Libertadores: brasileiros iniciam bem oitavas. Grêmio joga hoje

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Encerrando as partidas de ida das oitavas da Libertadores, o Grêmio enfrenta o Guaraní nesta quinta (26), às 21h30, no Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai.

-> Confira aqui a análise e dica de aposta para Guaraní x Grêmio e dê o seu palpite no site do Bemotion.

Tendo se classificado na primeira posição do grupo E, o Tricolor gaúcho tem a vantagem de poder fazer a volta em casa. O Guaraní, porém, já deixou claro na fase classificatória da competição sul-americana, quando eliminou o Corinthians em Itaquera, que não vai se intimidar com uma decisão fora de casa.

Na fase de grupos, a equipe paraguaia foi a única que conseguiu tirar pontos do Palmeiras, quando jogou em casa, e certamente vai ser um adversário complicado para o time comandado pelo experiente técnico Renato Portaluppi, que, inclusive, já faturou dois títulos de Libertadores pelo Grêmio (um como jogador e outro como técnico).

Nesta temporada, o Grêmio encontrou dificuldade no grupo E, disputando ao lado do rival, Internacional, além da Universidad Católica e América de Cali, mas conseguiu terminar na liderança isolada, com 3 pontos à frente do Internacional (2º colocado), e 4 da Universidad Católica (3ª colocada).

Recentemente, o Grêmio se garantiu nas semifinais da Copa do Brasil e embalou, pela primeira vez sob o comando de Renato Gaúcho, uma sequência de 8 vitórias consecutivas. O empate com o Corinthians na última partida, válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, encerrou com a série de vitórias, mas manteve a invencibilidade do Tricolor gaúcho, que já dura 12 partidas.

O Grêmio ainda não conta com o volante Maicon e o atacante Alisson, que seguem fora por lesão, além do zagueiro argentino Kannemann, que cumpre suspensão. Mesmo assim, o time de Renato Gaúcho está muito bem estabelecido em seu 4-3-3.

Escalação gremista

A provável escalação deve ter: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Cortez; Darlan, Matheus Henrique e Jean Pyerre; Pepê, Luiz Fernando e Diego Souza.

A expectativa é de que o Grêmio tenha um maior controle da posse de bola e, consequentemente, mais volume ofensivo, mas o Guaraní é sempre muito perigoso nos contra-ataques e sabe se defender muito bem.

Brasileiros vão bem nas partidas de ida das oitavas

As partidas de ida das oitavas de final da Libertadores iniciaram na terça-feira, já com dois brasileiros: o Santos foi até a altitude de Quito para enfrentar a LDU e o Athletico Paranaense recebeu o River Plate em Curitiba.

No Equador, a dupla Soteldo e Marinho marcou para o Santos, que saiu de campo com vitória por 2 a 1, o que dá ao alvinegro praiano a vantagem do empate e até de poder perder por 1 a 0 na volta, na Vila Belmiro, e ainda assim avançar às quartas de final. Há critério de gol fora de casa durante a fase mata-mata da Libertadores.

Já em Curitiba, o Athletico Paranaense teve, possivelmente, o confronto mais difícil entre as equipes brasileiras, contra o River Plate, atual vice-campeão da Libertadores e que já a venceu por duas vezes sob o comando de seu atual técnico, Marcelo Gallardo.

Mais uma vez, o River é um dos principais cotados à faturar o título. Além disso, o Furacão sofreu com desfalques fundamentais na equipe titular, como o goleiro Santos e o atacante Nikão. Mesmo assim, o rubro-negro paranaense conseguiu fazer uma boa partida e até chegou a sair na frente com gol de Bissoli, mas acabou perdendo Reinaldo, expulso aos 21 minutos do segundo tempo, e sofreu o empate no último minuto da etapa complementar. Paulo Díaz marcou de cabeça, após cobrança de escanteio.

O gol no “apagar das luzes” deixou o River com vantagem para avançar às quartas de final, já que pode se classificar com um simples empate por 0 a 0 na Argentina. Caso termine 1 a 1, a vaga será decidida em disputa de penalidades. E, claro, quem vencer na volta estará nas quartas. 

Também na última terça-feira, o Flamengo enfrentou o Racing Club na Argentina e, apesar de ter passado um sufoco danado, conseguiu empatar por 1 a 1, levando, assim, a decisão para a partida de volta, na próxima terça (01/12), no Maracanã. A situação rubro-negra é idêntica a do River contra o Athletico. Um 0 a 0 em casa basta para avançar.

Os gols da partida em Avellaneda foram marcados logo no começo do primeiro tempo: Fabricio Domínguez disparou pela ponta direita e cruzou rasteiro para Héctor Fértoli abrir o placar aos 13 minutos, e Gabriel Barbosa empatou para o Flamengo aos 15 da etapa inicial, após arrancada e cruzamento de Bruno Henrique da ponta esquerda. Depois disso, a partida continuou intensa e a rede balançou mais três vezes (uma pelo lado flamenguista e duas vezes pelo argentino), mas todos esses gols foram anulados.

Na quarta-feira, o Palmeiras visitou o Delfín no Equador e praticamente já garantiu seu lugar nas próxima fase da Libertadores ao vencer por 3 a 1. Com isso, o Alviverde paulista poderia até perder por 2 a 0 no Allianz Parque (o que só aconteceu uma vez nesta temporada) na semana que vem (02/12) que ainda assim avança às quartas de final. Gabriel Menino, Rony e Zé Rafael marcaram para o Palmeiras e, contra, Ramires diminuiu para o Delfín no segundo tempo.

O Internacional também deveria ter entrado em campo nesta quarta-feira, contra o Boca Juniors, no Beira-Rio, mas a partida foi adiada pela Conmebol para a próxima semana (02/12), por conta da morte do ídolo argentino Diego Maradona, aos 60 anos de idade.

O jogador foi homenageado por diversos clubes argentinos e, também, pelo Internacional, que coloriu o estádio com as cores azul e branco no horário em que era para acontecer a partida contra o Boca. Com isso, Abel Braga “ganhou” mais um tempo para preparar a sua equipe para o duelo decisivo.

Bahia e Vasco disputam as oitavas da Copa Sul-Americana

O Tricolor baiano foi a campo pela partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana na terça-feira e fez a lição de casa. Jogando na Itaipava Arena Fonte Nova, venceu o Unión Santa Fe por 1 a 0, com gol de pênalti de Gilberto, artilheiro isolado da competição, com 5 gols marcados.

Nesta quinta-feira (26), às 21h30, é a vez do Vasco estrear nas oitavas da Sul-Americana. O Cruz-Maltino vai até a Argentina para enfrentar o Defensa y Justicia, que “caiu de paraquedas” na competição após terminar a fase de grupos da Libertadores na terceira posição do grupo G. É certo que vai ser um adversário duro para o Vasco, que vai sair com muito lucro se arrancar um empate nesta partida ou mesmo derrota com gol marcado fora de casa. Por 2 a 1, por exemplo. A volta será em São Januário.

Aposte no Betmotion:

Para apostas nos jogos da Libertadores da Sul-Americana, acesse “apostas esportivas” no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *