sheffield United (18º), Burnley (19º) e Fulham (20º), todos com apenas 1 ponto conquistado, ocupam a zona de rebaixamento.

O Burnley, inclusive, que ainda deve uma partida da 1ª rodada diante do Manchester United e, portanto, tem 1 partida a menos em relação às demais equipes, esteve em campo nesta segunda-feira para encerrar a 6ª rodada da Premier League. A equipe comandada pelo inglês Sean Dyche há 9 temporadas recebeu o Tottenham de José Mourinho no Turf Moor, em Burnley, e deu muito trabalho para a equipe da capital. Os Spurs começaram o primeiro tempo com domínio na posse de bola, mas tiveram muita dificuldade para chegar ao gol adversário e, em contrapartida, cederam espaços demais para os contra-ataques do Burnley, que chegou a balançar as redes, mas teve seu gol anulado por impedimento. O time da casa continuou bloqueando bem as investidas do adversário no segundo tempo e, da mesma forma, seguiu levando mais perigo ao Tottenham. Aos 27 min da etapa complementar, James Tarkowski subiu no 2º andar para testar firme na direção do gol, tirando completamente de Lloris, que apenas assistiu Harry Kane aparecer embaixo da trave para cortar praticamente em cima da linha. E se o camisa 10 do Tottenham foi decisivo lá atrás, ele também apareceu de forma decisiva na frente: em outra cobrança de escanteio, em favor dos Spurs, aos 31’ da etapa final, Kane desviou e Son Heung-Min, na segunda trave, completou pro fundo da rede. Um duro golpe para o Burnley, que fazia uma partida muito boa dentro dos seus limites. O Tottenham, por sua vez, que viu a dupla Kane e Son funcionar (com gol e assistência) pela 29ª vez na Premier League (historicamente, apenas a dupla Didier Drogba e Frank Lampard funcionou mais na competição – 35 vezes), saltou da 12ª para a 5ª colocação da tabela (há 1 ponto do 4º colocado e 2 atrás do líder).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *