Início » Colunas » Coluna do Verchai » Definidas as semifinais da Copinha

Definidas as semifinais da Copinha

Fernando Verchai

Palmeiras goleia Oeste com golaço de estrela de 15 anos e segue na busca pelo título inédito da Copinha São Paulo de Futebol Júnior.

em destaque jovem craque endrick em palmeiras 5 x 2 oeste pela copinha 2022

(Foto: Roberto Zacarias/site do Palmeiras)

Nesta quarta-feira (19) o Palmeiras enfrentou o Oeste pela Copinha com a sensação de que poderia ser surpreendido pela equipe modesta do interior de São Paulo que já havia “aprontado” com um gigante, o Flamengo, lá na 3ª fase da competição. No entanto, na busca pelo título inédito da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Sub-20), o Palmeiras está imparável. Com exceção de um empate com o Água Santa na última rodada da fase de grupos, o Palmeiras venceu todas as partidas que disputou. E vale destacar que no caminho do mata-mata o Verdão Paulista teve de superar, entre outros adversários, o Atlético Goianiense, que fazia uma ótima campanha, e o Internacional, atual campeão brasileiro (Sub-20) e um dos principais favoritos ao título. Os Colorados, inclusive, não aceitaram muito bem a derrota apertada, pelo placar de 2 a 1, nas oitavas de final, e questionaram, junto à Federação Paulista de Futebol (FPF), a presença de Endrick e Jhonatan (autor de um dos gols), que haviam testado positivo para a Covid a menos de 10 dias (tempo mínimo de afastamento).

banner betmotion copa são paulo

A FPF ainda não esclareceu a situação, mas o fato é que o Palmeiras avançou para as quartas de final com a vitória sobre o Internacional e, na última quarta-feira, enfrentou o Oeste na disputa por uma vaga na semifinal. Só que a equipe do interior paulista definitivamente não estava preparada para suportar a pressão do time da capital. Os garotos do Palmeiras começaram a partida em ritmo eletrizante e, em menos de 10 minutos já venciam por 2 a 0: Gabriel Silva abriu o placar aproveitando rebote e Giovani ampliou com um belo chute da entrada da pequena área. E não parou por aí. Ainda antes dos 15 minutos do primeiro tempo, em uma jogada infeliz da defesa do Oeste, que já estava visivelmente abatida, o garoto Endrick aproveitou a sobra e anotou uma pintura: com uma “puxeta”, quase uma bicicleta da entrada da área, acertou o ângulo e marcou o terceiro do Palmeiras diante do Oeste. Ainda no primeiro tempo, com mais uma participação ilustre de Endrick, Gabriel Silva recebeu nas costas da defesa do Oeste e foi derrubado na área: na cobrança, o capitão Pedro Bicalho, que havia perdido pênalti diante do Internacional, converteu e fez o quarto do Palmeiras. O Oeste só conseguiu reagir no segundo tempo, quando Werik Popó apareceu para marcar duas vezes e se igualar a Figueiredo, do Vasco da Gama, na artilharia da competição. Só que Giovani apareceu para também marcar o segundo dele, pelo lado do Palmeiras, na etapa final, de forma a decretar a vitória por 5 a 2 e garantir a classificação palmeirense para a semifinal da Copinha.

São Paulo mostra força, supera mais uma potência da Copinha e avança às semifinais para fazer clássico com o Palmeiras

em destaque alex tecnico são paulo copinha 2022

(Divulgação: São Paulo FC)

Que o São Paulo é sempre uma grande força nas categorias de base não há nenhuma dúvida, até porque foi o clube formador de nomes como Raí e Kaká, e até hoje continua revelando jogadores de destaque mundial, como foi com Casemiro e, ainda mais recentemente, com Antony. Além disso, o São Paulo se coloca entre os times que mais vezes venceram a Copa São Paulo de Futebol Júnior, que é a competição mais importante das categorias de base: foram 4 conquistas, estando ao lado de Flamengo e atrás de Fluminense e Internacional, com 5 troféus, e do maior campeão disparado da Copinha, o Corinthians, que tem 10 títulos. Já nas quartas de final da competição de categoria de base deste ano, porém, o São Paulo chegou como o maior campeão, tendo em vista que Flamengo, Fluminense, Internacional e Corinthians foram eliminados antes. E sob os comandos do experiente Alex, que brilhou com as camisas do Coritiba, do Cruzeiro e do Fenerbahçe como jogador, os meninos de Cotia estão dando um verdadeiro espetáculo para os torcedores do Tricolor Paulista. O São Paulo é o único time que chega para a semifinal da Copinha com 100% de aproveitamento desde a fase de grupos. O primeiro confronto mais complicado do Tricolor foi nas oitavas de final, diante do Vasco da Gama, clube responsável por aplicar a maior goleada (12 a 0) da atual edição da competição. A farra do “trem bala da colina”, como foi chamado o time da garotada do Vasco, acabou com uma derrota por 4 a 2 diante do São Paulo, com dois gols e show de Gabriel Maioli, de 18 anos. Se não deu para o melhor ataque (do Vasco), também não deu para a melhor defesa (do Cruzeiro). Depois de passar pelo cruz-maltino nas oitavas de final, o São Paulo teve pela frente a Raposa nas quartas de final, dona da melhor defesa da competição e, até então, ostentando 100% de aproveitamento desde a fase de grupos. Diferentemente do que aconteceu com o Vasco, o São Paulo saiu atrás do placar diante do Cruzeiro na partida que aconteceu nesta quarta-feira: Ageu colocou o time celeste na frente após cobrança de escanteio. Foi um verdadeiro teste de força para os garotos de Cotia, que, pela primeira vez no mata-mata, teriam de reverter um placar desfavorável, ainda mais diante da defesa menos vazada da Copinha. No entanto, depois de um apagão que paralisou a partida por cerca de 10 minutos, o São Paulo não esfriou e conseguiu o empate ainda no fim do primeiro tempo, em um contra-ataque que teve participação de quase todos os principais jogadores do Tricolor: Luiz Henrique deu de calcanhar para Léo Silva, que acionou Caio Matheus nas costas da defesa adversária para chegar na linha de fundo e cruzar rasteira para a chegada de Gabriel Maioli, que não desperdiçou. No segundo tempo a pressão tricolor se intensificou ainda mais, mas Vitinho perdeu chance incrível embaixo da trave e Caio Matheus parou no travessão após linda jogada individual. O gol da virada e da classificação do São Paulo só foi acontecer depois dos 30 minutos da etapa final, quando Alex tirou Maioli para colocar João Adriano e ele apareceu para dar a assistência para Vitinho decretar: São Paulo 2 x 1 Cruzeiro. Agora, o Tricolor Paulista enfrenta o Alviverde Paulista na semifinal, em partida marcada para acontecer no próximo sábado (22), às 19 horas (de Brasília), com transmissão do SporTV. Antes disso, nesta sexta-feira (21), às 20 horas (de Brasília), também com transmissão do SporTV, o Santos enfrenta o América Mineiro pela outra semifinal da Copinha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.